Entre o Amor e a Vingança - O Clube dos Canalhas, 1 - Sarah MacLean

16 de setembro de 2021

Título: 
Entre o Amor e a Vingança - O Clube dos Canalhas, 1
Autor: Sarah MacLean
Páginas: 304
Ano: 2015
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse: O que um canalha quer, um canalha consegue...

Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.

Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres.

Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles, até mesmo seu coração.

Resenha: Antes dos acontecimentos desta série, tivemos alguns acontecimentos em Os Números do Amor, vai por mim, leia eles primeiro, não vai mudar a sua compreensão da história, mas tem alguns personagens aqui e ali....

Mas bem, para ler as resenhas é só clicar nas imagens abaixo:


Uma já conhecida mocinha da autora está de volta, a Penélope, que teve o seu noivado rompido quase dez anos e alguns livros atrás agora está solteirona e o noivado desfeito a afetou muito mais do que imaginara a princípio. 

"Você quer mais a sua vingança.
Quero as duas coisas. Quero tudo.
Ah, Michael, quem foi que lhe disse que podia ter tudo?"


Sua reputação ficou meio manchada e por consequência, a das suas irmãs também. E agora ela recebeu um ultimato do seu pai, precisa casar e sem escolher muito  já que está com 28 anos, velha então para que alguém queira casar com ela. Seu pai aumentou seu dote, e aí começam os seus problemas...

"Eu jamais jamais irei me casar com alguém como você. Você se esqueceu de tudo o que foi? De tudo o que você poderia ter sido? Parece ter sido criado por lobos."

Dez anos atrás o marquês de Bourne perdeu tudo, ficou apenas com seu título e uma moeda, perdeu em uma aposta à qual foi inocentemente levado a jogar até o limite, até as terras que seu pai havia deixado para o rapaz ao falecer ele perdeu. Isso o deixou destruído, assim ele se afastou de todos, da sociedade Londrina, de seus amigos e de si mesmo.



O tempo passou, ele se tornou sócio da casa de jogos mais famosa de Londres, prosperou, refez e depois dobrou sua fortuna, mas da vingança pelo que tinham feito, ele jamais desistiu. Assim, quando o pai de Penélope junta ao dote da filha exatamente as terras que o marquês havia perdido, ele não pensa duas vezes e vai ao encontro da antiga amiga com um único propósito, casar com ela e recuperar suas terras.

 "Pode reivindicar direito sobre minha vida, meu dote e minha pessoa, milorde. Mas ainda sou dona dos meus pensamentos, não?"


O pai da garota ganhou as terras da mesma maneira que o homem que causou a ruína do marquês: em um jogo de cartas. Acontece que, como foi ganho, viu a oportunidade de aumentar o dote da filha, só não pensava que em questão de dias, o antigo dono viria reivindicar as terras e a dama!

"A pior parte é que, se eu não mandar de volta, eu vou querer mantê-la aqui. E você vai me odiar por isso.
Ele fechou os olhos e sussurrou: Você merece coisa melhor. Então, muito melhor do que eu.
Michael, disse ela suavemente, não há ninguém melhor. Não para mim."

Eles eram amigos de infância e Penélope imagina que o antigo amigo ainda é o mesmo. Não é! Ele mudou, e muito. em seu coração agora só há espaço para vingança, não interessa quem ele tiver que derrubar para isso, mesmo que seja sua própria esposa.

Sim, eles casaram e agora a vida simples e fácil do marquês não existe mais, e se ele pensa que sua nova esposa vai ficar quieta em casa esperando que ele cumpra a sua vingança, ahhh, ele está tão enganado!



"Ela tinha os olhos azuis mais lindos do mundo. Um homem poderia se perder naqueles olhos".

Penélope é impossível, já está casada mesmo, o que ela tem a perder? O marido já a despreza - isso, pelo menos, é o que ela imagina - então ela agora vai fazer o possível para viver algumas aventuras e durante esse trajeto, fazer o marido desistir da vingança, se apaixonar por ela e abrandar seu coração, e essa caminhada será recheada de brigas, romance, diálogos divertidíssimos e algumas cenas bem quentes, afinal, ela merece né????

Quem me conhece sabe que eu não sou lá muito fã das cenas picantes, passo longe do hot, mas em romance de época já vi que tenho que me acostumar porque não tem jeito, as cenas estão nos livros. Mas bom, tirando esse pequeno detalhe, eu amei a leitura. A escrita da autora tem uma fluidez maravilhosa, os personagens são bem estruturados, o romance convence e a leitura acaba sendo rápida e prazerosa! Recomendo e vou ler os próximos logo em seguida!

11 comentários

  1. Sarah mora no meu coração r não paga aluguel.
    Amo essa série!
    Apesar de curtir muito Entre O Amor e A Vingança, não é o meu livro fav da série.
    Amei o final!

    ResponderExcluir
  2. Os romances de época são meio "coisados" com isso do hot rs engraçado que a gente aqui na realidade, achava que todos eram puritanos e tals rs até chegarem os Duques cafas e mudarem toda essa versão santinha(amém)
    Mas além do romance, da vingança,um ponto que me chama atenção nas letras da autora é o bom humor. Ela gosta disso e nós leitores, mais ainda!!!
    Quero muito ler todos!!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Casamento entre antigos amigos, casamento por vingança, deixar a esposa intocada... assuntos que dão o que render em um romance de época. Já dá pra saber que a coisa vai pegar fogo!

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Que ótimo ver a nota que o romance recebeu .Eu só tenho esse primeiro da serie. Preciso adquirir os outros
    Ah sáo tantos romances de época que estão na minha lista ...
    Gosto muito desse tema e eu gosto quando tem cenas clientes rsrs

    ResponderExcluir
  5. Mulher, pois eu amo hot!! Meu deeeus, em romance de época então... é meu gênero favorito! E a Sarah é uma rainha. Já li tudo dela porque eu sou fã mesmo. Essa série eu li anos atrás, mas sempre estou relendo. O segundo é o meu favorito da série, estou ansiosa pela resenha aqui :)

    ResponderExcluir
  6. Denise!
    Romance de época tem de ter trechos mais hots mesmo.
    Gosto muito da forma como a autora escreve seus livros, com diálogos e situações hilárias e no final, só amor e paixão.
    É demais.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Oiee
    Eu ameei esse livro! Já faz um tempo que li ele, e li no da outra série, aí depois que li ele vi que era melhor terminar a outra série antes, então ainda não li o segundo livro 🙈
    A história desse livro é muito boa, e amo os personagens. Eu não ligo das cenas hot, mas nos livros de época realmente sempre tem né?!

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu amo romances de época, mas confesso que a Dona Sara meio que me traumatizou com essa série e olha que eu estava bem empolgada em finalmente conhecer o final feliz da Penelope, aliás, ela merecia, mas definitivamente o mocinho e sua “vingança” não me convenceram. A cada novo capítulo e um trecho das cartas dela sem resposta, deixaram meu coração em frangalhos o que só serviu para aumentar meu ranço do Bourne, ok, minha reação pode ter sido potencializada pela minha TPM?! Até pode, mas teve uma ajudinha da autora sim né.

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Tenho muita vontade de ler esse livro. Já tinha adicionado ele na minha lista tem um tempo, mas ficava sempre adiando.
    A história parece ser muito legal, e bem leve

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Esse parece ser o mais legal da série.
    A Penélope tem jeito de ser uma graça. Determinada e ousada. E fiquei com dó desse marido vingativo, mas pelo jeito ela vai amansar a fera kkkk
    Bjs

    ResponderExcluir