M.A.D.E (Mais Além Da Escuridão) - Catia Mourão e Johnatan Souza

8 de março de 2019

Título: M.A.D.E (Mais Além da Escuridão) - Primeira Geração
Autores: Catia Mourão e Johnatan Souza
Páginas: 589
Ano: 2018
Editora: Ler Editorial
Gênero: Ficção Fantástica Brasileira
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:     
Sinopse: Ambientada inicialmente na cidade de são Paulo, a trama contemporânea tem como personagens centrais os vampiros Donovan Hunter e Carlie Marie, e o anjo caído Johnatan Fallen.
Entre romances turbulentos, batalhas sangrentas, traições, banquetes de sangue e luxúria, e personagens que surgem inesperadamente, o leitor é levado a uma viagem eletrizante por cenários como Nova Orleans e Dinamarca.
Forças sobrenaturais e as revelações sobre o passado de Carlie conduzem os personagens a importantes descobertas. Um tempo de presságios malignos se aproxima com a conspiração dos caídos, que estão determinados a iniciar uma nova rebelião. Uma profecia apocalíptica resulta em uma guerra inevitável e coloca em risco a sobrevivência da espécie humanidade, tornando incerto o futuro dos vampiros e seus aliados.

Edição comemorativa, reunindo a obra completa da primeira trilogia da série, mais o spin off de Donovan Hunter e O Conto Proibido.

Este livro foi cedido pela Editora Ler Editorial, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 



Resenha: Oi people... tudo bem com vcs??? Quanto tempo, hein? Mas eu tive um bom motivo para esse breve sumiço, estava agarrada num calhamaço lindo de fantasia, escrito por brasileiros, ambientado quase em sua totalidade no Brasil, agarrada a ponto de não conseguir ler mais nada durante esse tempo... mas vamos falar sobre isso?

Vou iniciar já dizendo que preciso, quero, necessito da edição física deste livro maravilhoso... a Ler Editorial arrasou em juntar todos os livros em um e-book único, que virou um calhamaço de amor e sangue.... ele tem nada mais nada menos que 589 páginas!!!! Assim como eu, vocês não amam esses livraços gigantes que nos arrebatam?

Nos agradecimentos da obra, Cátia e Johnatan falam no sonho de escrever uma série de literatura fantástica ambientada no Brasil e preciso dizer... cara, vocês acertaram muito!!!!!!! Ler as aventuras desta saga visualizando cada cenário, cada rua, cada parque, foi uma experiência única, incrível e que me deixou com gosto de quero mais, mais, mais!!!!

Sou fâ de literatura nacional contemporânea e vocês com certeza entraram para o meu rol de autores preferidos, daqueles que quero ler até a lista de compras, aquela rabiscada num pedacinho rasgado de papel.

Cada capítulo tem uma citação externa (temos Shakespeare, temos filósofos, temos Bandeira e também citações dos próprios personagens, como se o livro estivesse sendo escrito por eles) ligado ao assunto abordado...

"O ciúme é como um monstro adormecido, que não sabemos existir dentro de nós até que algo o faz despertar. Então, ele ameaça levar a ruína tudo que encontra ao seu redor."

Isso por si só já mostra o carinho e o trabalho de pesquisa dos autores pois não deve ser nada fácil fazer uma ligação entre o universo que você está criando, a história que os personagens estão desenvolvendo com frases e textos que remetam ao que o leitor vai encontrar nas linhas a seguir... isso mostra dedicação, coisa que não vemos todos os dias e que é algo que valoriza a obra e faz com que o leitor tenha uma experiência de imersão no livro.

Essa observação vale também para as músicas que eles citam no decorrer da leitura e que nos remetem ao clima desejado e tudo fica mais palpável (deixo aqui um agradecimento pela atenção de colocarem a playlist no final da leitura.... eu estava tão envolvida que não lembrei de anotar; chegar ao final e me deparar com esse detalhe foi uma grata surpresa.). E, se vocês são como eu, e gostam de montar uma playlist do que lêem no Youtube, podem conferir abaixo todas as músicas citadas no livro.




A forma de narrativa é bem interessante também, pois é mostrada a perspectiva, em primeira pessoa, de cada um dos 3 personagens, numa linha contínua de tempo, o que faz com que a gente visualize o que está acontecendo como se estivéssemos dentro de um filme, olhando as cenas por 3 câmeras diferentes ao mesmo tempo. Esse detalhe agradou bastante.

Aliás, li o livro todo ouvindo, em minha mente, a música City of Angels, da Sarah McLachlan (se vocês não a conhecem, vale a pena conferir. 👇


Temos algumas cenas hot na medida certa para esquentar o romance do livro, sem exageros, sem apelação, descritas de forma deliciosa de ler. No momento em que você possa chegar a pensar que chega de cenas assim, a leitura toma um outro rumo, dá para perceber que os autores tiveram muito cuidado em toda a montagem do livro para que nada se tornasse cansativo ou excessivo. A descrição dos personagens é primorosa e feita de forma que damos rosto a cada um deles.

"O que me impressionou mesmo foram os olhos: imensos e verdes, tão brilhantes que mais pareciam duas esmeraldas. Olhar para eles foi como mergulhar no infinito. Um olhar tão devastadoramente penetrando que desnudava a alma de quem o fitasse."

Vou falar um pouco do livro em si...

Nele temos a história de 3 personagens principais (sim, rola um triângulo amoroso tão natural que complementa o enredo e faz tudo ter um sentido maior): Cairle, Donovan e Johnatan e conta com personagens coadjuvantes tão importantes quanto eles. A trama gira toda em torno de anjos (caídos ou não) e vampiros, onde os humanos são importantes mas não fazem parte do enredo principal. A combinação destes dois seres sobrenaturais é bombástica pois embora não sejam inimigos estão em lados contrários da criação divina e assim, têm suas controvérsias... mas também tem um sex appeal muito forte e uma atração irresistível.

Cairle foi transformada ainda menina, na Dinamarca, após um acidente de carro onde perde seus pais e Donovan a acolhe e cuida dela todo esse tempo (quase um século) mantendo uma paixão platônica e mantendo detalhes de sua vida em segredo. Ela se envolve com Johnatan, um anjo caído que espera um dia pela redenção de Rafael e que seja novamente acolhido na esfera divina.

A obra é dividida em 3 partes e em um dado momento, nos deparamos com uma profecia que envolve todos eles e que será capaz de dizimar a humanidade da Terra. A partir daí, tudo que eu diga poderá ser um spoiler então prefiro que vocês leiam (por favor, leiam!!!) e venham conversar comigo sobre a experiência de vocês com essa leitura.

"Existe um demônio dentro de cada um de nós. Sempre procurei controlar o meu e durante algum tempo consegui. Mas, ultimamente, ele anda voraz e, às vezes, insiste em assumir as rédeas, o que acaba tornando a escuridão ainda mais densa."

6 comentários

  1. Oi! Eu amei sua resenha. Obrigada!!! Fico muito feliz em perceber que você gostou mesmo da história.
    Como diria o Donovan, beijos sangrentos! E até a próxima aventura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cátia!!! Quanta honra ter um comentário seu na minha resenha... Eu que agradeço a oportunidade de uma leitura incrível...

      Excluir
  2. Fabiola!
    A mim parece um livro completinho: romance/ficção, vampiros, ação, ambientado no Brasil, deve ser uma tremenda história, mesmo que seja longa.
    Acabei de ler um calhamaço de 528 páginas da Lucinda Riley, mas quase nem notei de tão bom...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uauuu... que resenha!!! Ufa... adorei, não dá nem pra dizer o que é mais interessante, são tantos elementos maravilindaos...amo o tema (vampiros x Anjos), acho muito prazeroso a ambientação conhecida, ler e poder ter a imagem de locais que normalmente transitamos é demais! Nossa, com toda certeza listei! Já estou salivando. Amei amiga, obrigada por compartilhar essa maravilha. ♡

      Excluir
  3. Vampiros. Essa palavra já me faz perder o interesse em qualquer leitura.
    Por mais que você afirme que o enredo é arrebatador, eu não consigo. Desde a febre de Crepúsculo que fujo de vampiros como eles fogem da cruz.kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Olá! Uau que história hein, confesso que não conhecia, mas amei o enredo, afinal amo histórias sobre sobrenatural, vampiros, anjos caídos, definitivamente é a minha praia, de inicio fiquei um pouco receosa por conta desse triângulo amoroso (ultimamente tenho fugidos de triângulos amorosos), mas o fascínio por fantasia me fez dar uma oportunidade à leitura (risos), ainda mais por ter um baita diferencial das leituras que fiz anteriormente, aqui a história esta ambientada em terras tupiniquins (ponto positivo).

    ResponderExcluir