Resenha: Serial Killers: Louco ou Cruel? Histórias Reais, Assassinos Reais - Ilana Casoy

Autor: Ilana Casoy
Páginas: 360
Ano: 2014
Editora: DarkSide® Books
Gênero: Crime
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: A primeira parte de Louco ou Cruel? aborda os serial killers sob diversos aspectos e à luz da criminologia, do direito, da psiquiatria e da psicologia, e dedica-se a dissecar esse universo, analisando como tudo começa, quem são as vítimas, os aspectos gerais e psicológicos, os mitos e as crenças, o perfil do criminoso, a psicologia investigativa, a encenação/organização da cena e a análise do local do crime.
Na segunda parte do livro, Casoy apresenta em detalhes 16 casos de serial killers que chocaram e marcaram o século XX, entre eles Aileen Wuornos, Albert Fish, Andrei Chikatilo, Ed Gein, Jeffrey Dahmer, Ted Bundy e o Zodíaco, cuja identidade segue desconhecida até hoje. Histórias que habitam as entranhas da humanidade e o que ela tem de pior: perversidade, frieza e falta de sensibilidade que acabam por produzir o mal em escalas inimagináveis.

Resenha: Após eu ler um dos assuntos que mais me fascina (a mente cruel de um ser humano), me senti uma pessoa até mais inteirada sobre o assunto criminalístico, e pretendo sim ler a sequência desse claro: Serial Killers Made In Brazil. Que irei resenhar também, então aguardem.

O livro começa com uma abordagem sobre o que é um Serial Killer, como perfilar um assassino ou descobrir seu modus operandi (a maneira que ele costuma agir nos seus assassinatos) a partir da cena do crime, e também saber se são organizados ou desorganizados, além de saber isso você pode encontrar como o Estado em que ocorreu os crimes age sobre esses assassinos, a algum tempo palestrei sobre o assunto Serial Killers e confesso que algumas das coisas que li puderam me ajudar a compreender um pouco mais sobre o assunto que já tenho um conhecimento avançado (como leis dos locais, penas de morte, e também estado de saúde dos assassinos).

De fato o livro não é para quem tem estômago fraco pois descreve toda a cena do crime e como os assassinos fizeram tal ação hedionda e cruel, te abre a mente para tais crueldades trazendo perguntas de como, porquê, onde e quando, pois é um assunto que sempre cativou a curiosidade das pessoas em querer entender a mente de um assassino em série, eu sempre fui curioso nesse sentido e sempre quis entrar na mente de um assassino como esses para ver o que eles mais sentem ao fazer isso (estranho? sim, mas se você pretende se aprofundar nesse assunto precisa ler muito sobre isso). Ilana Casoy traz entrevistas e histórias das vítimas que sobreviveram ou parentes das vítimas, além de histórias detalhadas dos assassinos e como era seu modus operandi, consegue nos trazer com clareza e bem detalhado o como foi os julgamentos dos assassinos.

Durante a leitura não encontreis erros de português, e a forma de escrita é simplesmente fantástica pois não é cansativo e é bem simples de entender em questão de leis e crimes, além de entrar bastante na área da psicologia forense (que é uma área complicada, mas muito legal para se estudar).

Existem imagens dos assassinos ou das cenas do crime e até mesmo das provas do crime, o que torna o livro assim mais chamativo para o leitor. É uma leitura agradável mas forte para quem não está acostumado com o assunto ou não aguenta esse tipo de assunto.

4 comentários

  1. Oi Rodrigo, sabe quando você se depara com um livro e sabe que ele foi feito pra você? Então, tive essa sensação nesse exato momento ao ler sua resenha. Já vou adicionar na minha estante do skoob.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu curto muito esse tipo de leitura e se faz teu estilo com certeza não vai se decepcionar com esse livro.
      Beijos!

      Excluir
  2. Tenho certeza que irei amar esse livro, pois eu assisto a séries desse gênero, minha preferida é Criminal Minds, também tenho todos os livros de Dexter, que amo muito. Não conhecia esse e já fiquei super interessada.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um livro muito bom você vai gostar então.
      Caraca você tem o sobrenome de um dos assassinos em série mais conhecidos do mundo ou impressão minha....
      Beijos!

      Excluir