Resenha: Até Você Saber Quem é - Diogo Rosas G.

Autor: Diogo Rosas G.
Páginas: 224
Ano: 2016
Editora: Record
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Saraiva

Resenha feita pela Simeia do Blog: Senta Aí Leitor
Sinopse: Uma narrativa instigante que desvenda a ascensão e a queda de um gênio atormentado por seus demônios pessoais
Desesperado para fugir de Curitiba, sua cidade natal e cárcere pessoal, o jovem escritor Daniel Hauptmann se entrega obsessivamente à tarefa que acredita ser sua tábua de salvação: produzir uma obra literária definitiva sobre o Demônio, que afirma nunca ter recebido uma representação adequada na literatura brasileira. O resultado o consagra ao posto de fenômeno instantâneo e o leva à elite da cultura nacional. O custo de sua empreitada, porém, torna-se uma sombra que se intensifica quanto maior seu prestígio e sucesso, transformando o rapaz brilhante e carismático em criatura niilista, temperamental e destrutiva. Entrelaçando de forma magistral personagens e situações reais da história da literatura brasileira do final do século XX às “vítimas e sobreviventes” de Daniel Hauptmann, o autor constrói uma instigante narrativa não linear que aos poucos desvenda a ascensão e queda de um autor atormentado por seus demônios pessoais – e, há quem suspeite, pelo próprio Demônio.

Resenha: Daniel é revoltado com a vida, acha ruim de tudo, inclusive implica e muito com a cidade que mora, Curitiba. Ele acha que a cidade é uma prisão, que ninguém jamais conseguiu sair dela e se saiu, voltou para morrer ali. E não é esse o intento dele.

Um certo dia, depois de pesquisar muito sobre demônio e de pensar sobre o livro famoso Grande Sertão - Veredas que tem o demônio como personagem, ele começa a pensar que o demônio não foi bem representado ali e nem em nenhum outro livro. E é daí que parte a sua obsessão maluca, escrever um livro onde o ponto principal, o rei, fosse o demônio. E claro que depois de muito pesquisar e noites e noites atormentando o seu amigo Ricardo e a sua namorada com esse assunto, ele consegue terminar seu livro.

Não demora muito ele consegue publicá-lo, as vendas sobem a cada mês e é aí que Daniel começa a ruir de vez, se antes de escrever o livro ele já era meio insano, estranho, depressivo. Depois de lançar o livro e do sucesso estrondoso, parecia que o diabo tinha voltado para conhecer o escritor obsessivo, que o tinha descrito e amado tanto.

Daniel começa a ficar distante, briga com todos a sua volta, inclusive com a namorada a quem dizia amar e com seu amigo Ricardo que o carregou nas costas o tempo todo. A partir dessa insanidade de Daniel, ele protagoniza uma tragédia que me deixou embasbacada, porque eu percebi o quanto ele enlouquecia a cada dia, mas não esperava nada como o que aconteceu.

A história se passa no Brasil, e vemos ser citado um pouco da política, economia e o que passamos por aqui, o que torna a narrativa mais verossímil, deixando o leitor mais próximo da história. Uma outra coisa que achei bacana, é que o livro não é narrado por Daniel como eu pensei no começo, mas sim pelo amigo Ricardo através das suas memórias. Não é uma leitura fácil, mas ao mesmo tempo ela se torna instigante, interessante, porque a todo momento você quer entender o que está acontecendo, principalmente quando Ricardo aparece em um consultório em uma consulta com um psicólogo.

É uma obra que recomendo para você que gosta de uma leitura instigante e inteligente.

Vamos a diagramação: A capa, eu não entendi muito bem a pegada dela, sei lá, não achei que combinou muito, gostaria até de perguntar pra editora qual é a dessa capa, hahaha. A parte de dentro está bem simples, letras em tamanho bom pra leitura, erros de ortografia não achei nenhum.

Beijokas

Nenhum comentário

Postar um comentário