Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar - Os Números do Amor, 1 - Sarah MacLean

5 de agosto de 2021

Título:
Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar - Os Números do Amor, 1
Autor: Sarah MacLean
Páginas: 384
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.


Resenha: Já disse que estou completamente arrebatada por essa autora? Não? Pois muito bem, estou completamente encantada pela escrita, incrivelmente rica, única e totalmente viciante!

Em Nove Regras Para se Ignorar Antes de se Apaixonar, conhecemos Callie e Gabriel (um libertino muito conhecido em Londres), personalidades diferentes, mundos quase opostos, afinal Gabriel não se "encaixa" e claro, não liga para a sociedade londrina, onde a família de Callie é totalmente respeitada. 

Quando ela foi apresentada à sociedade, conheceu Gabriel, ficou encantada por suas belas palavras, e claro, em sua doce inocência achou que ele seria seu príncipe encantado, apenas para, minutos depois vê-lo nos braços de outra mulher. 

Callie sempre acreditou no amor, afinal era fruto de um amor incondicional, cresceu vendo o amor dos pais, e não queria um casamento de conveniência, desejava que tivesse exatamente o que os pais tiveram.

Não, ela não era Calpúrnia, imperatriz de Roma. Era a mesma Callie sem graça que sempre fora. E que sempre seria.

Longos dez anos depois, Lady Calpúrnia aos 28 anos, ainda está solteira, e isso em 1823 não era visto com "bons olhos", e não ajudava nada que Callie ainda por cima, exibia uma forma arredondada, isso parecia apenas manter os olhos dos homens longe dela. 

Deslocada e  cansada de estar sempre com as solteironas, mas sem saber como seguir, ou o que fazer para mudar sua atual situação. Quando sua irmã mais nova debuta, e logo depois é pedida em casamento, Callie fica feliz pela irmã, mas sabe que tem uma longa jornada com os preparativos do casamento, sabe também que não será agradável, que terá que ouvir as piadinhas de como sua irmã está prestes a se casar e ela continua sozinha. 



Após um jantar íntimo, que tinha como intuito celebrar o noivado de sua irmã, Callie ouve coisas sobre ela, que jamais poderia imaginar, então, depois de uma conversa com seu irmão mais velho Benedick, ela decide que fará algumas coisas, que damas da alta sociedade jamais deveriam fazer, sequer cogitar.

Uma lista:
  • 1.Beijar alguém… Apaixonadamente.
  • 2.Fumar charuto e beber uísque.
  • 3.Montar com pernas abertas.
  • 4.Esgrimir.
  • 5.Assistir a um duelo.
  • 6.Disparar uma pistola.
  • 7.Jogar (em um clube de cavalheiros).
  • 8.Dançar em todas as danças de um baile.
  • 9.Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.

Se os outros soubessem que lady Calpúrnia Hartwell, uma solteirona respeitável e bem comportada, guardava pensamentos profundos e certamente impróprios para uma dama a respeito de heróis fictícios....

Callie tinha seus crushes literários, como qualquer leitora respeitável. Enfim, depois de fazer sua lista, ela decide que irá riscar o primeiro item " beijar alguém... apaixonadamente." 

Gabriel St. John, libertino assumido, rico, de uma beleza de tirar o fôlego, sempre escolheu suas conquistas, sempre teve mulheres à sua disposição. Mas sua vida muda quando recebe a notícia de seu irmão gêmeo Nick, eles têm uma irmã mais nova,  que foi concebida depois que sua mãe abandonou o marido e os dois filhos. Sem ter o que fazer, acolhe sua irmã Juliana, querendo não só que ela faça parte de sua família, mas também da alta sociedade, que por muitos anos ele ignorou. Gabriel precisa encontrar alguém com a reputação intacta, alguém que possa apresentar sua irmã à sociedade de maneira descente.


Em uma noite muito contraditória, cheia de surpresas, os caminhos de Callie e Gabriel se cruzam novamente, e eles agora têm um acordo: Callie irá fazer com que Juliana se torne a dama que a sociedade londrina precisa que ela seja.

Sim, havia acabado de receber uma proposta completamente indecente de lady Calpúrnia Hartwell.

