A Farsa de Guinevere, As novas Lendas de Camelot, livro 01 - Kiersten White

3 de julho de 2020


Título:
A Farsa de Guinevere 
Autor: Kiersten White
Páginas: 384
Ano: 2020
Editora: Plataforma 21
Gênero: Fantasia, Ficção, Jovem adulto, Literatura Estrangeira.
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: Guinevere chegou a Camelot para casar-se com um desconhecido: o carismático Rei Arthur. Foi Merlin, o velho feiticeiro, que enviou a princesa para desposar e proteger o monarca dos perigos que assombram as fronteiras da cidade e daqueles que esperam pela queda da idílica Camelot.
No entanto, há um detalhe essencial nesta trama. O nome e a identidade verdadeira de Guinevere são um segredo. Houve uma troca, e ela é apenas uma jovem que desistiu de tudo para proteger o reino.
Para manter o rei a salvo, Guinevere precisará transitar entre uma ultrapassada e uma nova corte. Entre aqueles avessos às mudanças e aqueles que anseiam por uma maneira melhor de se viver. Ela também sabe que, no coração das florestas e na profundeza dos lagos, a magia aguarda pelo momento de reclamar aquelas terras lendárias.
Combates mortais, cavaleiros misteriosos e romances proibidos não são nada comparados ao maior perigo de todos: a garota de longos cabelos negros que cavalga pela escuridão da floresta em direção a Arthur. Afinal, quando toda a sua existência é uma mentira, como sequer confiar em si mesma?




Resenha:

A lenda do rei Arthur, reinventada... Nada neste mundo é tão mágico e tão assustador quanto uma moça prestes a se tornar mulher.

A Farsa de Guinevere, as novas lendas de Camelot, livro 01 é um livro da escritora Kiersten White, autora publicada aqui no Brasil pela Plataforma 21, selo jovem da VR editora. Possui uma capa linda, que me conquistou a primeira vista.

Quem acompanha as minhas resenhas por aqui, já leu minha empolgação com a escrita da autora com o livro Caçadora, a última Caça Vampiros, e a Denise já leu A Filha das Trevas, primeiro livro da Saga da Conquistadora. Caso queiram ler as resenhas basta clicarem nas imagens abaixo:

                                                          

Podem então imaginar que eu estava ansiosa para poder ler mais um livro da Kiersten, e a leitura foi maravilhosa.
“Existe o bem e existe o mal, mas há tanta coisa entre os dois...” 

Primeiro vou falar de um detalhe que pude perceber do estilo de escrita da autora. Ela é uma pesquisadora. Ao decidir escrever um livro, que é uma releitura de um tema conhecido, ela pesquisa realmente sobre as influências e referências já consagradas, A Farsa De Guinevere não foi diferente. Como uma fã dos livros que contam a saga da Távola Redonda, e principalmente dos livros que possuem um foco feminino sobre a lenda de Arthur, eu pude perceber as origens históricas e clássicas da história, que foi reinventada.

Acredito que todos já conheçam alguns detalhes dessa história clássica, Arthur foi o rei prometido, aquele que defenderia o povo da Bretanha e expulsaria os saxões e inimigos. Nascido de uma filha do povo antigo e um guerreiro, ele cresceu entre os plebeus e quando mais o seu povo necessitou, retirou a espada encantada de uma pedra, provando ser o herdeiro do trono e digno de ser chamado de herói. Bom, ai está basicamente o inicio da lenda Arthur, que dependendo do autor, é herói, vilão, nascido de um grande amor, ou criado através das artes das trevas... Rei destinado a ser o maior de todos, e destinado a amar quem nunca o amará em retorno da mesma maneira... Existe uma gama variada de interpretações dessa história.

“Meu coração só deseja o que não posso possuir...”

Porém, A Farsa De Guinevere, conseguiu beber das diversas fontes e se tornar algo único.



A personagem principal é Guinevere e será através dela e seu ponto de vista que conheceremos, seu futuro esposo o famoso rei Arthur, e seus corajosos e leais cavaleiros. Ela possui apenas 16 anos e seu noivo 18 anos, mas enquanto ela é apenas uma princesa de um reino menor, ele já se tornou um rei amado por seu povo e por seus cavaleiros. E em breve será seu marido.

“Entendeu por que todos amavam Arthur. Por que o admiravam. Por que sempre queriam mais dele. Como poderiam não sentir isso? Como ela poderia?”

Em sua jornada até ele, percebemos que a jovem possui um grande segredo, e isso é o que muda totalmente a trama.

A autora deu uma roupagem bem diferente, e como já ocorreu em outros livros dela, ela trabalha muito bem o protagonismo feminino em seus livros, as personagens femininas são o grande destaque e suas personalidades são complexas, ainda existem muitos segredos a serem desvendados sobre elas, um potencial ainda a ser explorado.

Neste ponto me sinto dividida, gostaria de falar muito mais desse livro, porém, logo de inicio temos esse segredo, e toda a trama se baseia exatamente nele, por isso, não falarei mais nada. Apesar de que a sinopse por si só já acho que fala demais! Ainda bem que nem li antes nada sobre o livro!




Vou dividir minha experiência ao ler esse livro com vocês.

Eu esperava muito desse livro, sou muito fã dos livros já escritos sobre a lenda de Camelot, e não me decepcionei. E ainda mais, me surpreendi, pois eu tenho um verdadeiro desprezo pela personagem Guinevere em praticamente 96% dos livros que já li, sério... O que posso dizer... Não sou fã do que ela normalmente representa nas histórias.  Então, terminar o livro gostando da releitura da personagem me surpreendeu. Mesmo que eu não concorde com quase nenhuma das ações dela no final do livro, eu ainda gosto da personagem.

A trama tem um equilíbrio interessante entre o aspecto fantástico, drama e a apresentação do mundo arthuriano pela ótica de Kiersten, personagens como Lancelot, Tristão, Isolda, Mordred, Merlin e outros se unem a Arthur e Guinevere em um primeiro livro que nos mostrou apenas um fragmento da trama como um todo.

Magia, amor, devoção e lealdade são elementos presente durante o livro todo, assim como a sempre presente sombra de uma traição. Quem será o verdadeiro vilão? Existe um grande dilema moral como pano de fundo dessa história que enriquece o modo como percebemos e entendemos os personagens.
“A dor, com freqüência, é o preço a pagar pelo prazer...”
Recomendo esse livro a fãs de fantasia, de histórias clássicas, porém, que estejam preparados para lerem um clássico totalmente modernizado. É apenas o primeiro livro, só que já indica um enorme potencial para o restante da saga. E não esqueçam... A lenda pode ser de Arthur, mas é Guinevere a protagonista...

Até a próxima e tenham ótimas leituras.

26 comentários

  1. Eu amo releituras,ainda mais quando podemos assim, mudar nossa opinião sobre uma personagem tão drasticamente!
    Outro ponto que acho lindo é quando há esse trabalho de pesquisa. Quando o autor ou autora não simplesmente jogam um roteiro no papel, sem fundamento algum.
    Mas sim, quando há verdade nisso e adorei ler sobre isso acima.
    Eu também gosto demais do gênero e de aprender sempre mais.
    Com certeza, já vai pra lista dos desejados!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angie
      Eu acho que você vai adorar. Eu gostei muito desse livro e me surpreendi com algumas coisas alteradas!!!
      Beijos 😚

      Excluir
  2. Olá Vivian!
    Sou louco para ler algum livro da Kiersten, justamente por a maioria contar com protagonistas femininas empoderadas e destemidas. Mas infelizmente ainda não consegui adquirir um livro da autora, embora eu deva mencionar que a resenha me pegou de jeito (e olha que eu não sou muito entusiasta da história do Rei Arthur, na verdade acho meio entediante rsrsrs).
    E aqui parece que temos de tudo um pouco: ação, romance, um toque de magia e claro, estratégia. White interliga tudo muito bem e aos poucos vamos comprando essa releitura, que se desprende da história original e segue por um caminho novo e inesperado. E pelo visto tem um pouco daquela coisa de fazer o leitor tentar adivinhar quem fez o que (não resisto, adoro ser feito de tonto e colocar fé em pistas falsas).
    Tomara que a mesma qualidade seja mantida nos próximos livros, vou até dar uma olhada no site da autora para saber se tem atualização da série.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alison
      Eu estou contigo na esperança que a qualidade de mantenha!
      Eu gostei bastante do livro e estou muito curiosa de como a trama irá seguir. Pois o final teve um impacto forte em mim!
      Espero que possa ler em breve essa história!
      😉

      Excluir
  3. ola que bom ver esse livro resenhado aqui
    eu baixei esse livro pois quero me aventurar mais nesse universo ,sair um pouco da minha zona de conforto
    essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro e desejo tambem ler a saga da conquistadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliane
      Espero que leia e tenha uma ótima experiência lendo ele!
      😉

      Excluir
  4. Oi Vivis!

    Da autora, até agora, só li Filha das Trevas e gostei muito. Inclusive o fato dela trabalhar muito bem as personagens femininas, como você citou.
    Agora estou ainda mais curiosa para ler A Farsa de Guinevere, que já está me julgando aqui na estante! hahahahaha

    Excelente resenha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou me juntar a Guinevere e te julgar: insira aqui sticker de pato julgador
      Tu precisa ler pois eu não falei nem 2% do que eu queria falar desse livro!!!
      #leiaDinny

      Excluir
  5. ingriD Figueiredo03/07/2020 22:38

    aaaa Kiersten White! adoro os livros dela! Para quem já leu Avalon e Avalon High, soa tentador essa sinopse rs
    eu pesquisei e vi que é uma trilogia, então mal vejo a hora de ver os outros livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid
      Eu não li esses que você citou, a não ser que seja As Brumas de Avalon a referência.
      Já vou procurar!

      Excluir
  6. Boa noite! Não conhecia a autora, acredito que já vi a capa de Filha das Trevas, até porque as cores são bem marcantes né? Mas nunca li nada dela. Tem um tempinho que acompanhei blogs literários, então estou por fora das novidades kkkkk mas assim, começo dizendo que as fantasias não são o meu forte da leitura, sabe? Só me arrisco quando vejo muitos comentários positivos, gente dizendo que se eu não ler, minha vida não mudará hahahahahaha Mas confesso que gostei do que você disse sobre as pesquisas que ela faz, isso cativa qualquer leitor. Tem livros,, principalmente romances de época que são os que eu mais leio, que os autores não sabem nem a linguagem de antes, os termos usados, isso me deixa muito chateada!E outro ponto super positivo foi a presença feminina e sua força. Aí sim eu me entrego mais um pouquinho ao livro.
    Muito obrigada pela resenha :) Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, bem vinda novamente ao mundo dos blogs de livros!
      Sim, eu amo autor que pesquisa.
      Aqui temos o fato de ser fantasia o que dá uma liberdade maior ao autor. Porém, mesmo assim há um cuidado de ambientação bem legal!
      😚

      Excluir
  7. Olá Vivian!
    Protagonismo feminino é algo que me agrada também, sinto que de alguma forma as mulheres são empoderadas por isso. Conheço por alto a lenda do rei Arthur, mas pelas resenhas que acompanho sei um pouco da história. Dá uma raiva quando a sinopse fala demais, né? Guinevere parece ser uma personagem bem misteriosa, deve ser muito bom poder saber mais sobre ela nesse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! Minha cara eu tenho uma briga eterna com sipnose! Entendo que tenha que ter algo para informar o assunto do livro. Porém, 80% fala mais do que devia viu!
      Eu sigo evitando ler e só pesquiso se tenho dúvidas.
      Porque eu escolhi livro muito pelo feeling mesmo! Hahaha quebro a cara? Quebro mas ainda assim gosto de ser surpreendida sempre na medida do possível pelos segredos das tramas.

      Beijos

      Excluir
  8. Vivian!
    Gosto muito das relaituras porque cada autor dá sua própria interpretação a clássicos conhecidos, de uma forma bem pessoal.
    Ver que a autora trouxe um Guinevere diferente e até interessante, realmente é algo novo que já causa interesse em ler, mas ver que além de tudo ela criou uma fantasia inovadora e surpreendente, aí sim torna a curiosidade bem grande.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy
      Eu gostei bastante dessa releitura. Pegou tudo o que queria das fonotes históricas e remodelou! Me cativou!

      Beijos.

      Excluir
  9. Olha eu confesso que quando vi esse livro por aí, torci o nariz para ele, afinal Guinevere não é uma personagem que possui meu apreço (nem o rei Arthur) na saga que inspirou esse livro, no caso minha principal referência são os livros As Blumas de Avalon, da Marion Zimmer Bradley, mas depois de ler a sua resenha (duas vezes), resolvi que quero dar uma chance a história, primeiro porque fiquei bem curiosa em conhecer a escrita da autora, e também para conhecer essa nova versão de Guinevere.

    ResponderExcluir
  10. Oii Vivian
    Eu estou doida pra ler esse livro!!! Eu também já li Filha das Trevas, e já sou super fã da autora. Adorei saber que a autora fez uma boa pesquisa, e conseguiu te surpreender com essa releitura. E já estou bem curiosa pra ler esse livro.
    Confesso que nunca leio as sinopses por causa disso mesmo, muitas vezes contam muito da história. Prefiro ler só resenha, ou as vezes compro pela capa e pela intuição também kkkkkkk

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela! Que nossa intuição continue nos trazendo ótimas leituras!!!! 😙😙

      Excluir
  11. Olá! Não sei porque, mas fico tão feliz quando encontro alguém que também não vai com a cara da Guinevere (risos), a personagem simplesmente não me conquistou e saber que esse livro fala exatamente dela, já me fez desgostar e muito dele, mas (ainda bem que temos um mas) pode ser que eu acabe dando sim uma chance a leitura, afinal, vai ser interessante descobrir se finalmente minha antipatia vai passar, me senti meio que desafiada nesse momento.

    ResponderExcluir
  12. Oi Vivian,
    Kiersten White é uma autora já bem renomada, com varias obras publicadas que tenho muito interesse em conhecer. A Farsa de Guinevere trás grandes promessas, principalmente por estar reinventado uma história já tão conhecida. Vou te dizer que também não tive boas experiências com a personagem Guinevere em outra versão da lenda e, até o momento, ela uma das personagens que mais odeio. Nessa nova história de Kiersten espero uma versão bem diferente da princesa, pois seu destino parece trazer um peso bem grande para a história e quero muito ver como será sua relação com Arthur e com o povo. Tenho que comentar, também, sobre a capa que achei linda e digna de uma boa história de fantasia.

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Eu nunca li nenhum livro dessa autora, e confesso que nem dei muita bola pra esse livro quando eu vi a capa. Mas agora fiquei com vontade de ler essa história. Eu gosto muito da lenda do rei Arthur, já vi todos os filmes baseados nessa história, e agora adorei saber que esse livro ainda te surpreendeu. Já deu pra perceber que a autora consegue criar uma história envolvente e surpreendente mesmo sendo uma releitura. Adorei sua resenha!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Eu conheço bem o básico da Távola Redonda e da lenda do Rei Arthur, e quero imergir um pouco mais na história antes de ler alguns livros com o tema, como este. A farsa de Guinevere me chamou bastante a atenção justamente pelos comentários de como a autora trabalha bem suas personagens femininas, logo coloquei o livro na lista, assim como os outros dela. Gosto bastante dessa mesclagem e boa distribuição de fantasia, drama e outros pontos no livro pois me faz acreditar mais na história e não me cansar dela, sabe? Adorei!

    ResponderExcluir
  15. Sou suspeita pra falar mas sou muito cadelinha da autora e de releituras de classicos da literatura. Gosto da autora pq ela sempre trabalha personagens femininas fortes e autenticas

    ResponderExcluir
  16. Oi, Vivian
    Gosto bastante dos livros sobre o rei Arthur, mas também detesto a Guinevere kkkkkkk
    Porém, esse parece legalzinho, com algumas reflexões interessantes e tal.
    Gostei muito da capa.
    Bjs

    ResponderExcluir