Jogos Malignos - Detetive Kim Stone, 2 - Angela Marsons

7 de junho de 2019

Título: Jogos Malignos - Detetive Kim Stone, 2
Autor: Angela Marsons
Páginas: 320
Ano: 2019
Editora: Gutenberg
Gênero: Suspense, Mistério
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: Quanto maior o mal, mais mortal é o jogo…

Quando o corpo de um estuprador é encontrado mutilado em uma cena de esfaqueamento brutal, a Detetive Kim Stone e sua equipe são chamadas para encontrar uma solução rápida para o caso. Porém, à medida que novos eventos perturbadores vêm à luz, logo fica claro que há alguém ainda mais sinistro por trás do que parecia ser apenas um crime de vingança.

Com a investigação ganhando força e tentando expor os segredos de uma doentia rede de pedofilia, Kim encontra-se na mira de um sociopata cruel, que parece conhecer suas fraquezas.

Mas cada movimento da Detetive Stone pode ser fatal, e quando o número de vítimas começar a aumentar, Kim terá que cavar mais fundo do que nunca para deter o assassino. Desta vez, ela terá que lutar pela própria vida.
Para ler a resenha do primeiro livro, clique na imagem abaixo:



Resenha: Pra começar, preciso avisar que, apesar de ter outro livro, você não precisa ter lido o anterior para ler este. Como o nome da série mesmo diz, é sobre a Detetive Kim Stone. Mas é porque é ela quem investiga os crimes.

A Detetive Inspetora Kim Stone está comandando uma operação para prender um pai que abusava das filhas. As provas contra Leonard Dunn são encontradas no porão onde ele levava as meninas, na casa dele. Sua esposa e seu cunhado são a maior dificuldade da polícia para provar que o cara realmente abusava das filhas. Eles acreditam na inocência do cara.

"Entender o "por quê" de uma ação trazia consigo uma expectativa de empatia, compreensão ou perdão, por mais brutal que tenha sido o ato. E, como seu passado provava, Kim não era do tipo que perdoava."

Ao mesmo tempo, um estuprador é encontrado morto. Ele foi assassinado de uma maneira bem violenta. A assassina do cara logo é encontrada e já sabíamos mesmo quem era, pois a narração do assassinato foi em "tempo real". Acontece que foi a mulher que ele havia estuprado.

Prisão feita, assassina presa. Kim e sua equipe acabam conhecendo Alex, a psicóloga da assassina. A detetive não foi com a cara dele e de cara elas meio que se identificam. Kim acha que tem algo errado na psicóloga e Alex vê na detetive um ótimo objeto de estudo.

"Ser bonita e inteligente não era infringir nenhuma lei, e Kim se deu conta de que precisaria pensar cuidadosamente no próximo passo. Sua própria fachada tinha sido construída de maneira cuidadosa, camada por camada, ao longo de muitos anos, mas nunca havia conhecido alguém como Alexandra Thorne."

Porque é claro que uma mulher comum não iria assassinar de uma maneira tão brutal outra pessoa, ainda que ele tivesse feito uma atrocidade daquelas com ela sem algum incentivo não é?

Pois percebemos que o incentivo é dado pela psicóloga que sabe muito bem mexer com a mente das pessoas, de acordo com o que ela acha que vai ser bom para "seu estudo".

Kim está vendo o que a mulher é, mas ninguém mais vê. Nem seus colegas de equipe percebem que há algo de errado com Alex. E aí ela vai ter que conduzir sua própria investigação, enquanto, em equipe, tenta provar a culpa do Leonard Dunn. Acontece que, Alex resolveu que seu próximo alvo será a detetive e não vai descansar até que o psicológico dela esteja destruído.

E nessa brincadeira de gato e rato, descobri uma leitura que eu amei. Intensa e acelerada ao mesmo tempo. Ficamos torcendo para que Kim consiga provar a culpa do pai molestador ao mesmo tempo que ansiamos por ver ela escapar das armadilhas da Alex e ainda fazer com que sua equipe veja o que ela vê na mulher.

Enfim, leitura recomendada. Eu ainda gostei mais do primeiro livro que é o da capa aí em cima, mas esse é igualmente perturbador. E muito bom.

"No final das contas, tudo se resumia a uma única questão. Estava preparada para entrar nessa arena e arriscar sua frágil psique para descobrir toda a verdade?"



7 comentários

  1. A trama está me parecendo muito ligada ao nome do livro o que eu adoro!!!
    Denise cada resenha sua a lista de leitura desse ano aumenta!
    Não consigo não entrar na minha tabela anual e não escrever mais um livro nela.
    E posso dizer que amo esse estilo de livro onde vamos descobrindo as camadas de personalidades e motivações dos protagonistas.
    Ameiiii ❤❤😉😉

    ResponderExcluir
  2. Faz muito tempo que não leio coisas do gênero e acho legal esse tipo de série que a gente pode escolher ler os outros livros ou não. Fica legal, uma opção se gostar, continuar ou não. Mas gostei do jeito rápido que ele parece ter. Essa vontade de ver se a garota vai conseguir desmascarar a outra, o que vai acontecer, o que tem de armadilhas e perigos e muita investigação e coisas pra desvendar. Da aquela curiosidade boa pelo visto e tem um ritmo bem legal. É uma dica boa.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Nossa, esses trechos que você colocou me deixaram mais intrigada ainda sobre o livro! Já ouvi falar sobre essa série, mas nunca tinha parado para me informar sobre ela.
    Estou torcendo para que a Kim consiga provar a culpa de Leonard e mostre a sua equipe quem verdadeiramente Alex é.
    De fato, a leitura parece bem intensa e intrigante, adoro livros assim!
    Enfim, espero poder ler tanto o primeiro livro quanto esse.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ainda não conhecia essa série, mas fiquei feliz em saber que não é necessário ler o primeiro volume, já que esse segundo me chamou muito a atenção. Achei muito interessante esses jogos mentais feitos pela psicóloga, e gostaria de ler como eles são feitos. Sem falar que achei muito legal o assassinato do estuprador ser narrado em primeira pessoa e "ao vivo". Recomendação super anotada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá Denise!
    Achei a trama bem interessante, apesar desses personagens cruéis e enigmáticos. Eu gosto bastante de livros de detetives, acho fascinante o desafio de descobrir os culpados pelos crimes e não conhecia Kim Stone. Já vi que ela é barra pesada e não se deixa abater. Já adicionei na lista de leituras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá! O primeiro livro já tinha chamado minha atenção, esse segundo então, me deixou ainda mais curiosa, ainda bem que podemos ler fora de ordem (risos). Eu estou engatinhado nesse gênero e é sempre muito bacana encontrar dicas tão boas quanto essa, afinal, faz crescer ainda mais nosso interesse pelas histórias de suspense.

    ResponderExcluir
  7. Oiii ❤ Em primeiro lugar, adorei que nessa série a investigadora é uma mulher, já que na maioria das séries de mistério e investigação os protagonistas são homens.
    Bem tenso pra Kim ter alguém querendo destruir seu psicólogico, espero que ela consiga mostrar para os outros que tem algo errado com Alex. Estou curiosa pra saber se Leonard é inocente ou não.
    Obrigada pela indicação, mais um livro pra minha lista de leituras ❤

    ResponderExcluir