Resenha: Dupla Face - Rodrigo Marques

Autor: Rodrigo Marques
Páginas: 127
Ano: 2015
Editora: Autografia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Autografia
Nota:                      
Sinopse: Daiana conhece Zinho, o novo amigo de seu irmão, e acaba se envolvendo bem mais que esperava e passa a ficar intrigada com o seu jeito misterioso. Embora não soubesse nada da vida do rapaz, sente-se despertada para uma paixão maior do que seu temor das reais intenções dele. Zinho agita a vida rotineira de Daiana, virando tudo ao avesso. A dúvida sobre o caráter dele a faz se sentir culpada por estar tão atraída. A recatada menina tenta decifrá-lo enquanto problemas familiares, até então adormecidos, são despertados.
Resenha:  Daiana é uma adolescente normal que vê sua vida mudar completamente quando ela se apaixona pelo amigo de seu irmão, e colega de escola, Zinho. Contudo, sua recente paixão escode um mistério que pode mudar totalmente sua visão sobre ele.

  Esse romance se desenvolve em ambiente escolar, Daiana começa a observar Zinho nos intervalos, mas o que ela não esperava era uma aproximação do menino que antes era penas um “crush”. Zinho se declara para ela, e os dois passam a namorar sob a condição de ser em segredo, nem mesmo o irmão da menina poderia saber. Mesmo desconfiada, Daiana aceita e passa a se envolver com ele, porém com o tempo ela passa a desconfiar das intenções de Zinho, e o verdadeiro motivo desse relacionamento se manter às escondidas. Passam a haver incertezas em relação ao caráter de seu novo namorado, mas ela estava muito envolvida e não conseguia negar aos seus pedidos, e isso gerou consequências irremediáveis.


  Dupla face é um livro com gostinho de adolescência (devo confessar que a minha já está indo embora) que me recordou as minhas primeiras paixonites da escola, mas devo admitir que eu não tinha faro para o perigo como a Daiana tem. Primeiro romancezinho de escola e ela já arruma um “Trouble maker” aiai... Brincadeiras a parte, o livro ilustra muito bem aquela famosa frase “As aparências enganam”, e não apenas enganam como podem te colocar em encrencas.

  Em meio a esse jogo de personalidades, Daiana e seu irmão Ramon enfrentam problemas com os pais que aparentam não se importar com o que fazem, apenas com suas responsabilidades com a família no geral, e isso os deixa profundamente magoados, contribuindo também no clímax do livro, aonde as verdades vem à tona. Dentro de todo esse drama familiar, a avó foi uma figura importante para a história, pois era única que sabia reconhecer os problemas da neta, e reconhecer a situação que a família se encontra. Para mim, ela  se tornou a melhor personagem do livro.




  Uma belíssima obra de Rodrigo Marques, esse livro é super recomendável para aqueles dias de leituras leves e rápidas, mas com uma boa história, com bons personagens que estão dispostos a te confundir um pouquinho quanto suas reais personalidades. Muito bem desenvolvido, Dupla face foi capaz de me prender até a última página, e tem um desfecho surpreendente. Mais um livro com gostinho de férias.

  Espero que tenham gostado e espero que eu tenha despertado em vocês a vontade de ler e conhecer mais sobre esse livro. Nos vemos em breve!
Beijos e boa livroterapia.

Nenhum comentário

Postar um comentário