Se não eu quem vai fazer você feliz? - Minha história de amor com Chorão

9 de janeiro de 2019

Título: Se não eu quem vai fazer você feliz? - Minha história de amor com Chorão
Autor: Graziela Gonçalves
Páginas: 264
Ano: 2018
Editora: Paralela
Gênero: Biografia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Saraiva
Nota: 
Sinopse:
Um dos maiores ícones do rock nacional, Alexandre Magno Abrão, o Chorão, conquistou o Brasil sobretudo pela sua entrega na hora de compor e cantar. Essa mesma intensidade marcou a história de amor ímpar vivida com Graziela Gonçalves, que conta neste livro como o relacionamento de quase vinte anos dos dois a transformou para sempre.
Ela conheceu o cantor antes de sua banda estourar e se tornar uma das mais populares do país. Com suas ideias e seu apoio, Grazi teve participação importante na construção do sucesso do Charlie Brown Jr. Foi a grande musa de Chorão, que escreveu inúmeras letras inspirado nela. Como companheira de Alexandre, passou com ele os melhores e os piores momentos, e o ajudou a enfrentar a dependência química, que o levou, tragicamente, à morte em 2013.
"Se não eu, quem vai fazer você feliz?" não vai tocar apenas os fãs de Chorão. Mesmo sem conhecer sua música, é impossível não se emocionar com a força desse amor que sobreviveu à fama, às crises e até à morte — e que é homenageado neste livro.


Este livro foi cedido pela Companhia das Letras, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 

Resenha:
Alexandre Magno Abrão, mais reconhecido como Chorão, conquistou multidões de fãs junto aos outros integrantes do Charlie Brown Jr. O artista deixou saudades ao morrer, vítima de uma overdose de cocaína, com apenas 42 anos de idade. Graziela Gonçalves traz com esta obra as melhores e piores memórias que possui durante os vinte anos que passou ao lado do cantor.

" (...) ninguém é super-homem."

Chorão sempre demonstrou seu amor por Grazi pelas declarações em programas televisivos e shows, além das composições de músicas em homenagem a ela. Esse relacionamento é descrito desde o início, quando eles se conheceram. Os diversos momentos de idas e vindas do casal também aparecem no virar das páginas.

"A vida é complicada, a nossa caminhada tem coisas incríveis, mas também tem dificuldades, desafios e perdas."

A banda, é claro, não poderia ficar de fora da narrativa. Dessa maneira, Grazi traz grandes acontecimentos que marcaram a vida da banda e do próprio cantor. A tristeza e revolta de Chorão com os outros integrantes também marcam presença, trazendo as tensões e brigas que levaria a possível separação da banda.


🎶Eu me flagrei pensando em você/Em tudo que eu queria te dizer 🎶

Grazi também relata a interrupção em sua carreira, como estilista, para se dedicar ao marido e ajudá-lo a se lançar como a banda de sucesso que é até hoje. Além disso é exposto tudo ela sofreu com a mídia, as mentiras e fofocas que a afetaram profundamente. O vício de Chorão por drogas só surge um pouco mais da metade do livro, exibindo os altos e baixos quando convivia ou não com o artista.

"Temos de aprender o que realmente nos faz felizes e parar de engolir padrões que acabam nos colocando dentro de caixas e nos sufocando."

Infelizmente, a obra não contém muitos detalhes da vida dos dois, tudo é apresentado de modo bem superficial e sem riqueza de detalhes. Seria muito interessante um aprofundamento no relacionamento do casal em si e nas dificuldades que ela enfrentou ao conviver com o vício de Chorão. No entanto, é possível entender que, foi preferível preservar algumas memórias e sentimentos, seja por ela ou pelo próprio cantor.

"Aprendi que pessoas que convivem com alguém com algum tipo de dependência também ficam doentes e precisam ser tratadas."

O final do livro é realmente comovente, mesmo para aqueles que não foram fãs de Charlie Brown Jr. Os sentimentos que ambos sentiram durante o relacionamento é de emocionar os leitores. O coração se parte com o sofrimento de Chorão, quando estava sem a proteção de Grazi, e quando a mesma recebe a notícia da morte dele.


"E eu pedia a ele que ficasse, que não poderia me deixar sozinha. Mas ele insistia que tinha que ir embora."

A obra, publicada pela Companhia das Letras, traz uma edição linda, com fotos maravilhosas de ambos desde o início da carreira. A escrita de Graziela é bem leve e simples, tornando a leitura bem curta e rápida. E os fãs não podem reclamar, os fatos são completamente fiéis a banda.

Eu, como fã, adorei descobrir esse lado doce e amoroso de Chorão. Mas muitas outras pessoas também podem se surpreender e comover-se com esse incrível livro. Afinal, "não há nada mais que a gente possa fazer".

7 comentários

  1. Olá Andreza,
    Acredito que mesmo quem não era fã, não podia negar a grandeza que Chorão tinha... Desde que vi esse livro o desejei, é uma obra maravilhosa, conhecer um pouco mais a fundo quem era e como foi parte da vida dele.
    Não deve ter sido fácil para ela as lembranças, as fotos, que por sinal deixaram o livro belíssimo, recordar tudo que viveu ao lado dele, mas por outro lado, olhe para essa último foto, é nítido que os momentos felizes transcendem os ruins.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim... eles tiveram momentos lindos juntos, foi ótimo conhecer esse outro lado dele.

      Beijos.

      Excluir
  2. Olá! Eu sou super fã da banda e vira e mexe me vejo escutando as músicas para matar um pouco a saudade, um cara competente que faz falta no mundo da música. Poder acompanhar um pouco mais da sua história, ainda mais um lado que pouco vimos é muito válido, tenho certeza que a edição está maravilhosa e emocionante, mesmo sem muito aprofundamento nos relatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eles tem músicas incríveis.
      A que nomeia o livro, em especial, é uma das minhas favoritas!!! Suas composições deixaram saudade...

      Excluir
  3. Oi, Andressa
    Adorei a capa do livro e de ter fotos do casal, banda.
    Tenho certeza que é uma edição belíssima.
    Não é fácil conviver com alguém que é dependente de drogas ou qualquer outro vício.
    Quero muito ler o livro porque afinal não foi fácil pra ela escrever e reviver cada momento com o seu amor.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fácil sentir as emoções da autora quando lemos, realmente não foi nada tranquilo escrever esse livro. Mas ficou incrível!
      A edição está impecável, só a capa já é digna de admiração.

      Excluir
  4. AAAAA, E MINHA ANSIEDADE SÓ AUMENTA! Estou paquerando esse livro desde que lançou! A Grazi é uma pessoa sensacional e super iluminada, o que me deixa ainda mais animada para ler o que ela escreveu. O que torna tudo mais impactante é que tudo que está lá é real, são momentos que ambos passaram, sentimentos reais e difíceis...

    Adorei a resenha! Espero comprar o exemplar em breve.
    bjs

    ResponderExcluir