Luz, Câmera, Ação!!! Blindspot

14 de novembro de 2020

Diretor ou produtor: Martin Gero
Ano Início: 2015
Ano do Término: 2020
Temporadas: 5
Gênero: Drama, Suspense, Ação, Criminal.
Elenco: Jaimie Alexander, Sullivan Stapleton, Luke Mitchel, Ashley Johnson, Audrey Esparza, Rob Brown.
Nota:    
Sinopse: A história de um agente do FBI que, misteriosamente, se vê em meio a uma conspiração. A história começa quando Jane Doe (Jaimie Alexander), completamente sem memória, é encontrada nua no meio da Times Square, em Nova York, com o corpo coberto de tatuagens recentes. E uma dessas tatuagens é o nome do agente do FBI Kurt Weller (Sullivan Stapleton). Agora, ele terá que desvendar os mistérios: Quem é esta mulher e o que significam suas tatuagens?



Resenha:

Blindspot, ou Ponto Cego em português, é uma série norte americana de drama criminal, de tirar o fôlego. Lançada em 2015 pela NBC, no Brasil foi transmitida pela Warner na TV fechada e pela Globo na TV aberta.

Protagonizada pela atriz Jaimie Alexander, a nossa querida Lady Sify da Marvel, e Sullivan Stapleton. Está em sua quinta e ultima temporada, por isso estou aqui para dividir com vocês a minha opinião no geral das quatro primeiras temporadas e minha ansiedade pela conclusão da jornada épica de Jane Doe e Kurt Weller.

A primeira temporada brilhante girou em torno de uma misteriosa mulher que foi encontrada dentro de uma bolsa na Times Square, totalmente nua e sem memórias, seu corpo inteiro esta coberto de tatuagens e uma delas tem o nome de Kurt Weller, agente especial do FBI e chefe do grupo de resposta a incidentes críticos.


Ao investigar a misteriosa mulher, Kurt e sua equipe descobrem que cada uma das tatuagens está ligada a eventos que estão prestes a acontecer. E não são eventos que eles desejem que ocorra e sim crimes. As pistas escondidas nas tatuagens os levam a uma corrida contra o tempo para evitar ataques terroristas e outras desgraças e tudo isso não é somente o que existe na relação entre Kurt e Jane. Kurt acredita que Jane é uma antiga amiga de infância que sumiu vinte e cinco anos antes, e mesmo que existam provas conflituosas sobre isso, o relacionamento entre eles se torna um dos grandes focos da série.

No decorrer das quatro temporadas, existem diversas narrativas sendo conduzidas, algumas no plano de fundo, para vir a se tornar foco apenas nas próximas.



Blindspot, é uma excelente série para quem gosta de séries criminais, existem os casos semanais ligados as tatuagens e outros que seguem uma linha temporal mais ampla. As tramas vão desde casos com tráficos de pessoas, terrorismo ou corrupção nas agencias do governo. O que dá uma visão muito ampla de como existem teias ligando as diversas ações criminosas pelo mundo.
Além, dos protagonistas, temos um excelente time de personagens secundários, que formam a equipe do FBI de Kurt, e aqueles que estão por trás da misteriosa Jane.

A trama que interliga todos os fatos é desvendada aos poucos no decorrer das três primeiras temporadas, e culmina em um grande clímax.
Apesar de não ter tido uma quarta temporada tão boa como as primeiras, o ritmo não caiu muito e a trama em si ainda mantêm elementos que chamam a atenção e nos fazem ficar interessados em saber como a historia de Jane e Kurt vai terminar.


Indico Blindspot, para quem gosta de tramas criminais, porém, que também gostem de intricados quebra cabeças e tramas emocionais. Os relacionamentos entre os personagens são grande destaque e tornam, as cenas de ação ainda mais emocionantes. Com reviravoltas e até doses de traições impactantes a trama prendeu minha atenção desde o início.

Jaimie Alexander entrega uma atuação que convence no papel de Jane, alguém que não faz à mínima ideia do motivo de estar no centro de uma investigação do FBI e que aos poucos vai descobrindo quem de fato é.

Sullivan Stapleton, tem um carisma que torna impossível não torcer por ele e nas cenas de ação entrega atuações muito boas também.

Além dos dois, temos personagens que eu sempre adorarei como Patterson, Roman, Tasha e Reade.

Estou ansiosa pela ultima temporada e mal posso esperar para ela chegar por aqui. Vocês podem assistir a série também pela Netflix, que possui os direitos para stream das quatro temporadas já lançadas.




Essa é a minha indicação de séries a se maratonar de hoje. Até a próxima.

10 comentários

  1. E chegou uma série que preciso retomar. Eu vi a primeira temporada já tem um tempo, mas admito que sim, preciso rever para dar continuidade.
    Ao menos no que lembro, é uma série ótima, com ação demais da conta e aquela "shipar" o casal(impossível não sonhar)
    Prometo recomeçar! rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Fátima Menezes14/11/2020 10:57

    Comecei a ver esses dias. Gostei bastante da história e da ambientação. Só desanimei um pouco porque são muitos episódios, rs.

    ResponderExcluir
  3. Essa serie é inspirada naquele livro do stieg larson, algo assim? OU nao tem nada a ver?
    Sempre vejo algo dessa serie me da uma pequena curiosidade de ver só por essa atriz, pq essa vibe de policial, nao me cativa mesmo.
    Tem um livro chamado ponto cego tb, mas acho q n tem nada a ver com essa historia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariela
      Não! Essa série não tem relação com os livros do Larson
      Nesse caso só temos mesmo os filmes inspirados nesses livros

      Blindspot é material original para a série mesmo.

      Excluir
  4. Cheguei a acompanhar um ou dois episódios da primeira temporada, assim que estreou na Warner. Mas não sei porque não dei continuidade.
    Depois desse post, deu vontade de rever

    ResponderExcluir
  5. Olá Vivian!
    Eu conferi a primeira temporada há um bommmmmm tempo atrás, e realmente é impossível não se viciar. O roteiro desse seriado é toa instigante, e essa coisa de cada tatuagem estar relacionada com algum crime nos faz querer assistir episódio atrás de episódio, em busca de respostas.
    O passado da Jane também é outro ponto que torna a série muito interessante de acompanhar. Ficamos nos perguntando: como essa doida foi parar numa bolsa em plena Times Square???
    Não sei continuidade porque os casos semanais forma ficando, digamos, entediantes, de modo que eles enrolavam demais para entregar informações realmente importantes sobre a trama central.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. ola
    acho que meu filho chegou a assistir essa serie
    eu sou tão dificil de acompanhar series .fico toda enrolada ,paro no meio dos episodios e não continuo...
    essa parece que tem uma trama que envolve o leitor ,cercada de misterios .

    ResponderExcluir
  7. Toda vez que eu fico animada com a produção de uma série, lembro que pode demorar tantos anos e me dá uma angústia hahaha olha isso, 5 anos, gente!!!!
    Enfim, não conheço essa série, mas não me julguem, sou a pessoa que menos assiste séries no mundo, tenho certeza! kkkkkk
    Amo romances nos livros, mas em séries e filmes eu prefiro o gênero que essa sua indicação tem, por isso fiquei animada em ler a resenha.
    Adoreeei a resenha! Com certeza seria uma série que minha atenção iria ficar totalmente focada. Já coloquei na minha lista :D

    ResponderExcluir
  8. Vivian!
    Adoro essa série e estou bem ansiosa pela última temporada, uma pena que vai acabar, porque acho a série bem inteligente, carregada de tramas paralelas e de muitos mistérios que vão sendo descobertos aos poucos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Assisti ao trailler dessa série e tinha achado bem interessante, pena que no momento estou assistindo a várias e ja estou quase enrolando com as histórias. Mas vou assisti com certeza, deixa so eu terminar ao menos uma série para iniciar Ponto cego.

    ResponderExcluir