Luz, Câmera, Ação: Escrevendo uma nova vida (The Letter Writer)


Direção: Christian Vuissa
Ano: 2014
Gênero: Drama
Nota: 
Sinopse: Maggy (Alley Underwood) é uma adolescente rebelde que almeja pelo sucesso de sua banda de rock, ao passo que sua mãe não aprova a música. Quando ela recebe uma carta misteriosa pelo correio, de remetente desconhecido e um conteúdo que a encanta, ela passa a procurar o autor da carta. Sua surpresa é encontrá-lo em uma casa de repouso. Suas experiências a partir daí passam a mudar seu modo de ver a vida.






Trailer: Escrevendo uma Nova Vida



Fui pesquisar no youtube um filme que tinha assistido há uns dois anos e ao lado estava esse filme com ótimas críticas e recomendações. Na verdade, fui para ver se era tudo que eu estava lendo e foi muito mais...

Começa com um adolescente que por ser a cantora de uma banda almeja ser reconhecida e fazer muito sucesso e que sua vida é um grande drama, mas, entretanto essa carta a fará ver e entender quem sempre esteve com ela, que é seu apoio e o que pode fazer além de pensar só em sua banda.

O autor é um senhor que traz lições e aprendizados sensacionais. A sensibilidade pela qual o filme te toca de uma forma especial. No final, não vou dizer o que, mas acontece algo a esse ator, não só no personagem.

As amizades nem sempre são tão boas influências e os amigos sempre estarão lá, não importa quem sejam.

A Maggy, interpretada pela, Aley Underwood, nos toca com uma canção suave, franca e gentil.

Talvez, algumas partes sejam clichês, mas vale toda a pena assisti-lo, ou melhor, vai ajuda-la a saber e entender qual é seu dom.

Por mais distante que esteja cada um sabe a dor e a delícia de ser quem é, não lembro de quem é essa frase, mas sempre levo comigo e faz justo em muitas partes desse filmes.

Recomendo a todos, até os durões de coração, quem sabe a vida não te dá outra chance de ver quem é. Isso só depende de você e mais ninguém.

Nenhum comentário

Postar um comentário