Resenha: O céu Noturno em Minha Mente – Sarah Hammond

Autor: Sarah Hammond
Páginas: 288
Ano: 2016
Editora: Galera Junior
Adicione: Skoob
 
Livro cedido pela Editora
Sinopse: Mikey Baxter tem 14 anos, mas muitas coisas o diferenciam dos outros garotos da sua idade. Para começar, o pai está na prisão e a mãe se recusa a falar sobre o assunto. Ele sabe que, de alguma forma, isso está ligado à cicatriz em sua cabeça e ao fato de ele parecer ter mais dificuldade em entender certos assuntos do que os outros. Quando um misterioso assassinato ocorre em sua cidade e Mikey é o primeiro a chegar à cena do crime, ele não sabe o que pensar. O que o levou até ali? Quem teria matado o morador de rua da cidade, que parecia nunca ter feito mal a ninguém? E quem era o homem caipira que estava nos arredores?
Resenha:

"A lua é um olho branco e brilhante no céu esta noite.
As janelas são coo televisores mudos no escuro.
O gelo se esgueirou por todo o teto do galpão; Cintila como estrelas no céu da noite. Nunca o vi tão bonito."
"A melhor coisa do mar é que ele vai e vai e vai. Não tem paredes nem portas fechadas - só silêncio e água até  onde dá para enxergar."

Comecei a ler esse livro e dei de cara com o Michael, ou melhor, Mikey. Um garoto de quatorze anos que mostra a nós leitores, seu mundo, ou seja, como ele vê o mundo. Conhecemos a mãe dele Lisa, porém seu pai está preso e ele não entende o porquê, pois sua mãe não conversa com ele sobre o pai.
Mikey é um gentil rapaz que tem certa dificuldade em transmitir o que sente, em entender algumas coisas, ou tentar falar sobre essas coias. Até que um assassinato ocorre e ele sem querer encontra o corpo. Talvez eu esteja errada, mas me pareceu que Mikey é autista, pela maneira que a história é narrada por ele, também porque ele gosta de lugares se muita informação, bem como lugares com água, rio, praia e afins nada de lojas, shoppings.

Conhecemos e vemos tudo através de Mikey. É fascinante como ele entende e vê as coisas, pessoas, ações a sua volta. Com certeza não vou conseguir externar toda a beleza da história e tudo que vemos através desse jovem inocente e gentil.

A narrativa como eu escrevi é pelo Mikey e no começo é um pouco difícil entender o que ele quer dizer, mas nada que uma releitura ou boa atenção não nos faça entender.

Espero ter deixado vocês com vontade de lê-lo. Vou indicar a todos. Amei e amo esse livro. Não tinha lido nenhum livro que me mostrasse através dos olhos da própria criança como ela vê e entende tudo que se passa com ela e com as pessoas a sua volta. Se você estuda a área de psicologia ou pedagogia recomendo, com toda a certeza você vai se apaixonar pelo garoto, Mikey.

2 comentários

  1. Oi, Raquel!
    Esse título me chamou bastante a atenção. E quando você diz que o protagonista tem dificuldade de transmitir o que sente, eu já liguei as duas coisas. Pelos seus comentários, acho que é uma leitura que eu gostaria.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carla,

      Tudo bem?
      Esse livor é demais. Amei e amo ele!!!
      Tenho certeza que será uma leitura muito agradável e prazerosa.

      beijos

      Excluir