O Que Te Faz Mais Forte - Jeff Bauman

26 de janeiro de 2018

Título: O que te faz mais forte
Autor: Jeff Bauman
Páginas: 288
Ano: 2017
Editora: Vestígio
Gênero: Biografia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:       
Sinopse: Em 16 de abril de 2013, Jeff Bauman acordou no Boston Medical Center, atordoado após uma série de cirurgias de emergência, e sem as duas pernas. Apenas trinta horas antes, Jeff estava na linha de chegada da Maratona de Boston de 2013, para incentivar sua namorada, Erin, quando a primeira bomba explodiu junto a seus pés. Ao acordar, em vez de parar para pensar em como sua vida se alterara completamente, ele arrancou o tubo de oxigênio e tentou falar, mas não conseguiu. Então, escreveu sete palavras: “Vi o cara. Olhou bem pra mim”, pondo em marcha uma das maiores caçadas humanas da história dos Estados Unidos e começando sua própria jornada de recuperação. Em O que te faz mais forte , Jeff Bauman descreve o caos e o terror do atentado em si e a investigação do FBI que se seguiu, na qual atuou como testemunha-chave. Ele nos convida a acompanhar sua exaustiva reabilitação e narra os desafios e as alegrias que encontrou na tentativa de reconstruir sua vida. Jeff também nos fala da bravura dos outros sobreviventes do atentado. Corajosa, compassiva e envolvente, a história de Jeff Bauman não é só dele, mas de todos nós. Ela prova que as adversidades, por pior que sejam, só nos tornam mais fortes.

Resenha:
A coragem nos define


Segunda-feira, 15 de abril de 2013, duas grandes explosões deixaram 3 mortos e centenas de feridos na chegada da 117ª edição da Maratona de Boston, nos EUA. Entre as vítimas, Jeff Bauman que estava em pé junto com as amigas Remy e Michele, torcendo pela namorada Erin Hurley.

Duas bombas de fabricação caseira, feitas com panelas de pressão, estouraram num curto intervalo de segundos, causando caos e momentos de pânico. Antes da explosão, Jeff Bauman encarou Tamerlan Tsarnaev, um homem cujo semblante contrastava com os demais. Ele não parecia se divertir como os outros e usava uma roupa excessivamente pesada, mesmo para um dia frio. Bauman ainda não sabia, mas ele tinha encarado de frente o terrorista que por pouco não ceifou sua vida. Bauman sentiu alívio ao notar que o tal homem sumira entre a multidão, mas ao perceber que ele tinha deixado uma mochila no chão, perto dos seus pés, um alerta passou por sua cabeça. Antes mesmo de conseguir se afastar com as amigas, a bomba explodiu levando com ela suas pernas.

“Mas a fotografia? Ela só mostrou o que aconteceu. Uma bomba explodiu. Ela estava cheia de esferas de rolamento, que atravessaram corpos, rasgaram músculos e destroçaram ossos. Ela foi construída para fazer o máximo de estrago, e funcionou. Pessoas foram feridas de maneiras tão horríveis que só de olhar a gente fica com náuseas. Tudo bem que o mundo tenha ficado chocado, porque explodir uma multidão de gente inocente é mesmo chocante.”
O que se segue é um relato honesto da árdua caminhada de um homem literalmente destruído em busca de um resgate para seu corpo e alma. A família se tornou fator preponderante para sua recuperação, sempre unidos, venceram as barras mais pesadas e superaram as adversidades. Com probidade de uma pessoa que encarou um sofrimento intenso e resistiu, essa é uma história de persistência, amor, laços familiares, amizade e solidariedade humana.


A luta de Bauman na busca incansável pela sua recuperação física e mental foi intensa, dolorosa e muito difícil. Não espere dessa narrativa um protagonista caricato, digno de compaixão. Bauman mostrou que para viver não basta apenas estar vivo, é preciso ter coragem para ser protagonista da própria história.


Uma leitura incrível que mostra a resiliência de um homem que se tornou ícone de uma tragédia ao aparecer logo após o fatídico atentado, ferido e sem as duas pernas sentando em uma cadeira de rodas. Uma trajetória pessoal de um homem comum marcado por um desastre que nunca se curvou diante de qualquer obstáculo.



8 comentários

  1. Não tem como apagar da memória um "evento" destes. Me recordo muito bem dos programas de tv falando e mostrando imagens tristes demais deste acontecido.
    Não conhecia a história deste homem, mas histórias assim, de superação,sempre me emocionam e até me inspiram!
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    beijo

    ResponderExcluir
  2. Deus que lindo!
    Nádia eu já tô de olho nesse filme desde que andei dando umas olhadinhas por aí, a história é linda, espero mto uma oportunidade de conhecê-lo melhor...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Lembro de reportagens sobre essa terrível tragédia, não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma incrível história de superação.
    Deve ser muito emocionante ler sobre a luta de Bauman na busca por sua recuperação física e mental.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Esse é realmente um livro de superação Mas eu sou muito mais chegado a livro de ficção mas foi uma tragédia e tanto e uma Incrível História de recuperação porque não sei se se fosse eu conseguiria me reerguer depois de um choque desse

    ResponderExcluir
  5. não conhecia a tragédia, o livro, nem o filme, mas pelo visto é uma história muito emocionante, de alguém que apesar de tudo o que passou, não se abateu e nem mesmo desistiu, alguém guerreiro e um exemplo de superação para todos!!

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia este livro nem o filme, pela sua resenha o livro parece ser muito bom, uma história de superação.
    Pelo trailer o filme parece ser bom, pretendo ler este livro e assistir o filme.

    ResponderExcluir
  7. Nadya!
    Gosto das biografias autenticas que não mascaram a realidade e falam sobre os fatos de forma nua e crua, doa a quem doer, até a ele mesmo.
    Bom ver a duperação retratada e que ele pode identificar a pessoa responsável pelo atentado.
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nádya.

    Lembro-me desse caso, mas nunca procurei saber detalhes sobre ele.

    No livro, com certeza temos a oportunidade de saber com mais detalhes tudo o que se sucedeu, de como ele encarou uma nova realidade de sua vida após algo tão terrível e fatídico.

    ResponderExcluir