A Parte Que Falta Encontra o Grande O - Shel Silverstein

2 de maio de 2018

Título: A Parte Que Falta Encontra o Grande O
Autor: Shel Silverstein
Páginas: 120
Ano: 2018
Editora: Companhia das Letrinhas
Gênero: Infantojuvenil, New Adult, Literatura Estrangeira
 Adicione: Skoob
Onde Comprar: Companhia das Letras | Saraiva
Nota:   
Sinopse: Não era um pedaço de pizza. Nem um chapéu de palhaço. Desista se pensou numa casquinha de sorvete… Aqui conhecemos a parte que falta — e que queria companhia. Ela desejava ver o mundo. Quem seria delicado, divertido e inteligente para levá-la? Entre algumas decepções, percebeu que também decepcionava. Até que o Grande O apareceu e, sem querer, ensinou-lhe que tudo pode rolar!

Resenha:

Em “A parte que falta encontra grande O”, o pequeno e pontudo triângulo faz o possível para se encaixar, chama atenção e tenta, falíveis vezes, se adaptar para rolar feliz como parte de algo maior.

Enquanto a parte que falta tenta se encaixar, não percebe coisas importantes sobre ele. Até que Grande O aprece, auto-suficiente e pomposo, ele aparece com uma sugestão que vale muito para o pequeno triângulo.

O que não falta nesse livro são aberturas pra interpretações, como o anterior, é uma obra suscita que tem muito para dizer ao leitor. Citando a querida Jout Jout, “Aí de mim limitar este livro a uma interpretação”.

A obra de Shel Silverstein é adaptável ao leitor, atemporal, reflexiva e linda. Às vezes, é preciso questionar comportamentos, deixar de repetir esquemas. Caber em si é evolutivo, proporciona autoconhecimento. Perceber que andar lado a lado é melhor que se manter apertado em alguém é alçar voos, sinônimo de respeito e amor próprio!

Bjs e boa leitura :*

15 comentários

  1. Oi, Jéssica.

    É um livro que fala por si só, né? Que tem um fator determinante, que é justamente a busca por algo.

    ResponderExcluir
  2. Olá Jéssica!
    Não conhecia esse livro, apesar de não ter lido mto o gênero nos últimos meses eu achei mto interessante, vou add na listinha, pois fiquei curiosa pra conhecer melhor.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Sério que criaram outro ? Adorei.
    Quando a Jout Jout fez aquele vídeo, mexeu muito comigo, foi um dos melhores videos dela e com um livro tão simples e lindo !

    Uma chata moderna

    ResponderExcluir
  4. Jéssica!
    Gosto de livros que trazem analogias e metáforas, porque o ensinamento é sempre grande.
    Gostei muito!
    Desejo um MÊS de sucesso e bençãos!
    “Nunca confunda movimento com ação.” (Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO – 4 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha lido uma resenha deste livro e me apaixonado por ele.O tipo de livro que só precisa estar ali quando a gente mais precisa!
    Está na lista de desejados e torço para que o tenha e o leia o mais rápido possível.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Oi Jéssica!
    O livro me parece ser daqueles abertos para diversas interpretações e acho uma boa pedida. Parece também nos fazer refletir sobre alguns assuntos então vale a pena conferir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica.
    Esse livro aprece incrível. Ainda não li o primeiro, mas quero muito.
    Acho que livros assim que tem lindas mensagens são ótimas para fazer o leitor refletir. As interpretações depende das vivências do indivíduo e deve ser ótimo discutir com outro leitor sobre as impressões desse livro.
    Já vai para a lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Conheci esse livro primeiramente através da Jout Jout e me encantei. Há uma mensagem tão linda por trás dele e amo que ele se encaixe em todas as idades. Há sempre alguém sentindo que lhe falta uma peça e isso livro é perfeito para trazer a reflexão sobre a forma como enxergamos a nós mesmos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Jéssica,
    não conhecia o livro e pela sua resenha, ele parece ser uma leitura super rápida.
    Gosto de livros que nos fazem refletir e fiquei curiosa com esse.

    ResponderExcluir
  10. Já ouvi falar muito desse livro e quero muito ler. Amo livros que trazem questionamentos e ensinamentos. Com certeza lerei!!

    ResponderExcluir
  11. Que resenha linda!!
    Esse livro aparece com frequência no meu feed e os comentários são sempre positivos.
    Ainda não tive a chance de ler, mas fiquei interessada.
    Parece que tem um certo encantamento e muita reflexão.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Jéssica,
    Vi muitos comentários positivos a respeito do primeiro livro A Parte Que Falta, apesar de ser um estilo de leitura diferente do que costumo buscar, fiquei bem interessada em ler esse livro.
    Nem sabia que já tinha esse segundo livro, então vou colocar ambos os livros na minha lista de desejados, pois gosto de obras reflexivas, que trazem mensagens que colocam o leitor a refletir, proporcionando, de certa forma, momentos de autoconhecimento. Parece ser o tipo de livro que permite interpretações diversas ao leitor, dependendo do que cada um esta passando no momento da leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Jéssica.
    Já tinha ouvido e visto falar desse livro, porém por ele passar longe do meu tipo de gênero literário, confesso que não dei muito atenção não, todavia, agora, estou bem curiosa para ler, lembro vagamente de ter visto a resenha da Jout Jout, mas confesso não assistir o video não, mas enfim, ele vai para minha lista com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Foi a partir da Jout Jout que conheci o livro anterior e gostei muito dele, a forma como nos mostra o triângulo tentando se encaixar, achar a sua metade até me identifiquei rs. Vejo que esse também traz grandes reflexões importantes e muito autoconhecimento.

    ResponderExcluir
  15. Entendi a resenha e apesar de gostar muito de literatura infantojuvenil, esse livro por enquanto não entra na minha lista de leitura. Infelizmente não senti aquela atração como sinto pela maioria dos livros.

    ResponderExcluir