Divergente - Veronica Roth

Autor: Veronica Roth
Páginas: 504
Ano: 2012
Editora: Rocco
Gênero: Distopia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Saraiva, Submarino.
Nota:    

Sinopse: Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma delas é como ser invisível. Primeiro volume de uma bem-sucedida série de distopia – segmento em alta no mercado editorial juvenil desde o sucesso Jogos Vorazes – Divergente, romance de estreia de Veronica Roth, tem como protagonista uma jovem em embate com suas próprias escolhas. Um dos lançamentos mais aguardados do ano pelos jovens brasileiros, o livro está no topo da lista dos mais vendidos do The New York Times.

Resenha:

Sei que estou meio atrasado, pois este é um livro lançado a algum tempo, já tem 3 filmes da série e a maioria das pessoas já leu ou assistiu os filmes, mas mesmo assim venho aqui hoje dar a minha opinião a vocês.

Somos apresentados a um mundo distopico (mais especificamente a Chicago futurística) dividido em 5 facções: Audácia para as pessoas destemidas, Franqueza para os francos e justos,Erudição para os inteligentes, Amizade para pessoas calmas e amorosas que querem o bem da sociedade, Abnegação para os autruistas.

A nossa protagonista é Beatrice, uma jovem da abnegação que vai passar pela cerimônia de escolha junto com seu irmão (uma cerimônia em que os jovens que completam 16 anos passam para escolher sua facção), mas antes ela vai passar por um teste de aptidão para saber com qual facção ela deve ir.

Ao passar pela cerimônia de escolha, Beatrice faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma.

Durante a iniciação de sua nova facção (altamente competitiva por sinal), ela muda seu nome para Tris e começa um romance com um rapaz misterioso chamado Quatro. No meio disso, Tris descobre um conflito crescente que ameaça destruir sua sociedade aparentemente perfeita.

Tris tem um segredo, segredo este que ninguém pode saber mas que ela descobre ser útil pra que ela possa salvar as pessoas que ama.

É uma Distopia muito bem construída, com personagens na minha opinião, fascinantes e apaixonantes, principalmente a Tris que é uma representação de Girl Power!

O primeiro livro apesar de ter uma atmosfera e desenvolvimento bem legal é o mais fraco da série porque os outros, Sem Or!

O livro é bem legal, é uma das minhas séries favoritas, espero que leiam e depois assistam ao filme pois também é muito bom!

Nenhum comentário

Postar um comentário