Resenha: Driven - K. Bromberg

Autor: K. Bromberg
Páginas: 400
Ano: 2015
Editora: Universo dos Livros
Adicione: Skoob

  
Sinopse: Rylee Thomas está acostumada a ter sempre o controle. Agora, porém, ela estará frente a frente como único homem capaz de convencê-la a abrir mão desse privilégio... Em um mundo cheio de mulheres prontas a fazer qualquer coisa em nome do desejo, Rylee sempre foi exceção à regra. Assim, ela apareceu como um desafio na vida do belo Colton Donavan, um piloto profissional habituado a conseguir exatamente o que deseja. Colton é um bad boy impulsivo, sempre testando limites, uma bomba prestes a explodir.Rylee havia construído um mundo seguro, com disciplina e cuidado, longe de homens como ele. Colton não pode dar a segurança que Rylee precisa, e ela também se sente incapaz de satisfazer um homem tão intenso. Mas Colton balançará a vida de Rylee como uma tempestade: tirando-a do controle, testando sua vulnerabilidade e – sem qualquer intenção –atravessando a muralha que protege o coração abalado da garota.O sedutor playboy também esconde segredos obscuros, que pretende revelar a ela antes que seja tarde demais. Após Rylee e Colton descobrirem que possuem em comum uma impressionante química sexual, será que os dois conseguirão superar a necessidade de controle para se entregarem a uma relação? E na colisão entre esses dois mundos tão distintos,será suficiente apenas a atração para uni-los?


Resenha: A vida é cheia de reviravoltas não é mesmo? Imagine você acostumada a seguir regras para evitar contratempos e decepções em sua vida, e de repetente se vê sendo testada a todo custo por outra pessoa também cheia de regras pra se proteger de invasões á sua vida privada, possessiva e segura de si, que do nada também se vê passando pela mesma situação que a outra, mas consegue mascarar que foi afetada, e torna seu objetivo de vida tirar a outra do seu mundinho colorido e perfeito, para um cheio de adrenalina, alta velocidade, segredos e perigo.

Rylee é uma mulher caridosa, que se dedica a cuidar de crianças órfãs ou que foram de algum modo abandonadas pelos familiares, sofreram todo tipo de traumas e abusos. Também gosta de cuidar dos amigos, tornar suas vidas mais fáceis, porém ela não se cuida, acha desmerecedora de amor, carinho, e também cuidados. Não se vê vivendo um relacionamento amoroso, até Colton Donovan surgir em sua vida, a resgatando de um armário durante uma crise de claustrofobia. A partir desse momento ela sai do arco-íris e cai num mundo diferente, meio que em escalas de cinza.


“[...] á medida que ele coloca sua mão em forma de concha por trás do meu pescoço, puxando-me para perto dele e me mantendo imóvel, simplesmente não consigo responder. Ele percorre meu braço nu com a outra mão, um ato que prefiro interpretar como uma tentativa para verificar se estou fisicamente intacta [...]”.

Ele logo da um jeito de tê-la próxima, seduzindo e atraindo-a cada vez mais para sua teia erótica e sedutora. Rylee até que consegue se fazer de durona por um tempo, mas Colton não é o tipo que se deixa intimidar por uns nãos, hahaha, ele só não contava é que ela fosse o tipo que não se deixa seduzir tão fácil. Ela acaba sendo vencida pelo desejo e luxúria, contudo não fica maravilhada com ele, como as outras mulheres a quem ele está acostumado a sair. Ao invés de ficar “babando ovo” atrás dele, ela simplesmente foge, por que percebeu que estar com Colton é o mesmo que tocar em brasa, se você deixa-o muito tempo próximo pode se queimar.

Aos poucos eles vão se envolvendo mais e mais e Rylee vai descobrindo que atrás da imagem de homem sedutor e dominante que Colton demonstra, há um homem sombrio, cheio de segredos e inconstante. Talvez mais alguém que está quebrado e precisando de sua ajuda. Mas ao se aproximar ela sente o calor a queimar, e se vê fugindo novamente, porque Colton é isso atração irresistível, tudo o que ela precisava em sua vida, como ar para os pulmões, porém ele é perigoso, um homem que não aceita ajuda de ninguém e com isso pode machuca-la de uma forma que ela nunca imaginou que seria.

“­Rylee, isso é tudo o que posso lhe dar. Por enquanto... você poderia pelo menos tentar do meu jeito? Por mim?”

Esse livro é muito bom, se você curte adrenalina, personagens com segredos, dramas amorosos e romance hot, esse é o livro. Impossível não molhar a calcinha em algumas cenas, nossa! Mas também tu passa raiva, há umas “periguetes” que insistem em achar que são donas do mocinho que nos dão uma vontade de entrar no livro e rasgá-las todinhas. Sorte que a mocinha, apesar de insegura na maior parte do livro, tem uns rompantes de coragem e as põe pra correr. Aqui há uma historia linda, com pessoas perdidas que sem encontram e se acodem. Usam uma a outra como tábua se salvação. Pena o Colton fazer com que Rylee sofra um pouco com suas explosões de raiva. É claro que ele só faz isso quando ela está perto de descobrir alguns de seus segredos. A K. Bromberg sabe nos deixar grudadas no livro, usou pessoas que ao mesmo tempo em que são opostas, são também semelhantes. Atormentadas pelo passado e vivendo um dia de cada vez no presente, os dois em busca de paz. Sempre correndo atrás um do outro a fim de chegar á tão sonhada bandeira quadriculada do amor.

15 comentários

  1. Oi, não conhecia o livro, mas ele parece ser interessante. Fiquei curiosa quanto ao personagem, ele parece ser tão misterioso haha Vou adicionar no livro na minha lista de desejados, porque né haha

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Eu não conhecia o livro, mas como não leio muito do gênero vou deixar passar.
    Mas pelo que vi é uma excelente dica para os fãs dos hots.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já quero, vou ler esse livro pra já, nossa adoro livros assim, isso não e novidade, mas esse a algum tempo que quero e até então não tinha visto resenha dele, amei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oii Marcia, tudo bem?
    Confesso que não conhecia o livro e por mais que sua resenha tenha ficado muito boa, geralmente não costumo ler esse gênero de livro, então pularei a dica da vez.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie.
    Livros com romance hot não é minha praia, apesar da história me parecer bem legal.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  6. Oi, Marcia
    Você falou muito bem do livro e me chamou atenção por gostar do gênero.
    COnfesso que ainda não o conhecia, mas gostei da dica. Gosto quando tem uma drama por trás e não fica apenas no sexo.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Nunca li nenhum livro com uma pegada hot. Não sei se eu me daria bem, mas não custa nada tentar! Vou anotar o nome desse, que sabe =D
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu comprei esse livro e ainda não li, rs. Eu gosto desse romance que sempre tem essa parte hot, onde sempre fica aquele gosto de quero mais. Preciso iniciar a leitura, mas vou esperar ter o segundo, assim leio em sequnência.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu gosto desse gênero e da temática que esse livro me parece ter, mas infelizmente o enredo não me chamou atenção e não me senti atraída para fazer a leitura. Mas que bom que você gostou da trama, se algum dia eu for ler, espero gostar também.

    ResponderExcluir
  10. Haha adorei você falando que é de molhar a calcinha, Marcinha, sem papas na língua. Eu li esse livro tem pouco tempo e também gostei. Estou curiosa para ler os próximos e saber no que essa história vai dar.
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Já ouvi falar na obra, mas no momento estou um pouco saturada do gênero, procuro algo mais leve, mas vou anotar porque pode ser que em outro momento eu possa lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!

    Eu não conhecia a obra e assim, não sou a maior fã do genero, achei legal o enredo. a autora teve muito cuidado ao colocar diversos elementos que conversaram entre si na obra.
    Dica anotada.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Ah, as reviravoltas da vida...
    Gostei da forma que conduziu a resenha, parabéns..
    ainda não conhecia o livro e fiquei bem curiosa, rsrs..
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, adorei sua resenha, mesmo que esse não seja meu tipo de livro. Não curto livros hot, mas o enredo parece ser interessante. Gosto de personagens de gênio forte e fiquei curiosa para saber o desfecho dessa relação intensa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Adorei a sua resenha, mas o livro não faz muito o meu estilo. Não curto romance hot, mas é uma ótima dica para os amantes do gênero. =)

    Beijos

    ResponderExcluir