Ele - Quando Ryan conheceu James - Elle Kennedy e Sarina Bowen

9 de outubro de 2018

Título:  Ele - Quando Ryan conheceu James
Autor: Elle Kennedy e Sarina Bowen
Páginas: 254
Ano: 2018
Editora: Paralela (Companhia das Letras)
Gênero: New Adult
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Amazon
Nota:    
Sinopse: James Canning nunca descobriu como perdeu seu melhor e mais próximo amigo.
Quatro anos atrás, seu tatuado, destemido e impulsivo companheiro desde a infância simplesmente cortou contato.
O maior arrependimento de Ryan Wesley é ter convencido seu amigo extremamente hétero a participar de uma aposta que testou os limites da amizade deles.
Agora, prestes a se enfrentarem nos times de hóquei da faculdade, ele finalmente terá a oportunidade de se desculpar. Mas, só de olhar para o seu antigo crush, Wes percebe que ainda não conseguiu superar sua paixão adolescente.
Jamie esperou bastante tempo pelas respostas sobre o que aconteceu com seu relacionamento com Wes, mas, ao se reencontrarem, surgem ainda mais dúvidas.
Uma noite de sexo pode estragar uma amizade? Essa e outras questões sobre si mesmos vão ter que ser respondidas quando Wesley e Jamie se veem como treinadores no mesmo acampamento de hóquei.
Resenha:

Ryan e James se conheceram quando eram crianças em um acampamento de hóquei e, desde então, se tornaram melhores amigos. Cresceram juntos, e amizade entre eles só se fortaleceu, até que uma aposta feita por Ryan pôs tudo a perder. Muito constrangido, Ryan decide se afastar de James, e cada um segue um rumo diferente na vida.

Quatro anos após o ocorrido, James Canning se tornou um goleiro muito conhecido pela sua incrível habilidade e rapidez. Mantem uma relação não muito estável com sua amiga Holly, por temer não poder se dedicar ao bastante ao relacionamento por causa dos treinamentos intensos. Anos se passaram, porém James ainda se pergunta o motivo do afastamento do ex melhor amigo. Depois do último verão juntos, ele não recebeu uma carta, nem ao menos um telefonema. Toda essa situação ainda o deixava intrigado.

Ryan Wesley se tornou um dos melhores jogadores do seu time na universidade, e está a um passo de fechar um contrato com um grande time da NFL e concretizar de vez o seu sonho de se tornar um jogador profissional. Se assumiu gay com o tempo, mas é obrigado a se manter discreto por causa do time. Após o incidente que ocorreu no último verão que passou com Canning, ele nunca mais entrou em contato com o ex melhor amigo e paixão antiga. A vergonha e o sentimento de culpa foram os principais motivos para que James nunca mais voltasse a falar com Ryan, contudo, o destino tinha outros planos.

Em um campeonato de hóquei, os times de Ryan e James acabam se hospedando no mesmo hotel, e o reencontro é inevitável. Todos os sentimentos guardados por 4 anos vêm à tona. Tomado por essa sensação causada por James, Wes decide se candidatar a vaga de treinador no antigo acampamento em que eles se conheceram, e no qual Canning também é treinador, com o intuito de se reaproximar do ex melhor amigo. O que Wes não esperava é que todo o sentimento que o mesmo sufocou durante anos, fosse recíproco de James.



Ele – Quando Ryan conheceu James é o primeiro livro com a temática LGBT lançado pela Editora Paralela, selo da Companhia das Letras. Escrito por duas autoras famosas por livros com uma pegada mais hot em suas histórias, Sarina Bowen, estreando em uma editora brasileira, e Elle Kennedy da série Amores Improváveis, deram um tom mais quente à história de Ryan e James. As cenas sexuais são bem picantes e muito bem conduzida pelas autoras. A história do casal é muito interessante de acompanhar, e é bonito ver o amor entre eles florescer. Todavia, o mais importante é a atenção que elas deram ao fato de como é ser gay na sociedade de hoje. Mesmo as pessoas estando muito mais abertas a essas questões hoje em dia, ainda existe muito preconceito com os homossexuais. É válido lembrar que os mesmos são os que mais sofrem com agressões verbais e físicas – e ainda existem pessoas que alimentam esse ódio apenas pela outra amar uma pessoa do mesmo sexo. James e Wes se veem vítimas de preconceito por parte do pai do Wes, pelos olhares tortos na rua, por conta da profissão deles, já que são jogadores de hóquei que é um esporte bem agressivo e tem a fama de ter homens “machões” e “másculos”. Obviamente, uma coisa não compete a outra, ser gay não os tornam jogadores ruins ou nada do tipo. Está tudo entranhado no preconceito das pessoas.

A mensagem foi passada: Amor é amor, não importa como é. Parafraseando o mestre Lulu Santos, todas as formas de amor são justas.

A capa do livro é linda e remete muito a história. As narrações são intercaladas entres os protagonistas, e são muito boas de acompanhar, leve e fluídas. Se você gosta do gênero, vai gostar bastante de se aventurar pela história de amor de Ryan e James.



3 comentários

  1. Olá! Bacana vê que as editoras estão finalmente dando espaço para os romances gay. E nada melhor que começar com esse baita livro que traz uma leitura muito intensa, onde junto com Jaime você sente todo o conflito que se passa em sua cabeça. Wes é muito decidido e seu humor e a forma como ele enfrenta a vida é maravilhosa. Esses dois conseguiram ganhar meu coração e minha torcida. Quanto à capa, ainda prefiro a original, torcendo pela publicação da continuação sem muita demora. Uma observação: ele vai ser contratado por um grande time da NHL - National Hockey League - Liga Nacional de Hóquei no Gelo e não NFL - National Football League - Liga Esportiva Profissional de Futebol Americano.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cinthia,

    O livro já tem um diferencial, por se tratar de dois personagens com sexualidades inicialmente opostas. E, por ser dinâmico.

    As descobertas de novos sentimentos, já prendem a atenção. Os conflitos e inseguranças do Jamie, mais ainda - e envolvem o leitor. Os personagens parecem ser bem estruturados.

    Enfim, já li alguns livros com essa temática, gostei e tenho certeza que irei gostar desse livro também.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    O livro traz uma temática muito boa, aborda um tema muito bem comentado hoje em dia, apesar que existe preconceito com isso. Adorei ver um livro que tem um romance entre personagem do mesmo sexo, me deixa muito curiosa em ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir