Anne de Green Gables - Lucy Maud Montgomery

20 de janeiro de 2019


Título: Anne de Green Gables
Autor: Lucy Maud Montgomery
Páginas:236
Ano:2017
Editora:Pedrazul
Gênero: Romance histórico
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Tudo parecia confortável demais na vida dos irmãos Matthew e Marilla Cuthbert, mas o coração de Matthew começou a dar sinais de que a idade lhe havia chegado. Decidiram, não antes sem muita ponderação, adotar um menino, de uns onze anos, para que pudesse receber educação apropriada e ser o ajudante de Matthew. Mas, a mão da Providência já havia agido na vida deles, e através de um erro de comunicação, uma menina ruiva, tagarela e sardenta ocupou o lugar do menino. Anne, assim que chegou a Green Gables, fica sabendo do engano, mas com sua imaginação fértil e conversa afiada, já havia conquistado o coração de Matthew. E assim começa a história de suas aventuras fascinantes, com sua “amiga do peito” Diana, e sua competição com o inteligente e perspicaz Gilbert Blyhte. À medida que Anne foi aceita em Green Gables, ela conquista também a admiração de toda a cidade de Avonlea e o encanto do seu mundo de sonho e imaginação se espalha e vai contagiar você também.


Este livro foi cedido pela Editora Pedrazul, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 

Resenha:
Quando iniciei a leitura de Anne de Green Gables, minha expectativa sobre a história era enorme pois acompanho a série Anne with E na Netflx, que é uma adaptação dessa obra e sou completamente apaixonada pelos personagens (menção honrosa à série... apesar de algumas alterações - sempre vemos isso nos adaptações de livros - está bem fiel ao enredo e características dos envolvidos).

A oportunidade de ler e falar sobre esse livro se apresentou em um momento quando eu sentia a necessidade de uma leitura leve, positiva e cheia de amor, portanto... na hora certa.

Fiz a leitura em e-book, portanto não posso falar sobre a publicação física mas preciso elogiar a revisão de Carolina S. L. Pegorini que fez um trabalho impecável.



Mas... vamos falar da história....

Anne é uma menininha órfã, de 11 anos, que por uma ironia do destino vai parar em Avonlea, na casa de Marilla e Mathew, dois irmãos solteiros e sem filhos que cuidam de Green Gables, a propriedade que herdaram de seus pais. Por serem idosos, percebem a necessidade de adotar um menino para ajudar Mathew nas tarefas da fazenda, que estão se tornando mais árduas e exaustivas a cada dia. Mas, para sua surpresa, quando ele vai à estação de trem buscar o tal menino, se depara com Anne, uma ruivinha falante e empolgada, que acredita ter encontrado o caminho de seu novo lar. Em um primeiro momento, Marilla não a deseja em casa mas, como está tarde, permite que a garotinha passe a noite na residência, mas para Anne isso é uma tragédia...

"A senhorita também choraria assim, caso fosse órfã e tivesse chegado ao lugar onde pensou que seria sua casa, e só então descobrisse que não a querem porque não é um menino. Oh, essa é a coisa mais trágica que já aconteceu na minha vida!"

Na manhã seguinte, Marilla segue em sua tentativa de devolvê-la ao orfanato mas descobre que caso não adotem Anne ela será designada a uma nova família, pessoas essas de quem Marilla desconfia que não tratariam Anne de maneira adequada... assim sendo, leva a menina de volta a Green Gables e damos início a nossa aventura, onde essa família vai conhecer o amor, a compreensão, o companheirismo, a união, a gratidão...


Anne descobre como é ter um lar, ser educada adequadamente (embora na maioria das vezes ela cometa erros comuns a uma criança mas que, no discernimento dela, são passíveis de castigo eterno) e  conhece sua melhor amiga (que ela chama de alma gêmea), Diana, que terá papel importante na vida de Anne), seus colegas de escola e talvez, apenas talvez, o leitor identifique a possibilidade do primeiro amor no decorrer das páginas.

"Minha vida é um perfeito cemitério de esperanças mortas."

Mas não se enganem... Anne nos apresenta lições de vida valiosíssimas no decorrer da leitura... aliás, aprendi mais com ela sobre educação infantil do que com muitos textos de auto ajuda de psicólogos especializados...

"Oh, eu sei que sou uma grande provação para você, Marilla - disse, arrependida -, eu cometo tantos erros. Mas apenas pense em todos os erros que não cometo, mesmo que pudesse cometê-los."



