Luz, Câmera, Ação: Jogo Perigoso

Diretor ou produtor: Mike Flanagan

Ano: 2017
Gênero: Suspense,Drama
Elenco: Carla Gugino,Bruce Greenwood,Carel Struycken,Henry Thomas,Chiara Aurelia

Nota:         
Sinopse: Jessie (Carla Gugino) e Gerald (Bruce Greenwood) formam um casal em crise. Para salvar o casamento, eles decidem viajar a uma casa isolada, na intenção de passar um fim de semana romântico. O marido leva algemas e decide prender a esposa a cama. Ela hesita a participar do jogo erótico, mas aceita. No entanto, uma vez presa, o marido sofre um ataque cardíaco e morre. Presa à cama, sem ter a quem pedir socorro, Jessie luta pela sobrevivência enquanto se recorda de traumas na infância.


Resenha:
Um casal em crise viaja para uma casa no campo com a intenção de apimentar a relação entre eles.
A casa fica em um local isolado e calmo, escolhido por Gerald para que eles possam ficar à vontade sem se preocuparem com nada ou ninguém.

"Se realmente pensou que ele estava te vendo quando tinha aquele brilho no olhar, você foi enganada, boneca. Ou talvez você mesma tenha se enganado. E talvez agora tenha de decidir — decidir para valer — se pretende continuar a tolerar essa humilhação. Porque não é isso mesmo que está sentindo? Humilhação?"
Podemos perceber que Jessie é um tanto quanto submissa e resignada com o fato de que seu marido, um pouco mais velho que ela, esteja passando um pouco dos limites para sentir prazer novamente.
Ele recorre a um sexo mais agressivo com uso de algemas, até mesmo há  menção de que já havia apertado o pescoço dela durante o ato sexual anteriormente e além disso tudo, usa Viagra  indiscriminadamente.


O estresse, a medicação e uma discussão sobre seus gostos peculiares de tentar salvar o casamento, fazem com que Gerald tenha um ataque cardíaco fulminante, fazendo com que Jessie entre em desespero.

Agora algemada e sozinha com o corpo do seu marido estendido no chão do quarto e as chaves das algemas no banheiro, ela começa a relembrar sobre como sua vida havia dado errado de tantas formas até chegar ali naquela situação.



Talvez porque esteja com medo, com sede, ou tudo junto, Jessie começa a conversar com seu marido morto, e com ela mesma como se fosse sua consciência lhe dizendo o que fazer e como agir.

Uma das cenas mais tensas é quando um cão entra no quarto e começa a arrancar pedaços do corpo de Gerald. (Ah, o cão entra porque haviam deixado a porta aberta...)

Ela também irá lembrar de fatos traumatizantes que ocorreram em sua infância, como se um filme de sua vida estivesse passando diante de seus olhos, nesse caso seria dentro de sua mente.

O filme tem um teor psicológico muito intenso,e é importante ficar atento a todos os detalhes e fatos por mais  que pareçam sem valor (dica: prestem atenção quando eles estão chegando de carro).
Uma das coisas mais interessante no filme é essa linha tênue do que é real e do que não é. 
"As pessoas estão a salvo de assombrações, fantasmas, e mortos-vivos durante o dia. E normalmente ficam a salvo deles a noite quando estão com outras pessoas.
Mas uma pessoa sozinha no escuro...Mulheres sozinhas,no escuro, são como portas abertas, Jessie. Se gritarem por socorro, quem irá ajudar? Quem sabe o que as pessoas veem  no momento da morte solitária? "



Para quem não sabe , o filme é uma adaptação de uma das obras de mesmo nome, de Stephen King. Ainda não li o livro, mas pelo que pesquisei dizem que o filme é tão bom quanto. E vocês? Já leram ou assistiram Jogo Perigoso? Deixem-me saber.

Então é isso, e até a próxima 🖖

15 comentários

  1. Eu já havia visto o trailer deste filme e tinha ficado bem curiosa para assistir ele, mas não sabia que é uma adaptação de uma obra de Stephen King, com o mesmo nome, isto me deixou ainda mais curiosa para assistir este filme, sem dúvidas irei assistir, ainda mais que tem ele na Netflix.

    ResponderExcluir
  2. Nem sabia que era adaptação de livro. Vi o trailer e depois é que me liguei. Achei bizarra a situação e me deu vontade de assistir pra saber o que acontece porque nossa, mas que bizarro! A mulher e como ela se arranja aí....e se é isso mesmo, as coisas que são reais ou não...Parece um bom filme pra deixar a gente roendo unhas.

    ResponderExcluir
  3. Esse filme é sinistro demaaais, no bom sentido, claro! 😂😂😂
    Cara, quando terminei, tive a sensação o de estar segurando a respiração a muito tempo.
    Estava muito tensa!
    Amei e odiei demais ❤️
    Kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Nunca ouvi falar desse filme, e não me atraiu muito. Gosto de filmes com teor psicológico (tipo A garota do trem e Antes de dormir), mais esse me pareceu um pouco estranho demais.

    ResponderExcluir
  5. Karla!
    Depois que detonaram Torre Negra e a série Nevoeiro dele, tudo é possível.
    E sua análise foi muito bem feita e entendi todos seus argumentos.
    Pelo visto, apenas IT teve uma adaptação fenomenal.
    De qualquer forma sendo do mestre e por gostar de terror psicológico, gostaria de poder assistir.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  6. Olá, o longa parecer abordar bastante o lado psicológico, como o autor costuma fazer em sus obras. Fiquei curioso para conferir pois a trama é bem diferente, mas espero que seja um pouco fiel à obra original, pois pretendo ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Karla.
    Eu ainda não assistir e meu estômago ja está embrulhado com a cena do cão kkkkkk.
    Enfim eu quero muito assistir esse filme, mas pelo jeito preciso me preparar um pouco mais, essa questão dela está vulnerável e algemada a cama é o que torna tudo bem interessante.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li o livro e nem vi o filme. Mas estou com bastante vontade de assistir ao filme. Eu gosto bastante de filmes de suspense assim, e esse filme parece ser bem tenso. Já fico imaginando essa cena do cachorro (e acho que ela vai ser horrível!). O filme já está na minha lista, vou ver se assisto no feriado :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Gente, se só de ler esse post já fiquei tensa imagina assistindo o filme, ainda não li o livro, na verdade nem sabia que era uma adaptação, ainda mais do Stephen King, quero muito assistir o filme, mas acho que vou precisar de um tempo para me preparar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Nossa, não tinha conhecimento desse filme e tampouco que era uns dos livros do King, me deixou agora super curiosa para conhecer essa trama bastante louca. A historia é interessante, mostrasse um cara que fica maluco só por tentar arrumar o casamento novamente, me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir
  11. Olá Karla! Que trama surreal! Estou impressionada com a criatividade do autor. Não sabia que era baseada num livro do King, mas só podia ser não? Bom, é muita informação para mim, não assistiria pois não gosto do tema. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Karla.
    Ainda não vi o filme, nem li o livro.
    Meu irmão viu o filme recentemente e disse que é muito bom. Fiquei bem curiosa para conferir.
    Vou prestar bastante atenção no flashback e em especial na cena do carro rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi! Nossa, eu vi o trailer desse filme e é muito tenso! Que situação horrorosa, bem naquele estilo "seria cômico se não fosse trágico". Só pelo trailer não tinha me interessado em assistir, mas agora acho que vou ver!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Cheguei a ver o trailer e o anúncio na Netflix e parece ser mesmo impactante! Vi muitos comentários positivos a respeito mas sinceramente acho que não assistirei, fujo de tudo que é terror, sou bem fraquinha pra essas coisas haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu amei o filme, sinistro igual O cemitério, então sou suspeita para falar!
    Concordo em tudo o que vc escreveu, um filme bem psicológico.

    https://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir