Crônicas de Morrighan - A Origem do Amor Crônicas de Amor e Ódio. 0.5 - Mary E. Pearson

7 de maio de 2021

 
Título: Crônicas de Morrighan - A Origem do Amor Crônicas de Amor e Ódio. 0.5 -  Mary E. Pearson
Autor: Mary E. Pearson
Páginas: 128
Ano: 2017
Editora: Darkside Books
Gênero: Fantasia, Ficção, Jovem adulto, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: Quando o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio chegou ao Brasil, os leitores souberam na hora que era amor à primeira vista. A jornada de Lia — repleta de aventura, fantasia, poder e romance — fez com que os darklovers se entregassem de corpo e alma a um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson. Mas antes que fronteiras tivessem sido traçadas, antes que tratados fossem assinados e batalhas fossem travadas novamente, antes que os grandes reinos dos Remanescentes tivessem até mesmo nascido, uma menina chamada Morrighan e sua família lutavam para sobreviver em meio à guerra. Com uma narrativa apaixonante e poética, Mary E. Pearson transpõe as barreiras culturais em nome do amor e traz respostas e ternura a todos que estavam com saudades das belas crônicas. Publicada apenas em formato digital no exterior, a DarkSide Books presenteia seus leitores com uma edição única no mundo inteiro: Crônicas de Morringhan chega às livrarias em outubro com a amada capa dura e ainda traz uma apresentação exclusiva da autora para os fãs brasileiros que transformaram a série em um sucesso. Se você ainda não conhece a trilogia das Crônicas de Amor e Ódio, esse prelúdio é um primeiro beijo inesquecível, mas se você já entregou seu coração, Crônicas de Morringhan é um mergulho ainda mais profundo no universo criado com tanto carinho e inspiração por Mary E. Pearson.



Resenha:
“Antes que fronteiras tivessem sido traçadas, antes que tratados fossem assinados, antes que guerras fossem travadas novamente, antes que os grandes reinos dos Remanescentes tivessem até mesmo nascido, e o mundo era apenas uma vaga placa de memórias contadas em histórias e lendas, uma menina e sua família lutavam para sobreviver.
E o nome daquela menina era Morrighan.”
   
As Crônicas de Morrighan, A Origem do Amor, é um livro de fantasia e romance da autora Mary E. Pearson, é um presente aos fãs da série de livros As Crônicas de Amor e Ódio pois é um prequel da trilogia.

Nós já temos resenhas dos demais livros que compõem está história, para conhecerem um pouco mais sobre cada um deles basta clicar na imagem  abaixo:



Ao escrever a história de Lia, a princesa de um reino chamado Morrighan, que desvenda aos poucos pequenos fragmentos do passado de seu reino, a autora assim como os leitores como eu, ficaram se perguntando qual era a história verdadeira de Morrighan e como ela se tornou a fundadora de um reino e reconstruiu uma sociedade após anos de luta pela sobrevivência.

E aqui está a resposta para algumas dessas questões.



Porém, primeiro vou falar sobre a edição desse livro lindo.
    
A edição física é EXCLUSIVA do Brasil. O livro é publicado pela editora Darkside Books,em uma edição belíssima, capa dura e com corte dourado, ela possui um projeto gráfico maravilhoso, a capa como podem ver é uma das que eu mais gosto da série, arte que na minha percepção simula um brasão é delicada e perfeita para o livro. No resto do mundo este livro foi lançado somente em versão digital, mas para a minha alegria, a Darkside lançou tanto em digital como em versão física. Temos que elogiar e agradecer o cuidado com seus leitores que a editora sempre tem. AMOOOO
    
Nós já perdemos demais. Nós nunca devemos nos esquecer de onde viemos, para que não repitamos a história. Nossas histórias devem ser passadas para nossos filhos e para nossas filhas, pois, com apenas uma geração, a história e a verdade são perdidas para sempre.

O livro é curtinho, são apenas 128 páginas, então eu li assim que cheguei da livraria com ele. Tanto pode ser lido antes da trilogia como após. Eu li, já tendo lido a trilogia e enquanto eu fui lendo o livro, peguei os livros da trilogia em alguns pontos para comparar informações, sim... eu gosto de comparar quando temos a mesma história sendo contada de forma diferente. E gostei de ler nessa ordem.


Morrighan, é uma criança que vive em um mundo pós apocalíptico.  Algo aconteceu, porém, os adultos que sabem não gostam de falar sobre isso, então as novas gerações estão crescendo sem saberem exatamente o que as levou a se tornarem um povo nômades. Existem duas facções de sobreviventes: os  Remanescentes e os Abutres. Sendo que os primeiros são os únicos que ainda guardam o conhecimento do plantio, colheita e são avessos a violência, ao contrario dos Abutres que vivem de saques.

“Um dia ele me deu um punhado de céu quando me viu fitando as nuvens lá em cima, só para me ver sorrir.Eu o coloquei no meu bolso.”

Morrighan, pertence aos Remanescentes e um dia está em sozinha e um grupo de Abutres se aproxima, temendo por sua vida ela é salva por uma outra criança. Um garoto Abutre quase da idade dela. O nome dele é Jafir de Aldrid

Esse encontro marcou  Morrighan e anos depois vamos ver as repercussões. Com sua jornada para descobrir uma origem que sequer imaginava que existia para ser descoberta.

