Resenha: Alguém Como Você (Série Aparências - 1) - F.P. Rozante

Autor: F.P. Rozante
Páginas: 380
Ano: 2014
Editora: Independente
Gênero: Literatura Brasileira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:         
Sinopse: Eu sempre observo a maneira como ele mantém um sorriso arrogante nos lábios, sendo o centro das atenções, em toda sua glória, absolutamente lindo. Eu posso ver como seus amigos o invejam, como sua reputação é importante. Eu fico imaginando como seria se soubessem que sua melhor amiga não é deste mundo de negócios, muito menos uma linda mulher influente e de classe. Como seria se eles soubessem que seu verdadeiro eu, é tão diferente daquele que ele insiste em mostrar? Mas neste mundo eu sei onde é meu lugar porque ele sempre deixou bem claro as limitações... O problema é que nem sempre a razão vence as emoções.
Em meio a um mundo de aparências e capitalista, poderá o verdadeiro amor sobreviver?
Melissa e Ricardo estão à beira de descobrir qual o limite da tolerância. E você, até que ponto chegaria por amor?
Resenha: 

Vamos de nacional? Essas autoras não param de me surpreender, sério!

Estou completamente apaixonada!



Alguém como você, conta a história de Melissa e Ricardo.

Melissa está apaixonada por ele desde que pode se lembrar, mas nunca deixou que Ricardo soubesse. Ele a considera sua melhor amiga. Eles são de classe diferentes, Ricardo, 28 anos, rico, sexy, charmoso, e Mel, 25 anos,batalhadora, inteligente, divertida, linda. Trabalha como professora de alunos especiais, mas claro que o salário não é dos melhores, então ela faz bicos em eventos para ajudar no orçamento, isso inclui participar de algumas festas dos Belmonte. A filha dos empregados, Ellen, que é governanta e Nelson o jardineiro.

Os pais de Ricardo querem que ele tome conta do império da família, ele por sua vez, nunca se impõe, e faz tudo que seus pais querem. Um burro é claro, e cagão, totalmente, acreditem em mim.

A família de Ricardo é totalmente sem noção, sua mãe sempre que pode humilha Melissa, a irmã dele, Anabel é uma cobra louca, tive vontade de apertar o pescoço magro dela diversas vezes. Tudo que a mãe quer, Ricardo faz, inclusive entrar em relacionamentos de conveniência, assim conhecemos Sophie, que aparentemente é muito delicada e educada, ela acaba por mostrar quem realmente é nas cenas seguintes.

Eu fiquei tão, mas tão puta com Ricardo pelo seu egoísmo, que desejei que Melissa desse uma de inteligente e largasse o cara. Quantas vezes seu coração pode ser quebrado por alguém ? Quantas vezes você é capaz de perdoar? 
“Acho que por isso me doía tanto observar. Eu sabia que esse dia chegaria, o dia em que ele seguiria em frente e se estabeleceria com uma jovem bem-nascida. Eu só não estava preparada para que esse dia chegasse tão cedo.”
Então, depois de ver Ricardo aos beijos com Sophie, Mel decide seguir em frente, Ricardo percebe que gosta dela muito além da amizade. Foi preciso ver a Mel com outro cara, e claro uma boa e esclarecedora conversa com Nelson o pai de Mel, para que Ricardo pudesse abrir os olhos. Mel acaba reencontrando Elton, um amigo antigo, ele quer tentar um relacionamento, e apesar de não esquecer Rick, Mel acaba aceitando sair com Elton.

Rick fica furioso com a interação do mais novo casal, Elton faz tudo o que Rick deveria ter feito a muito tempo, mas nunca teve coragem. Elton defende a Mel com unhas e dentes. Apesar de ter Ricardo não ter sido meu personagem preferido no início da história, eu acabei por entendê-lo mais na frente. Nem sempre deixamos de fazer certas coisas por falta de coragem em si, ele sempre foi controlado pelos pais, essas correntes invisíveis são realmente difíceis de quebrar. Aí, eu comecei a gostar dele, ele é um fofo, burro no início mas fofo depois. Eu sei não faz sentido.

Acontecem muitas reviravoltas, alguns segredos são descobertos, ciúme, fúria andam sempre com Rick. Ele decide tomar as rédeas de sua vida, acreditem ele pode te surpreender bastante.


Enfim, não vou contar tudo pois assim perde a graça certo? Mas posso afirmar, que esse romance é muito amorzinho, daqueles leves, que é impossível parar de ler. A autora conduz a história de maneira sutil e delicada, amei cada página, e com certeza vou ler mais títulos dela!


2 comentários

  1. Oi, Yohanna. Eu preciso de livros assim minha gente! Eu ando numa maré contra livros eróticos mas eu fiquei muito envolvida com esse. Sempre tenho raiva de personagens que não sabem se impor, ainda mais um homem, mas se você chegou a gostar dele tenho certeza que irei também.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiii, posso surtar?
    Que resenha mais linda, fiquei emocionada e tão feliiiiiiz.
    Obrigada pelo carinho, por ter lido meu livro e abraçado Mel e Rick <3
    Amei, Amei, Amei.
    Beijos.

    ResponderExcluir