Resenha: Jonas (Beautiful Dead, 1) - Eden Maguire

Autor: Eden Maguire
Páginas: 253
Ano: 2010
Editora: Benvirá
Gênero: Romance Sobrenatural
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, SaraivaSubmarino
Nota:   
Sinopse:
Nem vivos, nem mortos - entre os dois mundos vivem os Beautiful Dead.
As mortes de Jonas, Arizona, Summer e Phoenix chocaram os moradores de Ellerton. Darina, namorada de Phoenix, parece estar ainda mais perturbada do que todos — visões e sons aterrorizantes a perseguem. No entanto, ela vai descobrir que a morte não é o fim; para alguns, a ligação com o mundo dos vivos é tão forte que recebem permissão para se despedir e, se necessário, lutar por justiça — eles são os Beautiful Dead. Neste primeiro livro da série Beautiful Dead, a corajosa Darina enfrenta garotos barra-pesada e momentos dolorosos do passado para ajudar o amigo Jonas a descansar em paz. Ganha também mais uma chance de estar ao lado de seu único e grande amor, Phoenix. Seria o amor mais poderoso do que a morte, a ponto de permitir a Darina nunca dizer adeus a seu amado?
Resenha:
A morte pode ser o fim para muitas pessoas, porém não para eles, a morte não foi o fim...
Na cidade de Ellerton houveram muitas mortes com vários jovens, no qual chocaram muito os moradores pela sua tranquilidade e segurança, porém a que mais chocou Darina fora do seu namorado Phoenix, que morreu numa briga com uma faca entre suas costelas, mas ela vê coisas e ouve coisas semelhantes a asas se batendo, no entanto não fora apenas isto ela viu! Viu o seu namorado no meio de uma roda com vários outros que tinham morrido recentemente como Jonas que sofreu um acidente de moto com sua namorada, Arizona que fora uma amiga antiga, Summer e seu amado Phoenix e um homem mais velho que não conhecia, no qual se denominavam Beautiful Dead. Contudo a morte recente de seu namorado deixou ela tão abalada que sua mãe obrigou a menina a ir na psicóloga para ajudá-la a prosseguir sem o Phoenix, o seu namorado e seguisse com a sua vida, afinal ela é uma jovem.

Darina, acreditando cegamente que aquilo que tinha visto na cabana, era coisa da sua cabeça ou alguma neurose sua, acabou retornando ao mesmo lugar de antes e encontrou o seu namorado Phoenix, porém ele estava mais frio e mais pálido do que antes e com digamos habilidades adicionais, mas continuava sendo o seu namorado, que explicou que os Beautiful Dead são tipo justiceiros que tentam fazer justiça perante sua morte e por esta razão que ele está “morto-vivo”

Sou um dos morto-vivos, Darina. Um espectro, um zumbi. Estou aqui para resolver essa situação com um pouco de justiça e para confortar você.

Todavia não era permitido que os vivos soubessem da existência dos Beautiful Dead, pois seria perigoso para eles, mas com medo de perder Phoenix, aceitou ajudar Jonas a descobrir a razão da sua morte para que assim pudesse fazer justiça e aproveitar o máximo de tempo com o seu amor Phoenix.

Beautiful Dead é uma saga com quatro livros sendo contado a história de cada morte, no qual especificamente será o enredo dominante do livro. O primeiro livro conta de Jonas, que morreu no acidente de moto e a Darina tentando descobrir o que aconteceu com sua morte e a razão dela.

A escrita da autora é bastante amadora e um pouco confusa pois em certos momentos a personagem principal está em uma cena e do nada está em outra, no qual me lembrou das fanfics que lia no animespirit, apesar disto a leitura do livro foi um tanto leve. Os capítulos são curtos que podem ser lidos rapidamente e a diagramação do livro pecou apenas nos espaçamento das transições de cena, no qual não fizeram separadores para diferenciar os momentos, apenas espaços, mas a fonte está grande e as páginas amareladas que facilitam na leitura. A capa do livro representa bastante o livro com as asas, a pessoa e o conjunto se tornou muito agradável. Em suma o livro é bastante juvenil com um romance que é adocicado demasiado mas que fazem adolescentes suspirarem, apesar do romance ter um pouco de mistério e apesar de todas as ressalvas que citei acima, o livro foi uma leitura prazerosa que agradará muito os fãs de romance juvenil.

Nenhum comentário

Postar um comentário