Uma Chama Entre As Cinzas - Sabaa Tahir

26 de junho de 2021

Título:
 Uma Chama Entre As Cinzas 
Autor: Sabaa Tahir 
Páginas: 434
Ano: 2020
Editora: Verus 
Gênero: Fantasia, Aventura
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse: Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal, inspirado na Roma Antiga, que Laia vive com seus avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar o destino do próprio Império

Resenha:

Parece promissor! 

Olá gente! Depois que essa série ganhou novas capas (belíssimas) pela Verus (que deveria ter seguido o padrão original desde o lançamento do primeiro livro), fiquei muito empolgado para entrar neste universo. O que será que eu achei? Vamos ver! 

A trama do primeiro livro gira em torno do Império, um reino que anteriormente era governado pelos Eruditos mas que caiu diante da invasão Marcial. Depois da conquista, o domínio Marcial se impôs e os Eruditos se tornaram escravos.  Laia, uma escrava erudita, tenta sobreviver um dia de cada vez sendo rechaçada pelas brutais leis impostas pelo Império. Mas tudo muda quando, em uma determinada noite, máscaras (soldados marciais) invadem a casa da jovem e prendem seu irmão mais velho, Darin. 




Sem saber o que fazer, Laia acaba se envolvendo com a Resistência, que se oferece para resgatar seu irmão desde que a menina se infiltre na academia dos máscaras e forneça informações sobre a Comandante, uma mulher sádica que controla tudo dentro da fortaleza. Ao se tornar espiã, o caminho de Laia se cruza com o de Elias, o mais célebre pupilo de Blackcliff , que, apesar de sua aptidões, abomina a crueldade dos máscaras e deseja fugir de tudo isso. A partir daí, acompanhamos os dois protagonistas numa jornada que irá transformar para sempre o Império.

Bom gente, a sinopse não diz nada de muito diferente ou original quando se trata de fantasia, né? Mas vou dizer para vocês: esse livro é cheio de reviravoltas. Vamos conhecendo a dinâmica dos personagens aos poucos, e com isso a autora nos mostra exatamente aquilo que quer, sendo que na hora do plot twist sentimos um delicioso choque (adoro ser surpreendido rsrsrs). 

"O campo de batalha é o meu templo. A ponta da espada é o meu sacerdote. A dança da morte é a minha reza. O golpe fatal é a minha libertação." 

E falando em personagens, eu gostei muito dos protagonistas. Laia não é aquela adolescente overpower que do nada é super poderosa e destemida (está cheio disso em vários livros do gênero). Ao assumir os riscos para salvar seu irmão, a jovem demostra os receios de qualquer pessoa que vive sua zona de conforto e do nada é obrigado a encarar uma nova realidade. 

"Não preciso acreditar no sobrenatural. Não quando existe algo pior que ronda a noite." 

Já a minha identificação por Elias se deu em grande parte por sua dificuldade em se encaixar naquele mundo sombrio da academia Blackcliff. Desde crianças, os aprendizes de máscaras são submetidos a terrores que são de deixar qualquer um louco. E rapidamente o jovem percebe que não é isso que o define como pessoa (ainda bem, porque PAI AMADO, a comandante é tão louca que tive até um pesadelo com ela, e ela NEM É REAL rsrsrsrs). 




"- Não seria melhor se eu tivesse cortado o seu rosto como o da cozinheira? - ela murmura - A beleza é uma maldição quando se vive entre homens. Você teria me agradecido por isso." 

A política da obra também me agradou muito. Há toda uma mitologia que explica o antagonismo existente entre Marciais e Eruditos, e é aí que a magia começa a tomar forma no livro. Claro que temos apenas uma introdução aqui, mas acredito que Tahir deve dar mais profundidade aos conceitos nos próximos livros. 

"Quero lhe agradecer, me desculpar com ela, implorar pelo seu perdão." 

Confesso, contudo, que a caracterização do universo não me convenceu. Não sei se faltaram descrições, mas eu simplesmente não consegui projetar Serra (a capital do Império) e Blackcliff na minha cabeça. Essas ambientações são citadas tão brevemente que algumas vezes imaginei os personagens conversando numa tela em branco. 

"Por enquanto, bastam esses passos. Estes primeiros passos preciosos rumo à escuridão. Rumo ao desconhecido." 

Ahhhhh, e pra piorar essa situação, o livro não possui mapa (embora a autora tenha agradecido uma pessoa pela elaboração do mapa, então a editora que não colocou pra gente. Espero que nos próximos já tenha, porque ajuda muito!). Mas apesar dessas ressalvas, continuo muito animado para conferir a sequência, ainda mais depois do jeito que as coisas terminaram aqui. Off: ACHEI! A versão estrangeira possui mapa sim, olhem que bonito: 


Começando morno e seguindo para uma excitante jornada ao longo das páginas, Uma Chama Entre As Cinzas consegue prender a atenção do leitor do começo ao fim. Trata-se, naturalmente, de apenas uma prévia da grandiosidade que Sabaa Tahir promete nos entregar nos próximos livros da série, nos quais se espera um cuidado maior no que se refere à descrição do universo. 

Até mais! 

17 comentários

  1. Ironicamente eu tenho o segundo livro,mas ainda não consegui comprar o primeiro e nem o terceiro que foram lançados rs
    E olha que amo uma fantasia e sim, os livros estarem com as capas lindas demais e serem elogiados do começo ao fim!!!
    Mas ainda espero poder ter eles em mãos o quanto antes!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela, obrigado pelo comentário!
      Engraçado que eu conheço VÁRIAS pessoas que possuem pelo menos um livro da série mas nunca todos (seria isso o conceito para nos deixar com vontade de ler? Kkkkk).
      Mas pode se jogar nessa leitura, o primeiro pelo menos tem o meu selo de qualidade (e olha que eu sou muito exigente quando o assunto é fantasia).
      Beijos.

      Excluir
  2. Eu tentei um tempo desse esse livro, porém a leitura não conseguiu flui, porém quero muito tentar depois, pois o pouco que li achei bastante interessante e a resenha deu uma motivada KKKKKKK.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alecia, obrigado pelo comentário!
      Menina acredita que eu adorei desde a primeira página? Mas sugiro que você dê uma chance primeiro, pois a autora serviu conceito, coesão e aclamação.
      Beijos.

      Excluir
  3. A sinopse, realmente, não entrega muito. O que é muito bom, pois o leitor é surpreendido positivamente.
    Sempre vejo elogios a escrita da Sabaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chelle, obrigado pelo comentário!
      Olha, você vai descobrir que eu tenho uma relação de amor e ódio com essa autora, mas não vamos passar o carro na frente dos bois né non.
      Beijos.

      Excluir
  4. Olá
    Mesmo não sendo uma grande fã de fantasia eu admiro esse universo que os autores e autoras constroem e tem até mapa para os leitores se situarem melhor.
    Esse ano prometi a mim mesma ler algum livro de fantasia e até agora não cumpri a promessa rsrs.
    Espero cumprir em breve .espero a sua resenha dos próximos livros.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliane!
      Nossa, você PRECISA urgentemente conhecer livros de fantasia, tenho certeza que não vai se arrepender.
      Beijos.

      Excluir
  5. Desde o início do ano venho pesquisando resenhas dessa série porque prometi que esse ano iria me derramar nas fantasias. Cumpri algumas metas, mas esse livro ainda está na minha listinha. O livro realmente promete algo bem interessante. Gostei quando você falou que foi surpreendido (quem não ama esse momento?) e que bom que você conseguiu o mapa (eu PRECISO de mapas kkkkk deixo até o marcador na página porque toda hora eu volto pra ver, aliás, estou assim agora na minha releitura de Acotar.
    Adorei mesmo sua resenha, quero muito conhecer essa história. Espero que o segundo só traga boas surpresas, aguardo ansiosa pela sua opinião :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, obrigado pelo comentário!
      Mapas deviam ser obrigatórios em livros de fantasia. Mas o curioso é que a editora brasileira não colocou pra gente, sendo que tem kkkkkk.
      Beijos.

      Excluir
  6. Olá Alison!
    Não custava a editora colocar um mapa na versão brasileira também, né? Poxa, adoro livros de fantasia com mapa, ajuda muito a situar o leitor. Vi muitos elogios à série, espero que nos próximos livros o universo possa ser bem caracterizado. Confesso que fiquei com medo depois que você mencionou o pesadelo com a Comandante rsrs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Aloooooô editora, por favor vamos colocar o mapa nas nossas edições também neh! O livro já faz parte da minha lista e eu amei essas novas capas o que foi um motivo a mais para finalmente dar uma chance a leitura (risos), amei saber que serei surpreendida, já estou ansiosa por esse momento.

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Quero muito ler essa série.
    A mitologia mais partes políticas parecem ser muito incríveis.
    Os personagens parecem também bem cativantes e valentes
    Como adoro fantasia acho que vou amar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Alison!
    Para mim os mapas também são bem importantes, principalmente como aqui,onde há muitos ambientes em diversas localizações.
    As personagens que trazem ação, mesmo que a principal seja uma adolescente, parece que fez todo sentido no livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Oiee
    Já faz tempo que li esse livro, e eu amei ele, amei todo esse enredo e amei demais os protagonistas. Mas agora que você falou, percebi que as descrições da cidade e da escola realmente é bem por cima, esse mapa já ajudaria mesmo.
    Já li o segundo livro também, mas acho que vou ter que revisar ele pra começar os próximos, porque não lembro de muita coisa não kkkkk

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Acho que li esse livro no ano passado ou foi em 2019, e lembro que fiquei bem empolgada para ler os outros da série, mas acabei adiando a leitura, e agora a vontade de ler diminuiu um pouco.
    Apesar disso, gostei muito da história.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Acho tão legal quando tem mapa nos livros, pena que esse não tem.
    Já tinha visto sobre essa série antes e chamou bastante a minha atenção, quero ler!

    ResponderExcluir