Resenha: A Jóia - Amy Ewing

Autor: Amy Ewing
Páginas: 348
Ano: 2015
Editora: Fantasy
Adicione: Skoob


Sinopse:
Joias significam riqueza, são sinônimo de encanto. A Joia é a própria realeza. Para garotas como Violet, no entanto, a Joia quer dizer uma vida de servidão. Violet nasceu e cresceu no Pântano, um dos cinco círculos da Cidade Solitária. Por ser fértil, Violet é especial, tendo sido separada de sua família ainda criança para ser treinada durante anos a fim de servir aos membros da realeza. Agora, aos dezesseis anos, ela finalmente partirá para a Joia, onde iniciará sua vida como substituta. Mas, aos poucos, Violet descobrirá a crueldade por trás de toda a beleza reluzente - e terá que lutar por sua própria sobrevivência. Quando uma improvável amizade oferece a Violet uma saída que ela jamais achou ser possível, ela irá se agarrar à esperança de uma vida melhor. Mas uma linda e intensa paixão pode colocar tudo em risco! Em seu livro de estreia, Amy Ewing cria uma rede de intrigas e reviravoltas na qual os ricos e poderosos estão mais envolvidos do que se possa imaginar, e onde o desejo por saber o destino de Violet manterá o leitor envolvido até a última página.


Resenha:
A Jóia é o primeiro livro da série Cidade Perdida da autora Amy Ewing. Lá fora, no entanto, já foram lançados outros 2 livros/contos: 0.5 – The Wishing Well, que são histórias conhecidas e contadas para as crianças na Cidade Perdida ; e o 1.5 – The House of Stone ( A Casa de Pedra), a história da Raven. Já o segundo livro da saga, The White Rose (A Rosa Branca), está programada para ser publicado em outubro.

Esse livro gera bastante polêmica, ou se ama muito ou odeia intensamente. Achei que o livro lembra algo de A Seleção, classes distintas, com ricos no poder, mandando em tudo e em todos, porém as semelhanças acabam aí.
Ao ler a sinopse, imaginei que seria aquele livro que você não consegue parar de ler, algo que te marca, bem não foi assim. As mulheres da Jóia precisam de mulheres férteis, pois não conseguem conceber filhos saudáveis, um pequeno problema no DNA real, então elas precisam das substitutas, no começo, imaginei que elas eram muito bem tratadas. Como não poderiam? Elas geram as novas gerações da realeza!
No começo fiquei muito perdida, tudo sobre o início da Jóia, as classes e tudo mais, é bastante vago. Violet começa como se estivesse continuando algo, como se já soubéssemos como tudo começou e a história dela fosse apenas um complemento.
- A Eleitora parece ter se esquecido de que eu estou aqui há muito mais tempo do que ela. Sou descendente de uma das Casas Fundadoras, não de um comerciante do Banco. Ela achou que podia mudar as regras. É a desgraça para o trono e uma vergonha para o título que ostenta, e ontem ela aprendeu que ninguém é intocável – Quando a Duquesa olha para o meu rosto chocado, seus lábios distendem numa careta – Bem-Vinda à Jóia.
As substitutas são arrancadas de seus lares e treinadas até chegar sua vez no Leilão. São divididas em lotes, as dez últimas são sempre as mais desejadas, pois possuem qualidades inestimáveis. Violet é o lote 197,e é comprada pela Duquesa do Lago. Apesar de tudo, ela é até bem tratada em comparação às outras substitutas do restante da Realeza, pelo menos é o que parece.

Violet me deixou totalmente frustrada, é uma personagem, fraca e submissa. Achei que a história seguiria mais interessante, o que não foi o caso. Imaginei um grande amor, seguido de uma fuga maluca e tudo mais. Ela conhece Ash Lockwood, um acompanhante real, a paixão é imediata. O problema, é que: A autora não trabalhou isso, pra mim não há nada de paixão avassaladora, não houve nenhuma aproximação que sugerisse o amor que Violet narra. Quando Ash aparece, estamos na metade do livro, depois de pelo menos cem páginas eles decidem ficar juntos, três capítulos depois, o livro acaba.

Eu não sei como realmente me sinto em relação a esse livro. Dei três estrelas justamente por isso, quando a história começa a fazer sentido, e a narrativa realmente fica interessante, acaba. Simples assim. E bem, o próximo livro só em Outubro, e eu realmente espero que seja melhor que esse.

