O Fundo é Apenas o Começo - Neal Shusterman

31 de agosto de 2018

Título: O Fundo é Apenas o Começo
Autor: Neal Shusterman
Páginas: 272
Ano: 2018
Editora: Valentina
Gênero: Drama, Jovem Adulto
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Submarino
Nota: 
Sinopse: Uma poderosa jornada da mente humana, um mergulho profundo nas águas da doença mental.
CADEN BOSCH está a bordo de um navio que ruma ao ponto mais remoto da Terra: Challenger Deep, uma depressão marinha situada a sudoeste da Fossa das Marianas.
CADEN BOSCH é um aluno brilhante do ensino médio, cujos amigos estão começando a notar seu comportamento estranho.
CADEN BOSCH é designado o artista de plantão do navio, para documentar a viagem com desenhos.
CADEN BOSCH finge entrar para a equipe de corrida da escola, mas na verdade passa os dias caminhando quilômetros, absorto em pensamentos.
CADEN BOSCH está dividido entre sua lealdade ao capitão e a tentação de se amotinar.
Cativante e poderoso, O Fundo é Apenas o Começo é um romance que permanece muito além da última página, um pungente tour de force de um dos mais admirados autores contemporâneos da ficção jovem adulta.


Resenha:

"Há noites em que você não consegue dormir, porque essas coisas que te obrigam a fazer mil e um malabarismos tiram toda sua concentração. Você tem pavor que uma das bolas caia, porque, se isso acontecer, como é que vai ficar?"

O livro conta a história de um jovem de 15 anos, chamado Caden Bosc que de um momento para o outro, começa ter que viver entre dois mundos: o real e o imaginário, que o leva até um navio a caminho de Challenger Deep.

Conforme a leitura segue, iremos conhecer um pouco da batalha que Caden vem travando consigo mesmo e o Capitão do Navio o qual vez ou outra ele embarca. E o caminho que o Navio o leva é sombrio , com muitos desafios.

Caden ficou responsável por fazer o diário de bordo em forma de desenhos, mostrando nos um pouco do que ele vivencia cada vez que embarca nas suas temidas aventuras pelo mar a caminho da Challenger Deep.



Ao adentrar na mente de Caden, iremos sair gradativamente da zona de conforto junto a ele, e um simples quadro na parede irá nos levar a um mundo tenebroso e aterrorizante, e uma pequena ferida na pele, poderá se transformar na piro tortura existente.

"—Não há como determinar a profundidade dela — afirma o capitão, e o lado esquerdo do bigode se retorce como o rabo de um rato . — Se alguém cair naquele abismo insondável, dias se passarão antes que chegue ao fundo."

A primeira sentença  estranha de Caden ao seu pai, foi de que um menino na escola queria mata-lo, parecia algo real, porém ao questiona-lo mais, o pai percebe que talvez algo não esteja tão certo com seu filho. E nosso protagonista, na idade de 15 anos precisa ser internado num hospital psiquiátrico porque ele não consegue confiar em ninguém pois passa a não distinguir o real do imaginário.

Esquizofrenia,transtorno bipolar, depressão ou transtorno obsessivo-compulsivo. Essas são algumas das doenças mentais que conhecemos, mas não sou capaz de identificar ou classificar algo assim. Nesse livro, o autor vivenciou seu filho passando por esses problemas, criando e adentrando num mundo sombrio e desconhecido do qual ele como pai, muitas das vezes era mero espectador.

Profunda e realista, a história de Caden nos faz refletir como  de um momento para outro podemos nos perder na nossa própria mente e não conseguir controlar nossas próprias ações.



“Agora, imagina viver assim o tempo todo, sem nunca saber ao certo quando vai estar aqui, lá ou em alguma zona intermediária. Se a única medida da realidade que se tem é a própria mente... o que acontece quando ela se torna uma mentirosa patológica?”

Mais do que uma historia qualquer, temos um relato de uma pessoa real e de como ela vivia (vive) à sua nova condição e como tudo se desdobrou, lembrando que cada caso e pessoa é de uma forma única e diferente.

A edição é belíssima com desenhos feitos pelo filho do autor que nos remetem a certos momentos na historia.
Uma leitura indispensável e muito bem escrita que vale a pena ser conhecida. 
Provavelmente está entre as melhores historias que li esse ano.

Leiam e embarquem na aventura rumo a Challenger Deep, mas cuidado com os monstros marinhos e os abismo que encontrarem pelo caminho, pois pode ser seu último vislumbre de vida, e sanidade.


4 comentários

  1. Oi, Karla,

    É um livro que tô querendo ler, por ser profundo e também delicado ao retratar essa questão da esquizofrenia, que é real e está efetivamente presente na vida de muitas pessoas.

    Essa constante luta do Caden com a realidade versus a imaginação, acaba sendo um dos pontos chaves mais primordiais da história, pois coloca o leitor à par do que é realmente lidar com isso. Ou seja, podemos ter uma parcela mínima de como tudo se desencadeia.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Caramba só a resenha já mexeu com as minhas emoções, dá para notar o quanto a escrita é emocionante e ao mesmo tempo importante, para conhecermos melhor sobre assuntos tão pouco comentados, mas que acabam gerando diversos pré-julgamentos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Karla!
    Eu pretendo ler esse livro assim que surgir oportunidade, o enredo parece ser bom, pelos assuntos abordado se nota que a leitura vale a pena.
    Bjs!



    https://aguardiadasresenhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    eu não conhecia o livro mas vejo que tem uma ótima premissa e a historia e bem interessante, quero já conhecer a trama dele e saber mais sobre esse livro.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir