Resenha: Um Dia de Sol - I. C. Góes

Autor: I. C. Góes
Páginas: 119
Ano: 2016
Editora: Independente
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Um romance inesperado, um amor que se solidifica ao longo do tempo.
Anna é uma mulher madura, com uma carreira estável e a vida já resolvida. Júlio é um jovem que está descobrindo o mundo, aprendendo sobre o amor e a vida, mas que sabe o que quer: o que ele quer é Anna, a mulher que ele ama desde novo.
Será possível que a diferença de idade se torne um empecilho para que um amor de verão se torne duradouro?



Resenha: Sabe quando você termina de ler o livro, mas os personagens continuam te acompanhando ao longo de horas, as vezes dias???? Obrigada mesmo querida autora que eu não vou dizer o nome, você conseguiu me arrebatar dessa maneira aqui!!! 😍

Um Dia de Sol é uma história leve, um romance cativante, marcante, envolvente e esclarecedor! Ele trás à tona um tema complicado, que é o romance entre uma mulher de 40 anos e um garoto de 20, que ainda por cima é filho da melhor amiga da protagonista. Visto assim você pode pensar: "credo, nem vou ler!" Mas gente....leiam! A autora trouxe o tema à baila de uma maneira tão leve, tão linda e tão emocionante que não tem como não se apaixonar por cada passo que os protagonistas dão desde o começo até o ponto que se entregam finalmente à paixão, que nasce entre eles pura e simplesmente por insistência de Júlio, ou Jujuba, como Anna o chama desde criança, Anna que é a melhor amiga de Mari, mãe de Júlio, melhor amigo de Marco Antônio, filho de Anna...Ah e tem o Trevor, o lindo Europeu, pai de Marco Antônio , que não casou com a Anna a vinte anos atrás, porque ela não quis, mas criou o filho e esteve sempre presente, e aí está a grande e complicada família....

Eu não vou contar como começa, mas o início é com uma carta, que não é escrita por nenhum desses personagens que citei, e que é endereçada a um outro personagem, que também ainda não apresentei aqui....haha...e parei por aqui pra não tirar a graça porque eu só fui saber quem era no final do livro, vcs vão ter que ler também....

Só sei que, primeiro eu me apaixonei pela escrita da autora! Gente, é mágica! Ela soube trazer um tema tão difícil de ser tratado de um jeito tão lindo que foi impossível não torcer pelo final feliz do casal, sacanagem foi ver a melhor amiga tornar Mari avó um dia né, isso é coisa que amiga faça??? (não...não é spoiler, o menino tem 20 anos gente!) , mas vamos em frente, a história acontece toda em um dia, que é o dia de aniversário de 40 anos de Anna. A partir do ponto de vista dos principais personagens, conhecemos o passado deles e tudo o que aconteceu que os levou até ali. Como diabos uma mãe aceitaria tão facilmente o relacionamento de um filho com sua melhor amiga? Como esse relacionamento começou? De onde esse garoto tirou isso gente? Tudo isso é explicado de uma maneira tão, mas tão inteligente, com uma cronologia tão perfeita que eu fiquei de boca aberta quando terminei de ler.

Nada de leitura rebuscada, cheia de frescura! Não!  Uma leitura, leve, divertida e inteligente. Uma história que eu vou guardar para sempre e com certeza, cada vez que eu vir um casal com diferença de idade assim primeiro eu vou pensar nesse livro, depois eu vou pensar em como eles chegaram a tal relacionamento para depois então eu talvez pensar se algum dia valeria a pena eu pensar em julgar!

Super recomendada a leitura!!!!!!

9 comentários

  1. Olá, Denise. Nem sei o que dizer. Apenas obrigada parece tão pouco para uma resenha tão linda.
    Saber que eu toquei você dessa maneira, que posso ajudar outras pessoas a verem que amor é leve e para ser vivido, sem importar com preconceitos é lindo demais.

    Obrigada, amiga. Estou emocionada com suas palavras carinhosas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise
    É uma história linda, bem construída e fico muito feliz que te conquistou.
    A autora é sensacional.
    Beijos
    Daya

    ResponderExcluir
  3. Essa história é linda mesmo! Não tem como não se emocionar com ela!

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise,
    Confesso que tão sou apaixonada por essa estória como tantas outras que a autora escreveu, um dia de sol foi a minha primeira leitura da I.C Góes e quando você já tem passado por outros livros onde tem ponto de vista do mesmo tema com personagens diferentes, lá estava as repetições de diálogos e em um dia de sol NÃO TEM REPETIÇÕES, fui me apaixonando por jujuba aos poucos, e sempre me colocava no lugar da Anna (afinal sou Ana e adorooo Ana forte), e confesso que se soubesse escrever faria um spin off desse livro, partindo da carta da Luiza para a filha dela 😂, ameiiiiiiii demais.
    SUPER RECOMENDO
    TE DESEJO " UM DIA DE SOL" MARAVILHOSO .
    PS. desconsidera os erros

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha. Esse livro foi uma grnade surpresa para mim e a resenha soube retratar muito bem a forma como a escrita da autora é tocante. Parabéns pela resenha e parabéns novamente a autora pelo lindo livro.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Denise. Confesso que julguei o livro mas depois que li sua resenha, fiquei apaixonada pelo enredo. Quero muito entender como esse relacionamento aconteceu e de quebra, conhecer melhor a escrita da autora.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  7. O AMOR NÃO VÊ IDADE

    Toda mulher, por mais independente e segura de si que seja, tem necessidade de ser cuidada, protegida, mimada, amada... mesmo não confessando isso abertamente, mas quem disse que esse papel deve ser desempenhado por um homem mais velho? Esse romance quebra todos os paradigmas de quê, por ser mais novo, o ingênuo rapaz, se encanta por uma mulher madura em busca de aprender algo.
    Nessa história não! O Júlio (Jujuba para os íntimos), está disposto a mostrar o que sabe. O rapaz sabe muito bem o que quer e como conseguir, tanto que... bom, você terá que ler para descobrir.
    Me surpreendi com a maneira inusitada da escrita da autora. Confesso que, a princípio, pensei: Será que isso dará certo? Sim, deu tão certo que me sinto intima dessa complicada, mas, feliz família.

    Recomendo D+.

    ResponderExcluir
  8. Também li e amei a obra. A capacidade dessa autora de contar a mesma história várias vezes sem parecer a mesma história é simplesmente Impressionante.
    De posse dos diferentes pontos de vista temos uma ideia melhor do quadro geral vivido por toda a família. Amei!

    ResponderExcluir
  9. Sou mega suspeita para falar dessa história porque amo os personagens. Ah Jujuba!
    Adorei a resenha. Deu até vontade de reler a história. Indico a todos que leiam pois a autora trata de um tema polemico, mas em nenhum momento você se vê contra esse romance.
    A autora tem seu estilo único que é impossível não devorar suas obras.
    Parabéns!

    ResponderExcluir