The Risk: O Dilema de Brenna e Jake - Briar U, 2 - Elle Kennedy

6 de novembro de 2019

Título: The Risk: O Dilema de Brenna e Jake - Briar U, 2
Autor: Elle Kennedy
Páginas: 384
Ano: 2019
Editora: Paralela
Gênero: New Aldult, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Saraiva
Nota:   
Sinopse: Todo mundo diz que eu sou uma garota má. Deve ser porque faço o que bem entendo e não estou nem aí para o que os outros pensam de mim. Apesar disso, dormir com o inimigo não faz meu tipo. Como filha do técnico de hóquei da Briar, minha vida estaria arruinada se eu me relacionasse com um jogador de um time rival.E essa é a definição de Jake Connelly. Estrela e capitão do time de Harvard, ele é arrogante, irritante e atraente demais pra ser verdade. E o pior é que eu preciso que ele tope fingir ser meu namorado para que eu consiga meu tão sonhado estágio na HockeyNet. Mas é claro que aquele gostoso idiota não vai facilitar: para cada encontro falso… ele quer um pra valer.
O que significa que estou em apuros. Isso de ficar saindo às escondidas com Jake Connelly não tem como dar certo. Embora esteja cada vez mais difícil resistir ao desejo e ao sorriso de Jake, me recuso a me apaixonar por ele.
Esse é o único risco que eu não vou correr.
Este livro foi cedido pela Editora Companhia das Letras - Editora Paralela, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 

A resenha do livro anterior está na imagem abaixo:

                  

Resenha: Brenna é uma mulher espetacular, linda e decidida, por onde passa encanta quem ela quiser. A jovem é filha do técnico de hóquei da universidade Briar, assim o seu amor por esporte esteve sempre presente em sua vida e só cresce mais com seu sonho de ser jornalista esportiva. Apesar desse apreço em comum entre ela e o pai, os dois vivem uma relação cada vez mais conturbada e, além de lidar com isso, Jake Connelly aparece para deixar tudo ainda mais tenso. 

Jake  é capitão do time de hóquei de Harvard, um dos melhores jogadores da sua idade, que está focado em conseguir o título. No entanto, Brenna aparece distraindo um de dos jogadores com uma relação casual. Jake precisa manter o time unido e centrado na vitória, mas não contava com tudo que iria viver e aprender com Brenna.

Esta incrível obra tem como protagonista uma mulher fatal que usa seu batom vermelho como uma armadura, mas no decorrer da história conhecemos as marcas do passado que atingiram sua relação com o pai. A criação da personagem faz com que o leitor busque conhecer muito além da aparência e sim a grande carga emocional que há no fundo de Brenna. São as experiências dela que acrescentam em uma leitura reflexiva e intensa.

Jake é o quem deixa um gostinho meio amargo no início, por seu jeito petulante e egocêntrico, mas que se justifica logo depois com a dedicação que tem pelo hóquei. O jovem nunca esteve em um relacionamento amoroso no entanto, ao contrário de diversos outros mocinhos de livros, ele não recua quando o momento finalmente chega. O maior desafio para o personagem é saber conciliar seus sentimentos entre o hóquei e a garota que gosta.

O livro é narrado tanto por Jake quanto por Brenna, trazendo a possibilidade de compreender melhor os pensamentos e sentimentos de ambos. Por serem de times rivais a relação precisa ficar escondida, mas a maneira com que os dois vão crescendo juntos é simplesmente apaixonante. A leitura é bem divertida, quente e encantadora, deixando a desejar um pouquinho mais desse casal.

Summer e Fitz, do livro anterior, também marcam presença nesta obra. Além deles os personagens secundários, como os jogadores do Briar e de Harvard, também ganham espaço garantindo uma boa dose de gargalhadas. Assim o enredo fica leve e atrativo para muitos leitores, como é típico da autora.

Mas muitos outros temas importantes são ressaltados durante a leitura, um deles é o machismo exorbitante no mundo esportivo. Brenna tenta um determinado estágio na área e sofre discriminação pelo simples fato de ser mulher. Esta abordagem levanta reflexões atuais e reais sobre o que muitas outras mulheres também enfrentam ao se dedicar em tal campo profissional.

O livro é o segundo volume da série Briar U, um spin-off da série Amores Improváveis. O primeiro livro "The Chase" já foi resenhado aqui no blog, mas "The Risk" pode ser lido individualmente também. Embarque nesse maravilhoso romance!

9 comentários

  1. Oi, Andressa
    Eu ainda não li nada da autora, mas quero muito!
    E The risk parece ser maravilhoso!
    Daqueles livros fluídos, divertidos e gostosos de ler!
    Ai a Brenna parece ser bem forte, decidida e fiquei muito interessada em saber qual é esse passado dela com o pai. E foi bem importante a autora falar do preconceito que mulheres sofrem em determinadas áreas.
    O Jake parece ser de boa kkkkkk
    Adoro narrativa compartilhada kkk é sempre mais legal acompanhar as opiniões dos personagens.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Mesmo sem conhecer o trabalho da autora, suas letras são muito elogiadas e me recordo bem da resenha de The Chase, por isso quando este segundo livro foi lançado recentemente, já o quis também!
    Amo histórias assim, onde nada é o que de fato parece ser.
    Brenna não é apenas uma mulher forte e decidida na aparência, carrega marcas profundas desta relação amor e ódio com o próprio par e trazer isso da profissão no meio de tantos homens foi uma jogada de Mestre.
    Gosto muito disso, pois além de quebrar alguns tabus, traz isso do "te quero, mas não posso". rs
    Tomara que no final tudo se resolva!
    O livro? Quero!rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Olá Andressa!
    Eu tenho um certo problema com a escrita de Kennedy, pois acho que a caracterização de seus personagens deixa a desejar. Se formos analisar, a maioria dos protagonistas possui personalidades pré-fabricadas, e o leitor não tem dificuldade para adivinhar qual será a atitude dos mesmos. Neste livro não parece ser diferente, Elle se mantém na sua zona de conforto e entrega um romance trivial que, nenhuma surpresa, envolve personagens que fazem aquele jogo sarcástico.
    Por outro lado, eu adoro esse aspecto esportivo e universitário que é usado como pano de fundo e movimenta um pouco a história, bem como a presença de personagens de outros livros.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Gosto bastante desses enredos mais leves (cheios de clichês), sem grandes dramas e com personagens carismáticos, gosto de livros com esportes, embora seja uma grande fã de NFL, acredito que iria curtir torcer por esses times de hóquei, agora só falta mesmo arranjar um tempo para começar essas leituras.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, isso de falar que existe algo na passa os que deixa a relação dela e do pai estremecida foi tortura. Agora estou curiosa.
    Vi alguns elementos na resenha que fizeram minha atenção ficar aguçada
    Gosto quando existe temas relevantes tratados nos romances e esse livro parece ser um deles.

    Mais um que pretendo ler kkkk

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá! ♡ Ainda não li nada da autora, mas morro de vontade! Gostei bastante da premissa por conta dessa rivalidade que existe entre os personagens, já quero ler!
    Os protagonistas parecem completamente opostos, mas parecem combinar muito bem juntos e ter muita química!
    Achei muito importante a autora trabalhar o machismo que existe no esporte. É muito triste e revoltante que Brenna sofra discriminação por ser mulher.
    Muito obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  7. Andressa!
    Achei que os temas abordados são importantes para o momento que nós mulheres estamos passaando, bem como o relacionamento com o pai.
    E ainda tem o romance que sempre me interessa.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa,
    Adoro esses romances em que os protagonistas tentam se convencer de que a relação é impossível mas, nós leitores, sabemos que ao final as coisas não irão por esse caminho. Já tive contato com a escrita de Elle Kennedy através de outra obra e adorei. Algo inegável a respeito das histórias da autora é sua capacidade de transformar o clichê em algo tão agradável e cativante para se ler. A representação de Brenna trás a realidade de muitas jovens, que por trás de uma boa e bela aparência escondem muitas emoções e sentimentos. Principalmente na nossa sociedade que cobra e exige demais, principalmente de nós mulheres. De cara já sei qual a relação que eu teria com o personagem de Jake durante a leitura. Seria aquele mocinho que, inicialmente, eu iria querer dar uns tapas, mas depois seria levada por todo charme e gestos carinhosos....hehehheh. Essa série e a anterior estão em minha lista de desejados, agora me falta mesmo é adquirir os exemplares e me aventurar nos romances de Elle Kennedy.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Já ouvi falar muito da autora, li varias resenhas em relação as obras dela e estou bastante curiosa para ler. Apenas, obtenho um livro na estante mas desejo os demais. Esse livro tem uma ótima premissa e uma historia interessante. Estou bastante curiosa para conhecer a escrita da autora e da trama também!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir