Príncipe Partido - Erin Watt

28 de junho de 2018

Título: Príncipe Partido – Série The Royals – Livro 02
Autor: Erin Watt
Páginas: 352
Ano: 2017
Editora: Esssência
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Reed tinha tudo na vida: beleza, status e dinheiro. As garotas da sua escola matariam para sair com ele, os caras queriam ser como ele, mas Reed nunca tinha dado a mínima para nada disso. Nem para a família. Até que Ella Harper apareceu na sua vida. Quando Ella chegou à mansão dos Royal, o que ele mais queria era que a nova hóspede sumisse, mas ela o conquistou e, agora, Reed irá fazer de tudo para mantê-la por perto. Ella lhe dá segurança, lhe transmite paz, o aconchega... sensações que há muito tempo não sentia. Porém Reed comete um deslize e Ella se afasta por completo, trazendo caos à família Royal. Reed vê seu mundo desmoronar e toda a esperança de viver um romance com Ella desaparece. A garota dos sonhos de Reed não quer mais saber dele, porque sabe que se ficarem juntos, isso vai destruí-los. Ella pode estar certa. 'Príncipe partido' é a aguardada continuação de 'Princesa de papel'.

Resenha:


“Os Royal não conversam sobre seus sentimentos. Nós o enterramos. Fingimos que nada nos toca.”
Angustiante! Essa é a palavra que resume o final do primeiro livro da trilogia The Royals, Princesa de Papel. Quem não ficou roendo as unhas com aquele desfecho? Devo alertar que essa sequência é tão viciante e torturante quanto! A série tem tudo que esperamos de uma leitura provocante, levando o leitor a uma narrativa repleta de intrigas, traições e claro muito amor.
“Eu tinha passado os últimos dois anos tentando destruir tudo ao meu redor. Quem podia imaginar que o sucesso teria um gosto tão amargo.”
Ella fugiu de casa e de Reed. Porém Reed teve seus motivos para estar na cama com a companheira de seu pai, Brooke. No entanto ele ficou tão surpreso quanto Ella com a situação, e antes que pudesse se explicar, ela sai como um furacão de sua vida. A história começa nesse exato momento e pasmem vocês, consegui perdoar Reed e entender seus motivos.
"Não consigo me impedir de abraçá-lo com mais força. Parece que uma parte de mim está dizendo que já tive perdas demais na vida e que devo me agarrar às migalhas que Reed Royal estiver disposto a me dar."
Assim, a narrativa vai nos mostrar o que acontece com a família Royal após a partida de Ella e as tentativas para trazê-la de volta. Infelizmente as notícias que cercam os Royals não são nada boas. Destroçados desde a morte da mãe, a abastada família vive de aparências, de segredos escusos e ruínas pessoais, e finalmente vislumbrar o verdadeiro desenrolar dessa história é agoniante e a partida de Ella evidência a descoberta desses pontos de deterioração da família.
“Nós não somos bons para ela. Tudo o que Ella sempre quis é viver uma vida normal, simples. Ela não pode ter isso na casa Royal.”
Finalmente quando Ella é encontrada e trazida de volta para casa, Reed fará de tudo para conseguir seu perdão. Não será uma tarefa fácil, afinal Ella esta determinada a resistir ao seu magnetismo e poder de persuasão.
"Nós contávamos mentiras um para o outro. Mentíamos para nós mesmos porque não estávamos dispostos a admitir a verdade: não conseguíamos resistir um ao outro."
Uma continuação esclarecedora, pois finalmente conhecemos Reed e seus motivos de ter se tornado um cretino após o suicídio da mãe. Ella que parecia desorientada no primeiro livro, também ganha forma e sua personagem amadurece, mostrando uma Ella mais confiante e equilibrada.
“Essa garota entrou na nossa casa como um furacão e fez tudo ganhar vida novamente.”
Estou completamente viciada na história e o final mais uma vez cáustico e inesperado me deixou sequiosa pelo seu desfecho.
"Antes de conhecer você, minha vida era uma merda. Mas eu aguentava porque não tinha alternativa. Nunca me importei em não ter meu pai por perto, porque eu tinha a minha mãe. Quando ela morreu, eu disse para mim mesma, eu disse para mim mesma que devia ficar agradecida, porque ela estava sentindo tanta dor. Aí, eu vim para cá e conheci você e pensei que nós sentíamos a mesma coisa. Eu pensei: Esse garoto perdeu a mãe. Ele está com raiva e magoado, e eu entendo isso. Talvez ele me entenda também."

13 comentários

  1. Oi, Nádya.

    Gosto da ideia de podermos vermos um outro lado do Reed, vê-lo se redimir.

    Apesar dele querer a Ella de volta, eu não concordo com a atitude dele em relação ao pai e a 'madrasta'. Achei uma sacanagem... Mas, enfim?

    O pai não merecia aquilo. Ele não deveria pensar somente em sua felicidade. A verdade tem que ser dita.

    Sei que vou ter muita raiva lendo esse livro... Mas, no final, eu também espero entender melhor os motivos dele.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádya, então... eu não consegui entender bem os motivos de Reed no começo da história haha, mas vida que segue no livro e eu gostei muito dessa continuação. A trama tem muitas reviravoltas e a escrita das autoras é viciante. A resenha tá ótima e essa continuação também ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá Nádya!
    Ainda não li livros da autora, pelo que acompanho sobre a série mtos leitores estão curtindo a leitura, parece q a autora agradou então espero conseguir ler em breve pois estou bastante curiosa pra conhecer.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Como não li o primeiro livro, fiquei meio perdida em meio aos acontecimentos.mas é nítido demais que ambos os personagens amadureceram. Magoar quem se ama ainda mais desta forma, com traição, não deve ser fácil a outra parte.
    Mas se houver o perdão, será uma nova chance de recomeçar, o que parece ser uma grande história de amor!!!
    Vai para a lista de desejados junto com o primeiro livro.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá! Li o primeiro livro, sem saber que se tratava de uma trilogia, e quase enfartei com aquele final (fiquei em choque!), e para não ficar dessa maneira de novo, fui à busca de informações sobre a série, e por isso esperei o lançamento dos demais livros, foi muito bom conhecer mais sobre o Reed, nesse volume, e as razões que o levou a tomar certas decisões.

    ResponderExcluir
  6. Olá Nadya! Essa série promete causar um turbilhão de emoções ao leitor com tantos acontecimentos chocantes. Bom ver que a personagem amadurece pois li algumas resenhas que falavam que Ella era meio chatinha. Sempre há um motivo por trás das atitudes dos personagens e quando entendemos isso fica mais fácil perdoá-los e compreendê-los. Essa série já está na minha lista de leituras, não vejo a hora de poder desfrutar dessa envolvente história de amor entre Ella e Reed. beijos

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar da trilogia e tenho muita vontade de começar a ler ela. Que bom que esse segundo livro veio pra dar uma ótima continuidade à história e depois as situações bem claras.
    Espero ler!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da trilogia The Royals, mas tenho algumas amigas que estão lendo e amando. A história de Ella e Reed deve ser bem contagiante mesmo!
    Ps: Preciso dizer que essa capa é maravilhosa!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nádya. Ouvi falar muito dessa trilogia, mas acabei pegando uns spoilers nessa resenha kkkkk, talvez eu espere um pouco para eles sairem da minha cabeça e finalmente começar a lê-los.

    ResponderExcluir
  10. Nádya!
    Tenho o primeiro exemplar dessa série aqui, mas ainda não tive oportunidade de ler, porque me propus a ler as séries quando tiver todos os exemplares em mãos.
    Mas fico bem feliz em ver que nesse exemplar ouve um amadurecimento das escritoras e consequentemente das personagens e da trama e que não caiu na maldição do segundo livro, pelo contrário, tive a impressão por sua resenha que este é ainda melhor que o primeiro.
    E mesmo eles querendo resolver tudo com xingamento e violÊncia, gostaria de conferir a leitura.
    Bom final de semana!
    “Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  11. Eu me lembro de quando anunciaram lançamento do primeiro livro aqui no Brasil eu Devorei em questões de dias mas o segundo livro caiu um pouquinho em qualidade tinha uma mente que eu morria de raiva do Reed e o achava externamente cansativo

    ResponderExcluir
  12. Olá Nadya,
    Comecei a ler a sua resenha e não terminei por conta do que eu acredito ser um spoiler do final do primeiro livro que eu tenho e ainda não terminei de ler.
    Depois de ler tantas críticas positivas sobre essa série resolvi dar uma chance para o primeiro livro. Como estou bem no começo, ainda não tenho opinião sobre ele. Espero terminar em breve e se gostar começar esse.

    ResponderExcluir
  13. Olá.
    Já ouvi falar dessa série, e depois de ler algumas resenhas desanimei a lê-la.

    ResponderExcluir