Gaiola de ouro - Camilla Lackberg

20 de maio de 2020

Título: A Gaiola de Ouro
Autor: Camilla Lackberg 
Páginas: 320
Ano: 2020
Editora: Arqueiro
Gênero: Crime, Ficção, Literatura Estrangeira, Suspense e Mistério
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: NOVO SUSPENSE DE CAMILLA LÄCKBERG.
Com 26 milhões de livros vendidos, ela é considerada a rainha europeia do crime.
“Prepare-se para saborear uma história com as reviravoltas e deliciosas perversidades que são a marca registrada dos livros de Camilla Läckberg. Uma maravilhosa mistura de Garota exemplar e Os homens que não amavam as mulheres.” – Chris Bohjalian, autor de O Laço Duplo
A vingança de uma mulher é bela e brutal
Jack e Faye começaram a namorar na faculdade: um garoto criado em berço de ouro e uma jovem que se esforçou para enterrar um passado sombrio. Quando ele decide criar uma empresa, ela deixa os estudos e passa a trabalhar de dia, dedicando as noites a traçar a estratégia do novo negócio.
A companhia se torna um sucesso bilionário, mas Faye se sente como um lindo pássaro preso numa gaiola, apenas cuidando da filha em casa e sendo exibida pelo marido, que toma todas as decisões da empresa. Jack agora despreza sua inteligência, esquecendo tudo o que ela sacrificou por ele.
Quando Faye descobre que ele tem um caso, a bela fachada de sua vida desmorona. De uma hora para outra, ela está sozinha, emocionalmente abalada e sem nenhum centavo – porém nada pode se comparar à fúria de uma mulher com um passado violento determinada a se vingar
Jack está prestes a receber o que merece, e muito mais.
Nesta eletrizante história de sexo, traição e segredos, Camilla Läckberg prova ser uma das vozes mais importantes do suspense mundial.

Este livro foi cedido pela Editora Arqueiro, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 



Resenha:

A Gaiola de Ouro é novo suspense da autora sueca Camilla Lackberg, é o lançamento da editora Arqueiro, conhecida como a rainha européia do suspense a autora já foi comparada a outros grandes nomes da literatura sueca, como o autor Stieg Larsson, que é um dos meus favoritos.

Então podem imaginar que com essa indicação, eu estava muito ansiosa por ler esse livro.

A leitura foi em feita através de um livro digital, e fluiu muito bem, com um projeto editorial muito bem feito. Sempre uma qualidade inegável nesse pontos nos livros da Arqueiro.

No livro acompanhamos uma narrativa que se divide em linhas temporais diferentes, presente e passado, vão se alternando para nos dar pequenas amostras e pistas do que esta acontecendo.

Na primeira parte temos Faye, a protagonista do livro que está diante de uma tragédia, porém, há poucos detalhes sobre o que esta realmente acontecendo. Apenas sabemos que existe uma morte.

Então somos jogados no passado, e começamos a acompanhar a rotina da vida de Faye, uma jovem inteligente com um passado violento e sombrio, que vamos saber sobre ele em pequenos flashes durante o livro todo, esses momentos são cruciais para compreender quem ela é realmente por baixo da mascara cuidadosamente criada por ela, ainda muito jovem ela se casou com um homem que ela colocou em um altar, fazendo tudo para agradá-lo, tentando ser a mãe perfeita para a filha deles, a esposa dedicada e etc.

Ela vive no luxo que sempre desejou para si, mas se anula totalmente para agradar a esse marido. Inclusive se rebaixa intelectualmente. Aos poucos a imagem de vida perfeita que ela tenta tanto criar se quebra totalmente. Todos os sacrifícios que ela fez pelo casamento resultam nela, sozinha, abandonada e pobre novamente.

É somente nesse ponto do livro que a narrativa começou a me interessar, Faye resolve dar a volta por cima e se erguer, acompanhamos então seu plano muito bem elaborado para se vingar do marido, que se aproveitou dela até não poder mais e depois a descartou. E quando as peças do quebra-cabeça de seu passado vão se encaixando podemos perceber o quão perigoso é ser um inimigo de Faye.

O livro no geral é uma narrativa de vingança e superação, com algumas reviravoltas durante a trama, é um suspense para quem gosta de personagens que se mantém sendo uma incógnita durante boa parte da trama.

A experiência de ler ele acabou não funcionando muito comigo, particularmente porque a narrativa da primeira parte me incomodou muito, Faye passa muito tempo se rebaixando pelo marido e presa na gaiola de ouro que é a vida dela, e o que acabou por não criar uma empatia com ela é que muitos dos atos dela – que não falarei quais é claro – a tornam aos meus olhos alguém impossível de me relacionar ou torcer.

Também, acabei desvendando as reviravoltas da trama logo no inicio, digo imaginando o que tinha realmente acontecido, e quando li as motivações eu simplesmente não achei muito crível, eu estava esperando um livro de suspense mais visceral, com mais investigações policiais, mais trama de suspense, e ficou muito no drama familiar de mulher traída que deseja se vingar. Com tudo acontecendo muito perfeitinho caindo aos pés dela. E para mim, muito ficou sem uma explicação mais plausível. Rolou uma pequena decepção lendo, mas é apenas a minha experiência, talvez seu eu não tivesse esperando tanto do livro...

É um livro que indico para quem gosta de dramas de traições e vingança e nem tanto um suspense mais denso. É o primeiro livro de uma série, então pode ser que nós tenhamos um maior desenvolvimento de trama e de personagem, já que o passado de Faye, bom... Só lendo para vocês saberem mais sobre isso.

Espero que tenham uma boa experiência o lendo. E até a próxima.



11 comentários

  1. Eu fiquei lendo a resenha e sei lá, identificando-me? Sei lá, foi estranho. Por tantos anos precisei me calar diante de algumas situações, falo isso com marido e tals..afs, melhor pular isso.
    Este livro tem uma das capas mais lindas que já vi e só tinha lido uma resenha dele até o momento e não foi nada positiva. Agora lendo assim, com mais profundidade, dá para entender os motivos.
    Talvez teria sido melhor acompanhar o livro da metade pro fim. rs
    Mesmo assim, se puder, quero sim, ler...sentir dor as vezes, faz bem!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Olá Vivian!
    Pela sinopse o leitor já espera uma trama super elaborada na qual a protagonista vai dar um show de empoderamento para reconquistar seu império. Mas infelizmente tudo parece ser bastante superficial, e o que fica bem claro é o fato de Lackberg forçar a relação tóxica entre Faye e Jack para gerar buzz pra vingança. Ou seja, uma tentativa trivial para fazer com que o leitor crie empatia pela protagonista.
    Mas é aí que está o problema. É claro que sabemos que as mulheres nunca são devidamente creditadas pelas suas ações, ficando sempre como coadjuvantes e ofuscadas pelos homens. Mas aqui a impressão que fica é que Faye nem ao menos tentou se impor, revelando uma passividade incoerente com a proposta do livro e com os motivos que subsidiam a tal vingança.
    Porém, acredito que a obra ainda deve render um bom entretenimento, para os menos exigentes ou não muito familiarizados com o gênero.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Vivian!
    Uma pena que não conseguiu se conectar com Faye, quando isso acontece, geralmente a leitura não é tão bem aproveitada, pelo menos não tanto quanto desejamos.
    Gosto muito quando a narrativa traz passado e presente, mas pelo visto, aqui tornou a narrativa cansativa e sem muito sentido, né?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. tambem ja tive esse problema de não conseguir me conectar com uma protagonista de um livro mas não consegui .Ja vi outras resenhas desse livro e como é um genero que eu gosto eu quero ler mesmo com as ressalvas que voce pontuou .
    fiquei curiosa como saber como Faye executou sua vingança

    ResponderExcluir
  5. Olá Vivis!
    Esse livro estava na minha lista, mas agora as expectativas abaixaram um pouco hahahaha
    Preso bastante pelo suspense, e já estou lendo um que prometia muito e não está entregando nada, não sei se aguento outro hahahahahah
    Fora que achei que seria livro único, e não série. Vamos ver se terei coragem de ler no futuro

    :)

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto o livros em vários lugares, mas é a primeira vez que leio uma resenha sobre ele.
    Confesso que quando comecei a ler a sinopse fui criando várias expectativas com o livro, já que falou que a autora é conhecida como a rainha européia do suspense, mas depois de ler a resenha por completo me decepcionei um pouco. Com a personagem se rebaixando todo momento para ser a esposa perfeita e depois que ela resolve se vingar da traição tudo cai aos seus pés perfeitamente (achei muito clichê).
    Mas como se trata de uma série, espero que a autora melhore o enredo e as personagens.

    ResponderExcluir
  7. ingriD Figueiredo22/05/2020 01:31

    Não me lembro de ter lido alguma coisa dessa escritora, mas uma rápida pesquisa mostra que ela é considerada um nome importante na literatura sueca.

    Mas, na minha modesta opinião, a história tem muitos furos e algumas situações um tanto ou quanto inverossímeis. primeira parte do livro se alonga demais, repetitiva. O final é atropelado e confusa.

    Achei também um pouco estranho num país como a Suécia uma mulher ser tão idiota e submissa.

    Apesar de partir de uma boa premissa, parece que a autora só queria mesmo descrever em detalhes as cenas de sexo e bebida por qualquer motivo, entre pessoas que mal se conhecem.
    Enfim, um tema desperdiçado. Poderia ser melhor.

    ResponderExcluir
  8. Olá Vivian!
    Fiquei surpresa em saber que esse livro inicia uma série, pois não posso imaginar muita continuação pra história, pensei que seria só a vingança da mulher e pronto rsrs. Se tivesse mais tramas policiais e investigações envolvidas seria bem mais interessante, mas também gosto de drama familiar. É uma pena que não houve empatia pela protagonista, realmente a sua passividade não ajuda nesse aspecto, mas é difícil mesmo criar coragem para se impor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Confesso que não conhecia a autora, mas estava bem empolgada coma leitura, ainda mais com uma sinopse dessa! Mas pelo visto o melhor é baixar as expectativas, pelo visto também terei sérios problemas com essa submissão da protagonista, mas ainda assim, quero saber como vai acontecer essa “revenge” (risos).

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Amo histórias que alteram entre presente e passado.
    Agora, quero muito saber o que a Faye tem a ver com a tragédia no início do livro...
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa autora, mas gostei do que foi apresentado, na realidade achei um pouco morno, porém agradável, que vai dar para ler. É interessante a questão da vingança o que vai dar uma alavancada no livro.

    ResponderExcluir