Luz, Câmera, Ação!!! The Outsider

23 de abril de 2020

Diretor ou produtor: Richard Price, Jason Bateman
Ano Início: 2020
Temporadas: 01
Gênero: Horror, Crime, Sobrenatural 
Elenco:Jason Bateman, Ben Mendelsohn, Bill Camp, Cynthia Erivo, Jeremy Bobb, Julianne Nicholson, Mare Winningham, Paddy Considine, Yul Vazquez, Marc Menchaca. 
Nota:    
Sinopse: Terry Maitland (Jason Bateman), treinador da liga infantil de baseball, professor de inglês e pai de duas filhas, é um dos homens mais queridos e respeitados da cidade em que vive.
Mas, um dia, tudo muda quando ele é acusado de assassinar um menino de onze anos.
Com provas contundentes de sua culpa, Terry é preso em frente à todos, porém, sua confiança em sua a inocência, leva a equipe de investigação a se confrontar com algo misterioso.
investigação do assassinato se torna então obscura quando uma entidade sobrenatural faz com que a equipe encarregada questione suas próprias crenças.

Resenha:

The Outsider, é uma miniserie da HBO que foi baseada um dos livros mais sóbrios e equilibrados de Stephen King, (e também um dos meus favoritos dele ❤) e para alegria dos fãs, é uma excelente adaptação.

Muitos outros livros do mestre do Horror foram adaptados, seja para a sétima arte ou para séries televisivas, nem todas foram felizes em suas adaptações, mas a HBO e a equipe de produção de The Outsider, souberam equilibrar o que deveria ser mantido fielmente e o que eles poderiam acrescentar sem retirar a aura pretendida pelo autor e até ampliar alguns pontos.

A série é focada na investigação de um crime brutal que abala uma pequena cidade.



Terry Maitland, (Jason Bateman, que também dirigiu os 02 primeiros episódios da série) é um professor, técnico do time infantil de basebol da cidade, pai e marido amoroso, adorado por todos na cidade. Até que um assassinato brutal acontece.

Uma criança é brutalizada e morta. E todas as provas indicam que ele é o culpado.

E quando digo todas as provas, falo de: Digitais, DNA, Testemunhas.

O que leva o detetive Ralph Anderson a o prender em frente de todos.

Mas Terry parece totalmente seguro de sua inocência e logo descobrimos que ele tem uma prova dela. Ele estava em outra cidade e há um vídeo que prova esse fato, testemunhas, digitais etc.
É o grande mistério dos primeiros episódios da série. Como uma pessoa pode estar ao mesmo tempo, em dois lugares?


Como uma obra de Stephen King, temos uma entidade sobrenatural misteriosa por trás dos acontecimentos, contudo, é a dinâmica humana o centro das tramas. Com a inclusão de outros personagens como a detetive Holly Gibney (Cynthia Erivo, indicada a um Oscar, ela vive Holly que para os leitores de King, pode ser reconhecida já que saiu direto da trilogia Bill Hodges do autor) que se une a Raph para descobrir o que está acontecendo, somos levados a confrontar medos que em algumas culturas são sussurrados para as crianças.

Uma indicação para quem curte séries policiais e sobrenaturais.


Tem episódios bem dirigidos, uma fotografia equilibrada (que visualmente nos leva a sentir a tensão e dor do personagens) interpretações que me prenderam atenção.  Principalmente de Jason Bateman, que eu conheço mais de papéis cômicos do que dramas, e de Cynthia. Já não gostei muito da interpretação de Ben Mendelsohn como o detetive Ralph Anderson, que me pareceu bem apagado diante de outros atores.

Para quem gosta de série policiais, só que não gosta de terror, um ponto deve ser dito. O terror é bem balanceado na série, assim como o livro o sobrenatural não é o ponto principal na maior parte da narrativa e sim a busca por encontrar o assassino. O Horror existe, esta nas entrelinhas o tempo todo, mas somente o final do livro, possui uma maior carga de horror, e este teve uma adaptação para o episódio final, até que bem sóbria. Ou seja, não acredito que será algo muito pesado. É mais o caso do horror psicológico, uma angustiante jornada, só que não algo muito pesado. Em minha humilde opinião é claro.


Existem algumas mudanças entre livro e série, inclusive uma que deixa um possível gancho para uma segunda temporada, a mitologia e base já foi apresentada e talvez de agora em diante, se houver uma continuação, os produtores podem seguir adiante com material inédito.  O livro em si já foi totalmente explorado.

Uma série que vale muito a pena assistir e excelente trabalho da HBO.



E caso estejam curiosos sobre o livro, nós temos resenha dele aqui, minha gêmea Karla leu e fez uma resenha incrível. Para ler basta clicar na imagem abaixo:


Até a próxima. 

6 comentários

  1. Vivian, sou doida para ler este livro, mas ainda não consegui comprar o danado.
    Quanto a série, Jesus!!!Eu amei, amei!!!Tem isso da fotografia perfeita(mesmo que em alguns episódios a escuridão tenha sido pesada e isso para quem enxerga pouco como eu,foi foda rs) Mas a mistura de suspense, mistério e revelações foi na medida exata.
    Afirmo sem vergonha nenhuma que ela está entre as melhores séries que já vi neste ano!!!
    Agora é correr atrás do livro.rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. ola
    embora não seja fã do autor fiquei curiosa para ver a serie
    voce disse que o terror é vem balanceado então acho que vale a pena assistir até porque gosto de suspence
    gosto das series da HBO
    gosto demaos das series da HBO vou assistir

    ResponderExcluir
  3. Olá Vivian!
    O livro é sensacional, principalmente pelo fato de King nos fazer questionar a todo momento se o que está ocorrendo nesses crimes é algo sobrenatural ou puro sadismo de um criminoso extremamente inteligente. E temos um maravilhoso cross over com uma personagem de Bill Hodges que deixa tudo ainda melhor, pois Holly possui uma personalidade complexa e ao mesmo tempo é uma detetive brilhante.
    Já a adaptação, vou ter que fingir. Eu até entendo que é necessário incluir e tirar alguns elementos, mas várias coisas foram incorporadas sem sentido nenhum, sem contar que o atores NÃO POSSUEM VIDA, parecem zumbis.
    Outra coisa que me incomodou foi a péssima caracterização da Holly, provavelmente porque os produtores não tinham a mínima ideia de que ela é de outros livros, com uma bagagem totalmente incompatível com o que nos é apresentado no show.
    Eu ainda tenho que assistir ao episódio 10, mas estou com tanta preguiça...Por outro lado, quem não leu o livro pode ter uma experiência bem melhor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Vivian!
    Não tive oportunidade de ler o livro ainda, mas vindo do King, com toda certeza deve ser bom.
    Vou procurar assistir a série, porque pelo visto, é um policial com toques de sobrenatural e não dá para perder uma série dessas.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Olá Vivian!
    Posso até me arriscar a assistir se vc diz que é um horror mais leve, pois a trama policial parece bem intrigante. Acho que vão ser várias reviravoltas nessa história. É tão bom quando as produções são fiéis aos livros, não? Acho que é um sonho para qualquer leitor ver sua obra favorita ser retratada nas telas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá! Já tinha ficado curiosa com o livro e agora sabendo da série fiquei até um pouco aliviada, pois temos aqui uma probabilidade maior que eu conheça a história sem precisar sofrer tanto (risos). Encarar o terror em filmes/séries é mais fácil para mim do que em livros, por isso, sem dúvida, pretendo conferir.

    ResponderExcluir