“Eu não pensei sobre o mundo dele ou o meu, nem no futuro que não poderíamos ter. Eu só pensei na luz cálida atrás das minhas pálpebras, nos suaves murmúrios dele no meu ouvido e na completude que tínhamos naquele momento. E nós nos tocamos de todas as formas como fizemos ontem e mais.”

Não falarei mais da trama do livro porque como ele é bem curto, mas muito emocionante, acho melhor deixar todas as surpresas para a leitura do mesmo.


Apenas acrescento que é um livro muito bonito, seu nome reflete bem o tema central da história, pois vemos a importância do amor e de como ele pode moldar um mundo melhor e diferente mesmo a partir das cinzas de vastos impérios que ousaram demais e caíram.

“Amor. Seria isso que tínhamos? ‘Eu amo você [...]’, dizia ela em algum momento do dia, só para ouvir isso ser dito em voz alta. Ela ria e depois dizia isso de novo, com os olhos solenes, olhando dentro dos meus. ‘Eu amo você, [...]’. E não importava quantas vezes ela dissesse isso, eu esperava que ela falasse de novo.”

É um livro que indico para todos que gostam fantasia e romance e é claro para os fãs das Crônicas de Amor e Ódio.

Até a próxima.

11 comentários

  1. Oi Viv,
    Também li Crônicas de Morrighan após ter lido a trilogia. Mas não tive o insight de pegar os livros pra fazer o que você fez
    Curti muito Morrighan

    ResponderExcluir
  2. Acredita que não li a trilogia até hoje? Namoro? Demais! Mas a pobreza não me deixa rs e fico sempre só nesse flerte injusto, onde só eu quero.
    Mas...vamos nos sonhos.
    Eu prometi a mim mesma que nesse ano mudaria um pouco o foco de minhas leituras. Ano passado(eu culpo a pandemia) me abri a um gênero que não lia muito e aliás, corria, o terror rs
    Então me esqueci completamente dos demais gêneros. Aí nesse ano, já li até a trilogia do Povo do Ar, pois eu preciso de fantasia na minha vida, preciso sonhar de novo.
    E olha que dica maravilhosa esse livro,que mesmo curtinho, traz a beleza das edições da Dark e de quebra, o começo de tudo?
    Já preciso..sim, de todos!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Olá Vivian!
    Para tudo Brasiiiil! Que livro mais lindo! E quanto carinho da editora nos presentear com esse obra prima. Adorei a trilogia mas já estou curiosa para saber como tudo começou. Os quotes são tão poéticos que me fizeram suspirar. Mais um que vai pra lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu estou DESESPERADA pra ler esse livro!!! Eu só li As Crônicas de Amor e Ódio, não li Dance of Thieves ainda (apesar de muita gente falar q é mil vezes melhor q a trilogia, to juntando dinheiro pra comprar kkkkkk quero mto ler tbm)... Mas antes de ler a duologia eu queria ler As Crônicas de Morrighan, e ele até q tem um preço muito bom... e é da darkside né nem preciso comentar como ele é lindo ♥
    logo logo minha coleção da Mary E. Pearson vai estar completa eu tenho fé kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Querendo ler para ontem!? Sim ou claro!? Ahahha
    Vivis ótima resenha. Tenho a duologia físicos e trilogia em e-books. Quem sabe eu leia no próximo semestre.

    ResponderExcluir
  6. Olá Vivian
    Que quotes lindos! Só por eles já deu vontade de ler os livros .mas eu gostaria de ler As crônicas de Amor e Ódio primeiro. Estou com planos de ler mais fantasias esse ano ..as fotos ficaram lindas .

    ResponderExcluir
  7. Estou em grupo que a gente discute bastante sobre nossas leituras. Uma das meninas leu essa série mês passado e está encantada. Como eu não era muito de ler fantasias, não cheguei a conhecer nas épocas dos lançamentos, mas confesso que hoje tenho vontade de conhecer.

    ResponderExcluir
  8. Vivian!
    Não li ainda As crônicas...mas claro que como boa leitora de fantasia, gostaria de ler. Mas, são tantos livros que temos de optar as vezes, concorda.
    Entretanto, lendo as resenhas e com essas capas maravilhosas, dá aquela vontade de passar na frente dos outros... ainda mais tão curtinho.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Olá! Realmente essa série é maravilhosa, as capas dos livros são lindas e adorei que a DarkSide nos presenteou com esse livro em formato físico, eu também li, após ter concluído a trilogia, e foi ótimo, consegui entender melhor alguns acontecimentos, e, claro, deu aquela vontade de reler os demais livros e embarcar novamente nessa aventura.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Vivian

    Já os outros livros da série, mas mesmo gostando deles e sabendo da existência desse, nunca fiquei com vontade de ler.
    Mas agora quero ler sim, só basta saber onde vou arrumar dinheiro pra comprar KKKKKKK


    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Eu li o primeiro da série e não gostei. Daí nem continuei.
    Mas achei esse interessante e me deu vontade de tentar lê-lo.
    Parece ser cheio de novidades e traz informações que não obtemos no primeiro.
    A capa tá divina.
    Bjs

    ResponderExcluir