Foi muito interessante ter assistido a série antes... sabemos que as adaptações nunca são exatamente fiéis aos livros mas neste caso, ficou muito próxima, me permitindo dar rosto aos personagens e visualizar os cenários de forma ainda mais perfeita.

A autora é impecável em sua narrativa, sem exageros de descrições mas escrevendo de forma que possamos montar um quadro em nossa mente com tudo que acontece com Anne e todos os personagens envolvidos.

"A grande cerejeira crescia do lado de fora, tão perto que seus ramos batiam contra a casa, e tão cheios de flores que as folhas mal podiam ser vistas, Em ambos os lados da residência havia grandes pomares, um de macieira e outro de cerejeira, também cobertos de flores..."

Como não se apaixonar por uma descrição suave destas?

Em alguns momentos lembre de Poliana (do livro Poliana de Eleanor H. Porter) pois Anne tem algo da positividade e do romantismo de ver a vida desta outra personagem mas não me apeguei a isso, nossa menina tem características fortes e marcantes o que a torna uma pessoa incomparável.

Juntamente com Ada (de A Guerra que Salvou Minha Vida) e Early (de Em Algum Lugar das Estrelas) Anne definitivamente conquistou uma king size naquela suíte presidencial que tenho no meu coração, reservada às pequenas pessoinhas especiais da ficção, para que os tenha sempre pertinho de mim.

10 comentários

  1. Conheci a história da Anne também através da série da netflix e agora que soube que tem livros eu preciso comprarrrr! Que saudade desse universo, desses personagens (em especial da Anne e de suas falas maravilhosas). Essa série é puro amor e tenho certeza que o livro é ainda mais!
    Ansiosaaa. Fiquei feliz de ver também que a adaptação foi fiel.
    Adorei a resenha e os quotes hahaha
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!!!! Anne é maravilhosa, não é??? No livro fiquei ainda mais apaixonada por ela!!!!!
      Obrigada pelo carinho e aguarde que logo farei a resenha dos outros livros de Anne

      Excluir
  2. Olá! Mas é muito amor em um livro só! É tão bom e especial quando nos deparamos com leituras assim, que realmente é preciso compartilhar a experiência. Confesso que ainda não vi a adaptação (apesar de só ouvir coisas boas, o tempo não colabora), mas pretendo ler e assistir o quanto antes, sou daquelas que prefere ler e depois assistir, para ficar fazendo as devidas comparações, no entanto, acho que inverter a situação com a Anne, vai fazer a leitura fluir ainda melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi amiga!!!! Olha... se posso dar uma sugestão, assista primeiro e depois leia... mas a série tem fatos, personagens e acontecimentos que espero encontrar nos próximos livros; ainda assim, gostei de assistir primeiro e poder dar rosto aos nossos amados personagens!!!

      Excluir
  3. Oi, Fabíola
    Ainda não assisti a série e nem li o livro.
    Mas só de ler sua resenha estou apaixonada por esse enredo, que tem muito amor, carinho por uma menina que teve a chance de ter uma família.
    É tão bom quando uma adaptação é fiel ao livro.
    Quero ler o livro primeiro e depois assistir a série.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!!! Como comentei com a Elizete, a série tem alguns elementos a mais que no livro, coisas que imagino que sejam apresentadas nas próximas leituras... mesmo assim gostei de ver antes e poder dar rosto a todos.... Depois me conta o que vc achou de fazer a ordem inversa...

      Excluir
  4. Olá Fabíola,
    Pena que ainda não tive oportunidade de assistir a série, só vejo elogios a ela, e o pouco que consigo acompanhar mostra como é um trabalho bem feito.
    O livro tem mesmo uma história bem leve, e, pelo que pude perceber, a protagonista Anne conquista todos a sua volta, e também o leitor, com sua forma de viver. Bom saber as aprendizagens que estão nas entrelinhas...
    Acredito que terei que fazer um trabalho de faculdade relacionado a essa história, não vejo a hora de conhecê-lá.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Vi!!! Que maravilhoso será trabalhar essa obra em sala de aula!!! Depois me conta como foi?

      Excluir
  5. Anne é daquelas personagens que dá vontade de você colocar num potinho.
    Ainda não li esse livro e nem vi a adaptação da Netflix. Acho que vou primeiro assistir a série e após isso leio o livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Breno, vc descreveu perfeitamente... dá vontade de colocar num potinho mesmo!! depois me conta sua opinião, combinado?

      Excluir