Resenha: Os Radley – Matt Haig

Autor: Matt Haig
Páginas: 432
Ano: 2011
Editora: Galera Record
Adicione: Skoob

Sinopse: Peter, Helen e seus dois filhos adolescentes, Clara e Rowan, vivem em um típico subúrbio inglês. São uma família comum, com seus pequenos problemas e alegrias de sempre. Mas, como seus filhos descobrirão mais cedo ou mais tarde, os Radleys escondem um terrível segredo.
Esse retrato comovente e assustador de uma família pouco usual faz com que nos questionemos sobre o que nos tornamos quando crescemos, e explora o que perdemos — e o que ganhamos — ao negar nossos apetites mais profundos.

Resenha: 


"...defendia a teoria de que o egoísmo é uma característica biológica essencial a cada criatura e de que cada ato aparentemente filantrópico tem uma raiz egoísta."
"A maioria das verdades sérias é inapropriada. Mas, sendo brutalmente honesto, sem dizer a verdade qual é a merda do sentido? Pode me dizer, por favor?"




O livro começa contando sobre o bairro, os tipos de famílias que moram nele, até chegar aos Radley. Aí começa o suspense. Quem são? O que são?

Se atente aos mínimos detalhes senão só vai descobrir no meio do livro. As diferentes características de todos são demais. O autor soube trabalhar cada um e deixou que cada um tivesse sua voz. O que considero muito difícil, mas fez todo sentido.

O que eles são, caraca, amei!

É uma história que termina com um final previsível, mas foi muito bem trabalhada. A ideia que ele deu para eles é incrível. Não mudaria nada. Ele soube contar e deixar um suspense no ar até o fim da história.

Outra coisa que achei diferente, talvez, porque ainda não tinha visto. Ele separa o desenvolvimento da história, ou melhor, histórias, por dias das semanas. De Sexta-feira até segunda e o último título: Algumas noites depois.

A narrativa do livro, é boa? Não! É mais é excelente, fora alguns pequenos erros de gramática, que não altera a história em nada, não poderia ser melhor. A tradução dele é ótima. O autor faz você entrar no pequeno mundo em que eles vivem, em que nós vivemos.

Espero ter deixado à vocês muito suspense. Amo suspense, não tem como não gostar desse livro. Se puderem ler, tenho certeza que não se arrependerão.

2 comentários

  1. Olá.
    Adoro suspense mas ainda não tinha ouvido falar desse livro. Me interessei bastante. Vou ver se consigo ler também.

    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nil,

      Também amor! Consegui sim. Ele é muito bom!


      beijos

      Excluir