14 comentários

  1. Oii
    Eu adorei essa capa, mas achei meio estranha pela coloração, quem sabe em mãos seja linda. Em relação ao tema e a obra, leria por curiosidade mesmo. Pois, no momento estou evitando livros assim, gostei muito da sua sinceridade na resenha.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Olá
    É muito triste quando isso acotece né? Mas é uma coisa que pode acontecer quando o autor pensa em um livro para ser uma série, e as vezes o primeiro livro acaba com uma cara de introdução, oque é meio frutrante, pelo menos para mim.
    A história não me chama tanto a atenção, então eu não leria, e fico na torcida para que o próximo volume te agrade.
    Parabens pela resenha e pela sinceridade.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie, achei que a obra lembrou A Seleção pela capa e tu ainda diz que a história lembra o livro. Então, não seria algo que iria ler.
    Não gosto muito quando os protagonistas são fracos, acho que deixa a história chatinha sabe? Pena que Violet foi assim. A premissa do livro, apesar das lembranças com outra obra me parece bom.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Fiquei curiosa para ler o livro, mas não gostei do fato dele terminar de forma tão vaga, adorei sua resenha.
    beijos

    http://familialiteraria1.blogspot.com.br/2016/03/resenha-mais-pura-verdade-dan-gemeinhart.html

    ResponderExcluir
  5. Olá, nossa é tão ruim quando colocamos uma certa empolgação no livro é ele não é tudo que imaginávamos, o livro me chamou atenção, a capa está bonita ,mas igual você falou o livro lembra muito "A seleção " senti uma semelhança até na capa. Espero que você goste da continuação dos livros e poste resenhas aqui para ficarmos por dentro de como será o fim dessa história .

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    A capa é linda mesmo! Eu não curti essa premissa, mas é porque já cansei de distopias. Mas espero que você consiga ler e curtir os próximos volumes!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Amei a capa do livro, pela sinopse fiquei interessada, mas ao término da sua resenha acho que até me senti desestimulada com o fato de Violet ser tão fraca, poxa... na sinopse ela parecia ser tão decidida e corajosa... realmente é decepcionante. Apesar de ter ficado curiosa, não sei se leria esse livro.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  8. Hello!

    Eu fiquei louca com o livro A Jóia qdo vi essa capa maravilhosa!!!
    Até troquei ele no skoob, mas nao comecei a ler, pq eu quero que lancem logo os demais, senao eu nao vou ler.
    Odeio series incompletas.
    Nossa, que pena que Violet é fraca como personagem, pela sinopse dava mto mais fé nela.
    Que bom que o livro sai em outubro, vou aguardar.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Tudo bom?
    Acho esse capa linda, mas a sinopse nunca chamou minha atenção. Ainda bem que não arrisquei ler, odeio personagens submissas! Tenho vontade de sacudir para ver se acordam pra vida!
    Acho que vou passar a leitura...
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Eu olho pra essa capa e só vejo A Seleção. Não tem jeito.

    Bom... pela sua resenha, achei a história um pouco confusa... e esse negócio de personagem feminina fraca não me desce mais. Me irrita logo, aff.

    Espero que tenha mais sorte com o próximo.
    bjs - Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu gostei da leitura desse livro, e concordo com você quando diz que quando fica bom, o livro acaba. O ponto negativo é que a editora está demorando muito para publicar a continuação, e com isso já perdi muitos detalhes da trama. Vou ter que ler novamente para lembrar tudo rs
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Gostei muito da arte da capa do livro, mas esse estilo de leitura não me atrai. Só que com certeza fica a dica para ser passada à frente. Conheço várias pessoas que se interessariam pelo enredo!

    Beijos,
    Gabriel Albuquerque

    ResponderExcluir
  13. Oi, não conhecia a série, e é uma pena que ele não tenha sido tão bom quanto o esperado. Não sei se leria o livro, mas achei a capa bem interessante. Espero que a continuação seja melhor, vou aguarda a resenha.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia esse livro. Pela sinopse me pareceu semelhante à Seleção mesmo. Fiquei até um pouco animada em ler mas são tantos pontos baixos que você cita que eu fico em dúvida. Sendo o primeiro volume de uma série, ele deveria esclarecer muitas coisas sobre "o mundo", ser tipo uma introdução né. Quem sabe o próximo volume consiga te esclarecer melhor. Ele pode ser melhor também.
    Eu já li umas séries onde não gostei do primeiro volume e amei as continuações.


    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante
    Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir