Caçando Carneiros - Haruki Murakami

Título: Caçando carneiros
Autor: Haruki Murakami
Páginas: 336
Ano: 2014
Editora: Alfaguara
Gênero: Fantasia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Saraiva
Nota:                       
Sinopse: O protagonista do livro é um personagem, do qual não sabemos o nome, que leva uma vida tranquila trabalhando numa agência de publicidade, convivendo com a ex-mulher e alguns amigos — todos muito comuns, ou assim parece. Mas tudo muda depois que ele recebe uma carta misteriosa e conhece pessoas inesperadas: uma modelo de orelhas sedutoras, um grupo político de direita com um chefe enigmático e, por incrível que pareça, um homem-carneiro.

Resenha:

Nosso protagonista é um homem comum e um tanto quanto monótono, que gosta de rotina e tudo muito normal, rotineiro.
Talvez por ser assim, sua esposa peça o divórcio e ele sem ter (ou querer) outra opção, aceita e então, após um velório, ele começa a repassar sua vida filosofando sobre os acontecimentos até ali naquele momento.
 Ele é publicitário e após o divórcio acaba namorando uma garota (também sem nome)  que possui um belo par de orelhas (ela é modelo de orelhas), ele se vê numa jornada aparentemente absurda quando é questionado por uma foto publicada em sua revista.


Tudo começa realmente quando uma influente figura de direita, o procura por causa de uma publicação que ele fez em sua revista de publicidade: com carneiros em Hokkaido (cidade do Japão) ao fundo.


O secretário dessa figura lhe revela que o chefe está muito doente, quase a beira da morte e que precisa achar esse carneiro que sempre aparecia nas alucinações dele. Ele o ameaça de todas as formas, mas nosso protagonista que não tem muito a perder, e talvez só aceita porque a história parece tão absurda que embora não admita, desperta sua curiosidade.
"Não tenho fama nem posição social,tampouco sex appeal. não tenho talento, nem juventude. Vivo dizendo bobagens das quais me arrependo mais tarde. Fazendo uso de suas próprias palavras, sou medíocre. Que tenho eu a perder, diga-me?"

Ele e a namorada vão viajar o país atrás do tal carneiro,e é nesse momento que a aventura de verdade começa.

A história do livro é contado no final da década de 70 no mundo real, porém Murakami utiliza elementos fantásticos que nos fazem achar que é real dada a forma tão banal que ele descreve os acontecimentos.

Não é uma leitura fácil por se tratar da busca do eu, da identidade perdida e do seu lugar no mundo, mas é uma leitura essencial que nos faz refletir sobre muitas coisas, principalmente nosso papel no mundo.

Os diálogos do livro são sensacionais e muitas vezes me vi sorrindo da sagacidade e humor ferino do nosso protagonista que apenas quer viver pacatamente junto ao seu gato , também sem nome.
"Todos procuram fugir da monotonia, mas eu, ao contrário, tento enterrar-me nela.Como um sujeito que trafega na contramão no horário de pico."
O personagem intercala seu passado e pensamentos com coisas que realmente estão acontecendo,  não tem uma lógica realmente que possa ser  descrita, embora tudo coopera para chegar no desfecho esperado, ou não.

É minha primeira vez lendo Haruki Murakami, e apreciei bastante a obra por ser o tipo literário que mais gosto: histórias reais ou não que te levam a uma jornada fantástica e no final fica algo para refletir. Super indico a leitura.

Até a próxima! 🖖

7 comentários

  1. Achei muito bobo esse enredo. Detestei saber que os personagens não têm nome - Como, em nome de Deus, vou ler uma história que não identifica os personagens por seus nome? A narrativa se refere a eles como "homem e mulher"? O homem isso, a mulher aquilo? - e toda essa aventura é em busca de um carneiro. Como vc disse, é uma história absurda.

    ResponderExcluir
  2. Wow *u* Parece ser fantástico!!! 😍 Ameeei a resenha!!!

    Beijooos,Vivi@anatomia.de.um.coracao

    ResponderExcluir
  3. Oi Karla, não sei se esse é o meu tipo de história, parece um pouco louca, com carneiros e modelos de orelha rsr, mas se ela leva a refletir sobre nosso papel no mundo imagino que seja importante e mesmo não sendo uma leitura que faria por agora, achei interessante ;)

    ResponderExcluir
  4. Karla!
    Livros que trazem um ensinamento, mesmo que de alguma forma se utilizando da fantasia, onde podemos questionar quem somos, o que buscamos para nossa vida, etc... é sempre uma leitura que deve ser apreciada com dedicação.
    Quero poder ler.
    Desejo uma semana maravilhoso!!
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bom?
    Bom, confesso que não sei se eu leria esse livro, parece ser tão fora do "normal"; daquilo que estou acostumada kkk
    Mas gostei da resenha, está ótima!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade! Adoro livros que puxam pro realismo fantásticos, pois no geral eles nos fazem questionar muitas coisas. Essa parece ser uma característica do autor pelo que percebo dos comentários dos seus livros. Parece se ruma leitura bem cabeça, dica anotada!
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Ola!
    Que livro super interessante, não tinha conhecimento sobre ele. A capa realmente é um pouco assistadora e ao mesmo tempo muito bonita. A trama é algo muito incrível, nele vemos que o personagem passa a procura sua própria identidade, algo que possa encaixa em sua vida e essa Ventura atrás de um caneiro será super legal. Gostei muito do livro!

    ResponderExcluir