Luz , Câmera, Ação!!! Para Todos os Garotos que Já Amei - Livro x Filme

2 de setembro de 2018

Para Todos os Garotos que Já Amei é o novo sucesso da Neflix, e não há como negar, o filme é muito fofo! Uma comédia romântica que mistura tudo que a gente gosta. Mas, como costuma acontecer em adaptações, nem tudo o que está no livro escrito por Jenny Han, foi para a adaptação. Listamos aqui algumas coisas que tem no livro que são muito importantes para a trama, e que não foi parar no filme.




ATENÇÃO! CONTÉM SPOILERS

Lara Jean ama cozinhar

Principalmente doces. No livro ela está sempre com o livro de receitas da mãe, cozinhando algo,  fazendo cookies com as irmãs ou fazendo brownies e cupcakes. A única menção a isso no filme é o momento em que ela está fazendo cupcakes para a escola de Kitty. Nessa cena no livro ocorre um dos momento mais bonitos do casal Lara Jean e Peter Kavinsky, que é quando ele se oferece para ajuda-la com os cupcakes e os dois acabam fazendo uma bagunça na cozinha. Foi uma cena importante para percebemos que Peter é sim um cara legal.



Kitty tem 9 anos aos invés de 11

E é bem menos girl power em comparação ao filme. Kitty no primeiro livro tem 9 anos, e ela só vai ter 11 no último livro Agora e para sempre, Lara Jean. Nesse livro, ela é uma garotinha muito mimada pelas irmãs, e que passa ter algumas responsabilidades com a ida de Margot para a Escócia. Ela é apaixonada por figurinhas de cachorros, porque o seu sonho é ter um cachorro, algo que só é mencionado uma vez no filme.



Por falar em Kitty...
Kitty não envia as cartas de Lara Jean para ajuda-la a arrumar um namorado, mas sim por vingança

No filme já fica nítido quem manda as cartas de Lara Jean logo no início, mas no livro só vamos descobrir isso nas últimas páginas. Kitty envia as cartas após ficar com raiva de Lara Jean por ela falar que a mesma está apaixonada por Josh, namorado de Margot. Uma vingança que virou a vida da protagonista de cabeça pra baixo.

Os Cookies de Natal

Uma cena muito importante que tem no livro e não tem no filme é a em que Lara Jean e Kitty fazem os tradicionais biscoitos natalinos. A família Coven Song tem a tradição de montar a árvore de Natal e preparar biscoitos para os vizinhos. Mas o que tem de importante nessa cena é o ciúme que o Peter sente quando Josh pede para que façam seu cokkie favorito. É aí que temos certeza que Peter também está sentindo algo por Lara Jean.



Josh Sanderson também tem uma quedinha por Lara Jean

No filme aparenta que o que Lara Jean sente não é reciproco de Josh, mas no livro é. Após receber a carta, Josh fica confuso quanto aos seus sentimentos e percebe que também tinha uma queda por Lara Jean antes de começar a namorar Margot. (Spoiler do livro) A confusão é tanta que ele até beija a Lara Jean, o que acaba desencadeando uma briga feia entre as irmãs Song.



Recital de Natal

Quando a Margot volta da Escócia - e não é de surpresa - ela se sente excluída pelas irmãs que já tinham feito todos os preparativos natalinos, por isso decide resgatar uma tradição que elas tinham quando a mãe era viva que eram os Recitais de Natal. Sabe no filme quando a Margot descobre que a Lara Jean tinha um crush pelo seu namorado em meio a briga do Josh e do Peter? No livro acontece no meio desse recital, e de uma forma bem pior. Josh e Peter brigam por ciúmes de Lara Jean, e Margot acaba escutando que Josh beijou a sua irmã.

Donuts de café com chocolate e açúcar

O que Peter compra para Lara Jean para levarem na viagem não é vitamina, mas sim Donuts. No livro, Peter conquista Lara Jean (ou seu estomâgo) com donuts de café com chocolate e açúcar.



John Ambrose McClaren não aparece só no final

No livro, a carta de John Ambrose vai parar direto em suas mãos. Ele fazia parte do grupo de debates da escola e crendo que ele ainda fazia parte do mesmo grupo, Lara Jean vai ao seu encontro só para saber se ele ainda a reconhece. Acho que depois de Josh, John possa ser um dos 5 garotos que ela amou de verdade.

Genevieve é bem mais malvada no livro

A Gen no livro planeja uma vingança para cada menina que já ficou com Peter nessas idas e vindas dos dois. Mesmo assim, Lara Jean tem um certo respeito por ela. Ela vive relembrando da amizade que tinham quando crianças. Genevieve também tem um apresso por Lara Jean, coisa que a gente descobre lá para o final do livro.

Festa de Halloween

Uma das cenas que eu mais gostei foi a do festa de Halloween, em que Lara Jean vai vestida de Cho Chang de Harry Potter. Nessa parte há também uma denúncia a estereotipização dos asiáticos. Ela fala que quando ela veste de algum outro personagem, como por exemplo a Velma do Scooby Doo, sempre associam a algum personagem asiático ou de anime por ela ser asiática. A partir disso, ela passou a se vestir de personagens que todos possam identificar com mais facilidade, personagens semelhantes à sua característica física. É nessa cena também que acontece um dos momentos mais bonitinhos de Coven e Kavinsky. Fiquei ansiosa para ver essa cena no filme, mas infelizmente não teve.


Quando Lara Jean assume que gosta de Peter Kavinsky

 Antes da cena da Jaccuzi, Lara e Peter discutem feio no corredor do hotel, porque ele diz que gosta dela e ela o questiona sobre a Genevieve. Peter diz que ela tem medo de mostrar seus sentimentos e vai para a jaccuzi, e ela vai para o quarto furiosa. No quarto, Lara Jean começa a analisar a situação e percebe que gosta realmente de Peter. Ela decide ir ao encontro dele na jaccuzi para revelar o que sente, e o resto vocês sabem ;).



O Final

O final do primeiro livro é meio enigmático. Lara faz as pazes com Margot e perdoa Kitty por ter mandado as cartas. Não tem a história do vídeo de sexo, só a fofoca que Peter e Lara Jean tinham transado na jaccuzi. A raiva que ela sentia de Kavinsky era por ele não ter desmentido a história toda. Depois de toda essa confusão, Peter desmente a história para toda a escola. Assim como no filme, Lara Jean acha os bilhetes de Peter, percebendo que o que ela sente é real e maior que os rumores espalhados sobre ela. O livro termina sem saber se os dois realmente ficaram juntos, porque na última página ela só inicia a carta para Peter Kavinsky. Não sabemos se essa carta realmente chegou até ele, não até o próximo livro.



Muitos detalhes ficaram de fora da adaptação, mas para mim foi um filme muito bom e muito gostosinho de assistir. O que vocês acharam? Contem pra mim!





6 comentários

  1. Hey,

    Prometi a mim mesma que só veria o filme depois de ler o livro mas tá cada vez mais difícil cumprir a promessa, a netflix tem acertado em cheio com as comédias românticas <3

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu amei muito o filme, apesar de não ter lido os livros mais pretendo muito ler e poder conhecer mais a trama e me apaixonar muito mais. Mesmo ter pegando alguns spoiler, hahah

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Oi Cinthia!!
    Eu não em segurei de curiosidade e corri pra ver o filme...Não li o livro, mas agora mais do que nunca pretendo ler.
    Amei o filme!
    Bjs!

    https://aguardiadasresenhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cinthia.
    Eu ainda não vi o filme, mas eu adoro o livro. Ainda preciso ler o último livro.
    Parece que teve algumas mudanças em relação ao livro, mas nada que prejudicasse o enredo original.
    Esse filme parece ser bem amorzinho como o livro.
    Vou tentar ver no feriado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Ainda não vi o filme, e nem li os livros (#vergonha), mas a história parece bem fofa e divertida, cheia de clichês (que eu adoro!), a falta de algumas cenas que tinham no livro, mas não aparecem no filme, acredito que seja um incentivo para que possamos ler o livro (que é sempre melhor que o filme), além de ver o filme. Quero me programar para poder ler os livros e assistir ao filme o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  6. Ja li o primeiro livro e to começando o segundo. Eu achei o filme até que fofinho mas não terminei ainda e confesso que pra mim não ta sendo tuuuudo aquilo que o povo dizia no lançamento, prefiro mil vezes o livro.

    ResponderExcluir