Love, a história de Lisey - Stephen King

1 de setembro de 2021

Título:
 Love, a História de Lisey
Autor: Stephen King
Páginas: 536
Ano: 2021
Editora: Suma das Letras 
Gênero: Ficção, Suspense, Mistério, Terror
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse: 

Uma história de amor, de um casamento, de uma esposa dedicada e de um escritor bem-sucedido. Uma história de violência, de trauma e de loucura ― e sobre os segredos que permanecem após a morte. A história de Lisey está só começando.

Dois anos após a morte do marido, Lisey Landon decide que é hora de colocar os papéis dele em ordem. Afinal, Scott Landon era um escritor de sucesso, e há diversas partes interessadas em qualquer trabalho inédito deixado por ele, embora ela esteja determinada a recusar qualquer oferta.
Casados por vinte e cinco anos, os dois compartilhavam de uma intimidade profunda e muitas vezes assustadora. Logo no início do relacionamento, Lisey descobriu de onde Scott tirava suas ideias ― um lugar capaz de curá-lo ou devorá-lo, chamado Boo’ya Moon.
Quando é contatada por Zack McCool, um homem desagradável que diz que ela deve entregar os manuscritos ou sofrer as consequências, chega a vez de Lisey encarar os demônios que assombravam Scott ― e que agora podem ajudar a protegê-la. Assim, o esforço de uma viúva para organizar o escritório de seu célebre marido se transforma em uma jornada quase fatal ao mundo sombrio que ele habitava.
Um dos livros mais poderosos e íntimos de Stephen King, Love: A História de Lisey fala sobre a fonte da criatividade, as tentações da loucura e a linguagem secreta do amor.


Este livro foi cedido pela Editora SUMA DAS LETRAS, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 



Resenha:

“Eu chamarei você de volta para casa.”

Olá praticantes de Livroterapia!

Hoje a resenha é de um dos livros mais densos que li nesse semestre! Que por acaso é de um dos meus autores favoritos e que está fazendo aniversário este mês! Sim, estou falando do King.

E como estamos no primeiro dia de Setembro, estamos começando o mês do Stephen 👑

Stephen King é um dos autores mais produtivos e escreve não somente os estilos dos quais ele é conhecido como Rei. Além de terror, horror, suspense, ele também escreve fantasia, dramas e muito mais.

“Eu estava perdido no escuro e você me encontrou. Eu estava com calor – com calor demais – e você me deu gelo.”

Love: a história de Lisey, é um exemplo de muito mais! 

O livro que acabou de ser relançado pela Editora Suma com novo projeto gráfico e tradução está lindíssimo, amei a capa e senti que fluiu muito bem a leitura nesta edição, só adoraria que não tivessem mantido o título errôneo do livro aqui no Brasil, já o título original é apenas A História de Lisey. Apesar de que amor faz todo sentido sobre esse livro... volto nesse ponto depois.



A primeira publicação deste livro foi em 2006 e ganhou o prêmio Bram Stocker do mesmo ano. Desde então, tem feito bastante sucesso e recentemente ganhou uma adaptação a minissérie da Apple TV+, que tem no elenco Julianne Moore e Clive Owen. Que trarei em breve minha opinião para vocês.

Love, é um livro que pode não ser uma das leituras mais leves que vocês vão ler, King começou a esboçar está história enquanto estava se recuperando, e por isso afastado do seu dia a dia, ele vou sua esposa Tabitha se desdobrando mais ainda para organizar todas as suas coisas e viu como isso seria extenuante. 

De tal forma, que King escreveu um livro extremamente pessoal e com temas muito importantes, mas muito tristes.

Lisey, é a protagonista e sua história é uma história de amor, de luto, de encontrar forças para seguir em frente e um novo significado para uma vida após uma tragédia. Vejam bem, ela encontrou o amor verdadeiro, e esteve com ele por mais de 25 anos, ela amou e foi amada. E agora está sozinha. 

“[...] pensando não pela primeira vez - que ser uma depois de ser dois por tanto tempo era estranho pra cacete. Tinha imaginado que dois anos seriam o suficiente para que a estranheza passasse, mas não eram; o tempo parecia ter apenas cegado a lâmina afiada da dor de modo que ela cutucava em vez de cortar."

2 anos de luto se passaram e as feridas podem parecer cicatrizadas, mas não estão.

Contundo ela acredita que chegou o momento de organizar as coisas de seu falecido marido. Não somente porque acha que fará bem para ela, como podem imaginar estamos lendo um livro do King então temos um desafio.


Scott Landon era o marido de Lisey, é além disso era um autor famoso, seus livros possuem fãs ardorosos e fãs neuróticos/obcecados/perigosos. É um desses fãs que resolveu que Lisey, ou entrega o que Scott deixou escrito e não publicado ou ela vai ter muitos problemas.

Então temos viúva que precisa lidar com uma situação de estress intenso, correndo certo perigo de vida, e isso nem é o mais assustador em sua vida!

“Então chega a hora das coisas sobre as quais eles jamais conversarão no futuro, seja com outras pessoas ou em particular. Terrível demais. Cada casamento tem dois âmagos, um luminoso e outro obscuro. Este é o âmago obscuro deles, o verdadeiro segredo demente.”

Ela sente Scott em todos os lugares, sua presença esta ao seu redor, pela casa, em sua mente, sua voz e persegue... imaginem como está a saúde mental dessa personagem? Imaginaram? 

Pois piora! Além de tudo isso acima, ela está drenada pelos problemas de sua irmã Amanda a quem tenta salvar...


Não falarei mais nada do livro!

Quero que sejam surpreendidos por essa história, como eu fui.