 

E já deixo claro, que Juliana é um furacão, com sangue italiano, então se encaixar nas regras de etiqueta parece um desafio.

Entre riscar os itens de sua lista e ajudar Juliana, Callie e Gabriel se aproximam mais e mais a cada dia, e apesar de afirmar que Callie não é o tipo de mulher por quem se interessaria, Gabriel não esconde o desejo e a atração forte que sente pela lady.

A cada item riscado, conhecemos uma Callie diferente, a principio uma mulher recatada, cheia de medos, e totalmente insatisfeita com sua aparência. Aos poucos ela consegue se sentir viva, apesar de ainda achar que sua aparência não é das melhores. Gabriel acaba mostrando que sua aparência muito o agrada. As aventuras de certa forma acabam sendo não só dela, mas também de Gabriel. As cenas são deliciosamente bem escritas, de muito bom gosto, principalmente as cenas mais quentes, nada exagerado. Um livro encantador, que vai te fazer suspirar.  Não deixe de conferir!

10 comentários

  1. Apenas o melhor livro da Sarah!!
    Sempre via muitos mas muitos elogios mesmo a trilogia, em especial a Nove Regras.
    E fiquei bem curiosa, tanto que arrisquei e comprei a trilogia mesmo sem conhecer a escrita da Sarah.
    E....passei a ler tudo dela...
    Como não amar Callie? Como não add Gabriel a lista de crushes literários?!

    ResponderExcluir
  2. Eu não ando lendo romance de época nos últimos tempos. Culpo a pandemia rs mas é só frescura mesmo.
    Por isso, precisei ler a resenha deste livro duas vezes e já preciso muito conhecer essa mulher mais a fundo!
    Não somente por ser totalmente fora dos padrões impostos na época, mas por ir atrás de seus sonhos e sim, sentir-se linda ao menos uma vez. Sei lá, o coração romântico vibrou com isso rs
    Listinha de desejados pra já!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Olá
    É tão gostoso vir no blog e ler uma resenha assim de um dos meus gêneros preferidos.
    Ainda não li essa trilogia tenho os livros e depois dessa resenha apaixonante vou colocar essa trilogia na frente de outros livros .

    ResponderExcluir
  4. Denise!
    Já tive oportunidade de ler essa série e é maravilhosa.
    Esse foi o livro que mais gostei.
    Amo a autora e a forma como ela cria suas personagens e seus romances.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. aaa eu li essa série em 2016 em formato digital. Depois ganhei em um sorteio o primeiro e o segundo e obviamente reli, e de lá pra cá já fiz uma terceira releitura. Romance de época é meu gênero favorito e releio no ano váarios livros, principalmente esses tão bem escritos. A Sarah é sensacional! Esse primeiro livro tem tudo que eu amo, além de ter esse toque diferenciado, com essa lista super divertida e esse casal maravilhoso. Super indico!

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Esse livro já estava na minha lista, mas acabei esquecendo dele.
    Caramba, parece ser muito bom.
    Amei que ela vai cumprir a lista, já quero acompanhar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Hahaha, ouso dizer que mesmo hoje em dia, uma moça como a Callie seria/é tratada da mesma maneira #vaientender! Confesso que minha relação com a escrita da Sarah é um pouco conflituosa, tenho certo ranço de alguns de seus personagens, mas esse é um dos livros que eu gosto (ufa), Callie é uma personagem maravilhosa, e essa sua jornada para riscar todos os itens de sua lista é bem divertida né.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nenhum livro da Sarah MacLean.
    Gostei da metade da lista, trocaria alguns itens aí rsrs

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Eu amoooo essa autora, e amo esse livro!! É um dos meus favoritos da autora! A história toda é muito apaixonante, também adorei ir vendo as aventuras deles cumprindo cada item. eu já li o segundo livro também, falta só o último, e é um que eu acho que vou amar também, por ser da Juliana.

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, mas gostei da rebeldia da personagem, cansada de ser a certinha, querer fazer coisas consideradas proibidas para época. Adorei. Ainda não li nada da autora, mas acho que será uma leitura bem fluida e fácil de entender. Vou ler com certeza.

    ResponderExcluir