Uma Mão na Areia (Una Mano En La Arena) - Fernando Uría



Título: Uma Mão na Acreia
Autor: Fernando Uría
Páginas: 48
Ano: 1993
Editora: Santillana
Gênero: Romance Policial
Nota:              
Sinopse: Rafael pensa passar um dia feliz com Virginia, sua namorada. Vão nadar e tomar sol na praia dos Caranguejos e pescar depois na bonita ilha de Em Frente. Não sabem o que ali os esperavam dessagradavéis supresas. Ou se a Virginia sabe? Por que, se não, está tão nervosa?



 Resenha: É um romance policial espanhol, bem curto e com muitas reviravoltas! Bem tranquilo de ler. Eu li em dois dias, mas é fácil e é possível ler em um dia.

Começamos conhecendo Rafael, que está em sua oficina. Trabalhando em um dia de muito calor e ele tem a ideia de chamar a sua namorada para ir a praia para que possam se refrescar. Ele liga para ela e ela aceita ir. Ele diz que é na praia dos Caranguejos, mas ela não fica muito animada. Parece um pouco nervosa e Rafael não entende. Ambos chegam a praia e tudo está tranquilo e muito quente. Rafael vai pescar um pouco e Virginia fica tomando sol, porém ela sente algo na areia. Grita por Rafael e ele começa a mexer na areia para ver o que é.

Adivinhem??? Sim, isso mesmo! Uma mão .....kkkk

Ambos ficam intrigados! Rafa decide chamar a polícia, então vai até um bar próximo, mas não tem ninguém lá. Só muitas caixas. Portanto ele decide ir até seu carro com sua namorada e chamar a polícia, porém seu carro sumiu. Então ele vai até o posto de gasolina. Chama a polícia e espera até que eles cheguem.

Ele conta tudo que aconteceu, mas os policias dizem para irem para casa, pois está muito tarde e que amanhã ele deve ir ao detetive e dizer tudo que aconteceu. Mas nem tudo são flores... kkk

Ele vai. Conta tudo. Vai até a praia, entretanto o corpo.... Corpo? Mano? Sumiu!!!

No mesmo dia os policiais ligam e dizem que acharam o seu carro. Os policiais o levam até sua casa e ..? Pedem para que ele abra a porta malas. Tem uma caixa dentro. Rafa não entende. Sai correndo e vai até sua oficina e liga para Virginia, todavia Virginia não atende o telefone. Ele tenta novamente e ela diz coisas sem nexo e uma frase ele guarda. "TEM PESSOAS EM PERIGO!."

Ficamos no dilema. O que Virginia está escondendo? O que ela sabe!?

Rafa pede a ela que voltem a praia dos Caranguejos. Ela vai! Ele vai até o farol e ele está lá e sabe por que Rafael está ali olhando para ela. Ele diz onde ele deve ir e lhe dá uma pá....

É um romance muito bom. Curto! Simples! E que é gostoso de ler.

7 comentários

  1. Oi Raquel, gostei da dica, ainda não tinha ouvido falar mas parece ser um livro ágil e como você disse gostoso de ler. O fato de ser curto é positivo, pois a leitura da pra ser feita rapidinho *__*

    ResponderExcluir
  2. Raquel!
    Gosto de roamances policiais e confesso que fiquei bem intrigada, parece uma super trama onde Virgínia parece estar envolvida.
    E fiquei me perguntando por que a polícia não fiscalizou logo na hora?
    O que tem dentro da caixa no carro de Rafael?
    Bem intrigante mesmo.
    Desejo um mês repleto de realizações e um domingo de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Hey,

    Parece ser uma leitura bem legal mas infelizmente não me chamou atenção, então não pretendo ler.

    ResponderExcluir
  4. Gosto bastante de romances policiais, fiquei super intrigada para saber o que a Virgínia está escondendo e o que o Rafa vai achar, pretendo ler esse livro em espanhol mesmo, até porque preciso treinar o idioma e lendo é uma ótima forma.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente não faz meu estilo, apesar de a historia parecer boa... Mas vou indicar para amigas, conheçam varias que iriam adorar!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ummm, ok, Ham?! Fiquei sem entendeu, juro fiquei confusa com a trama. Eu gosto bastante de livros assim, investigação policial mas esse fiquei bastante confusa. O livro me parece ser ótimo!

    ResponderExcluir
  7. Romances policiais curtos tem tudo a ver comigo. Nada demorado e sem enrrolacão. Gostaria muito de ler esse livro. Confesso que nunca li um romance espanhol, espero que este seja o primeiro.

    ResponderExcluir