Chronos - Viajantes do Tempo - Rysa Walker

7 de setembro de 2018

Título: Chronos - Viajantes do Tempo - Livro 01
Autor: Rysa Walker
Páginas: 320
Ano: 2017
Editora: DarkSide
Gênero: Ficção Científica
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Conspirações, a chave para a eternidade e um assassino em série. Somos todos reféns do tempo. Na vida, tudo tem uma ordem certa para acontecer: os sapatos devem ser colocados depois das meias, a geléia deve ser passada no pão depois da manteiga — netos nascem depois dos avós. Kate Pierce-Keller nunca havia dado atenção a este último item, até sua avó surgir com revelações e um objeto que podem colocar sua existência em risco. Os eventos da premiada Trilogia Chronos se iniciam quando Kate descobre que sua avó é uma historiadora viajante do tempo — nascida alguns séculos à frente, mas presa ao presente por conta de um acidente — e possui um artefato, um medalhão azul reluzente, que permite realizar saltos temporais para qualquer época e local. Tudo parece um absurdo no início, mas uma leve interferência na linha temporal faz com que os pais de Kate sumam do mapa e ela seja a próxima da lista. Arriscando sua vida, ela aceita a missão de tentar voltar no tempo para evitar um homicídio que é a chave de tudo e colocar as coisas no seu devido lugar. Mas se ela for bem sucedida, a interferência também terá um custo pessoal.
Resenha:
“Chronos – Centro Histórico de Registro da Observação Natural e Organizacional da Sociedade. Provando que os norte-americanos do futuro são tão dispostos a inventar um título no intuito de conseguir um bom acrônimo quanto seus antepassados.”
A existência da jovem Kate virou de cabeça para baixo, alguns dias após de se reencontrar com sua avó há muito distante. Ela simplesmente descobre que tem um gene que lhe permite usar um dispositivo CHRONOS, o qual lhe proporciona a incrível proeza de viajar no tempo.
“A história é sagrada - igual uma trilha pela natureza. Deixe apenas suas pegadas, carregue apenas lembranças.”
A avó de Kate, Katherine, é uma viajante do tempo, uma historiadora do CHRONOS que viajou do futuro distante como pesquisadora do passado. Ela está morrendo de câncer e precisa que Kate volte e comece a corrigir a linha do tempo.


Algo aconteceu com a organização CHRONOS que destruiu o principal centro de viagens no tempo, deixando Katherine e todos os outros viajantes no passado. Foi um golpe de sorte Katherine ter ficado presa na década de 1960. Ela acabou usando as décadas seguintes para recolher as chaves CHRONOS dos outros viajantes e influenciar as coisas de maneira que sua neta Kate surgisse, uma pessoa capaz de sentir que algo estava mudando a história.

Atualmente as coisas foram tiradas de ordem, a mãe de Kate é eliminada de sua existência enquanto seu pai está vivendo outra vida, com uma família totalmente diferente. A princípio Kate estava cética, mas após essa série de eventos infelizes, ela é forçada a enxergar a verdade e principalmente o fato que possui o dom de mudar o tempo. Kate perdeu tudo o que realmente importava e agora ela é a única pessoa viva capaz de impedir seu próprio avô Saul de mudar o passado e o presente em benefício próprio.
“Todo mundo já quis mudar alguma coisa do seu passado, mas é difícil calcular o impacto disso no presente. além do mais, quem decide que essa mudança pode ser feita?”
A narrativa em primeira pessoa de Kate é extremamente convincente e é maravilhosamente bem elaborada. As cenas de ação são de tirar o fôlego. As imagens são vívidas, as descrições de pessoas, roupas e equipamentos de viagem no tempo são explícitas.
Kate é uma heroína moderna de YA, ela é bonita, inteligente e muito corajosa. Ela age de maneira contínua e lógica, seus conceitos estão em evolução constante e é guiada exclusivamente por seus valores morais.
“Eu não sou dispendiosa ou exigente. Eu sei lidar com o caos.”
Como ponto negativo, confesso ter ficado completamente confusa com as inúmeras informações descortinadas ao longo da história. Os capítulos acabaram se tornando bem cansativos e descritivos. Sei que explicações precisam ser dadas, mas desgastar o leitor com diálogos tediosos quase me fizeram largar a leitura.

Está sendo bem complicado para mim avaliar esse livro, de um lado uma história criativa e bem explicada, em contrapartida a overdose de argumentações que diminuíram os critérios de qualidade que a obra poderia ter se convertido. Ainda acredito que os demais livros precisam ser lidos, afinal quero saber o que vai acontecer a seguir.

6 comentários

  1. Olá! Já estou namorando este livro há um tempo, o enredo aguçou muito minha curiosidade e a capa é linda (sim, eu sou dessas pessoas que se deixam conquistar pela capa de um livro). A história é muito interessante e quero muito conferir, apesar de tanta argumentação, acredito que vou gostar bastante da leitura.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádya.
    Gosto muito da premissa do livro. A ideia de viajar no tempo, desde que tenha mapas (fictícios ou não), torna tudo interessante.
    Confesso que ando um pouco chata para capítulos longos sem necessidade. Dependendo do meu humor eu acabo pulando algumas das partes descritivas e vou para o diálogo rs
    Espero ler o livro logo. Adoro essa capa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Nádya!
    Li poucas resenhas sobre esse livro, eu estou bastante curiosa pra ler já que muitos leitores curtiram a leitura, assim, tbm aproveito pra conhecer a escrita da autora.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é bem nonita, e embora a sinopse seja algo que me chame a atenção não sei se o livroe agradaria por conter tanta informação, percebi isso na resenha com o tanto de acontecimentos na vida de Kate e nem imagino no livro se eu for ler. Não a possibilidade porque só falar em viajem no tempo que eu me animo toda.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Já vi muito desse livro mas não tinha interesse em ler a resenha, porém agora me deixou bem curiosa sobre ele, já que adoro muito essa coisas de viagem no tempo..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. Hey

    Como sempre a Darkside arrasa nas edições, amei a temática nunca li nenhum livro que envolvesse viagem no tempo.

    ResponderExcluir