Tem muita coisa acontecendo então o início do livro é um pouco lento, porém, a tensão da escrita e tudo o que Lisey precisa lidar vai nos pegando aos poucos, da metade do livro em diante o ritmo de tensão, ansiedade e bom, um certo toque de terror psicológico se torna muito tangível.


Apesar dos temas bem pesados, estamos falando aqui principalmente do luto, a história ainda é uma história onde o amor é o tema principal, Lisey é uma personagem que ama, ama mesmo sem entender tudo sobre o amado, ama sabendo que ambos não são perfeitos, ama apesar dos pesares e por tudo o mais.

“Sentia-se daquele jeito naquele instante, com vontade de gritar o nome dele, de gritá-lo para a casa, e seu coração se amargurou ao pensar nos anos que teria pela frente, e ela se perguntou se valia o amor se o resultado era aquele, aquilo de se sentir daquela forma nem que fosse por dez segundos.”

Existem gatilhos emocionais nessa história, contudo acredito que é uma ótima indicado de leitura. Uma história com ar de autobiografia repleta de situações que nunca existiram na vida do autor mas podem ter existido na vida de qualquer casal que é parte de uma alma gêmea.

Amei a leitura e senti que após terminar ele, eu precisava de um abraço forte, uma xícara de chá ou talvez uma bebida mais forte! 

Livro para quem gosta de uma história bem escrita, que não se importa de ler sobre o melhor e o pior do amor, das pessoas e amou ou espera amar sua alma gêmea um dia!

“Deixei um bilhete para você, babyluv...”

Excelente livro do King, um terror psicológico, uma mescla de drama e suspense e uma história sobre a vida.

Espero que tenham gostado dessa indicação. E como setembro tem aniversário do King teremos alguns conteúdos exclusivos dele por aqui! 

Até mais.



Ps: pensaram que eu não ia comentar do Kingverso?


Como todo livro do King temos muitas referências a suas obras, vou citar apenas às que gostei mais!

👑 - Lisey mora em Castle Rock, Maine, palco de outros livros clássicos do autor como: Saco de Ossos, Cujo, A Zona da Morte, Trocas Macabras., A Metade Sombria, Ascensão.

👑 - O Hospital Mental de Derry. 

Derry é a clássica cidade que conhecemos em It, a Coisa, O Apanhador de Sonhos, Saco de Ossos e Insônia.

👑 - Temos muitas referências aos Territórios do livro O Talismã 

👑 - Inúmeras referências a série A Torre Negra, e seu protagonista Roland Deschain.

👑 - Um poema do King é lembrado por Lisey, esse poema foi citado por outro famoso personagem em O Iluminado.

👑 - Love, A história de Lisey foi dedicado a Tabitha King 🌙👑



10 comentários

  1. Assim que vi a Love estranhei...King em uma vibe romântica? Mas agora tudo ficou esclarecido.... é o nome que colocaram aqui no Brasil....
    Enfim...
    Leio King uma vez por ano. E os livros mais "leves"...
    Mas a história de Lisey é instigante demais pra deixar passar

    ResponderExcluir
  2. Arrasou nas fotos Vivian!essa cor . de cores que usaram para escrever o nome do autor ficou lindo !!Stephen King e Nora Roberts parecem que tem mentes inesgotáveis para escrever livros hein ? Sâo tantos títulos desse autor que já vi
    Acho que você poderia trazer um post com os dez melhores livros de Sthepen King na sua opinião.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Vivian, já lhe disse que sou sua fã??
    Pois sou, assumida!!!
    Mês de King, mês de felicidade completa. Estou doida para ler esse livro. Tentei ver a série,mas ela não me cativou. Vi acho que dois episódios e vou esperar outro momento para ver certinho.
    Mas por tudo que li acima, o livro é pessoal, intenso e real demais. Aliás, como tudo que o Mestre faz e é.
    Com certeza, espero ler em breve.
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Apesar de ser um livro com carga sentimental bem grande, esse acho que conseguiria ler.
    Gostei do Kingverso, só quem lê tudo dele é capaz de pegar esses detalhes entrelaçados.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá! Olha quem diria, me deparar com mais um livro do King que não me deixou tão amedrontada assim, mesmo sabendo que provavelmente os sustos estarão lá (risos). A história parece ser bem tocante e daquelas que nos deixa cheia de reflexões, gostei de conhecer esse outro lado do autor.

    ResponderExcluir
  6. Vivian!
    Escritor maravilhoso!
    Quem vê essa capa lindíssima de lilás ao roxo, jamais imagina que o conteúdo traz um enredo tão profundo, doloroso, um thriller psicológico passando pelo drama, mistério, terror pessoal e um amor descomunal.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Gente, eu acho incrível que esse autor só escreve coisa boa. Me lembra de Nora, sempre com notas altas e estrelas máximas!! Gosto muito do gênero e minha vontade de conhecer o autor é altíssima! Só vejo resenhas maravilhosas por aqui.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Vivian

    Parece uma história muito boa, e bem diferente da imagem do King que eu tenho na cabeça. Mesmo sem ter lido algo dele.
    Fiquei com vontade de ler esse.


    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Por mais que eu goste de alguns livros do autor, hoje em dia estou lendo bem pouco, e nem sabia que esse livro estava sendo relançado, e muito menos que já tinha adaptação. Fiquei doida pra ler esse livro, a história dele é super interessante, e já deu pra perceber que o livro todo é muito bom, do início ao fim. Fiquei super curiosa pra saber mais dessa história, e já fiquei ansiosa pra ver a adaptação também, mas vou tentar ler o livro antes.

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Oiiie,
    O único livro que li do autor foi It e foi uma leitura bem interessante, uma experiência muito boa. Pretendo muito ler outros livros deles e já estou fazendo a coleção, haha
    Esse livro parece ser muito bom e interessante, quero muito ler!

    Beijocas:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir