Um Beijo à Meia-Noite - Eloisa James

22 de junho de 2018

Título:  Um Beijo à Meia-Noite - Contos de Fadas, 2
Autor: Eloisa James
Páginas: 320
Ano: 2017
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção, Literatura Estrangeira, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: AmazonAmericanas
Nota:  
Sinopse:
Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela. Com um estilo que combina graça, encanto e sedução, Eloisa James escreve uma narrativa envolvente, com direito a fada madrinha e sapatinho de cristal.
Resenha:
Depois de ler o primeiro livro "Quando a Bela domou a Fera", fiquei super curiosa para ler os demais livros que são baseados em contos de fada clássicos. E nesse livro teremos a história recontada de "Cinderela".

Kate é uma jovem que perdeu tudo quando seu pai morreu sete anos antes. Sua mãe sempre teve a saúde debilitada e morreu quando ela ainda nem havia debutado, apenas duas semanas depois, seu pai se casou novamente, com uma mulher fria e egoísta. Não muito tempo após esse segundo casamento, seu pai morre. A partir desse momento Kate deixa de ser a dona de sua casa e começa viver como uma empregada qualquer.

Raiva era o que sentia ao ver os olhares de piedade que lhe dirigiam conhecidos com quem nunca mais se encontrara para jantar. Era o que sentia por ter sido relegada a um acanhado quarto no sótão, denunciando sua posição inferior naquela casa.

Sua madrasta Mariana demite seus professores e Kate sequer é apresentada para a sociedade. A madrasta demite também outros empregados e Kate acaba fazendo o trabalho deles para que a propriedade não vire ruína.

Um dia sua madrasta decide que ela irá se passar por sua irmã mais nova Victoria, que é muito doce e ingênua. Victoria acabou se entregando para um cavalheiro por quem se apaixonou e ficou grávida, para que o casamento ocorra um príncipe precisa aprovar o casamento. Esse príncipe é tio de Algie, o futuro marido de Victoria. Vocês devem estar se perguntando porque a própria Vitória não vai ao encontro do tal príncipe? Ela é tão boba que achou que era sensato deixar que um cachorro comesse carne diretamente de sua boca. Então acabou com o lábio ferido e não quer aparecer diante de pessoas importantes feia, afinal ela é muito bem vista bela sociedade que sempre destaca como ela é estonteante.
Por que não percebera que não era mais curvilínea, encantadora e agradável? Quando a amargura penetrara em sua corrente sanguínea, transformando aquela menina do passado em algo tão diferente?

Kate trabalha muito e tenta não ligar para a sua aparência, afinal a madrasta não lhe proporciona nada de bom. Acaba aceitando ir com seu cunhado conhecer o príncipe, pois apesar de sua madrasta ser terrível, ela ama sua irmã. Que Kate acaba descobrindo ser de verdade sua irmã. Pois enquanto sua mãe vivia enferma em uma cama, seu pai tinha Mariana como amante.
Gabriel é um príncipe, ele se preocupa com seu castelo e com as pessoas que moram nele. Seu irmão mais velho arranjou para ela uma noiva russa com um dote exorbitante. O dinheiro será capaz de manter o principado e todos os seus moradores. O príncipe possui um senso de responsabilidade muito forte e pretende seguir com o casamento, até conhecer Kate.

O príncipe não tinha apenas arrogância, sangue azul e uma bela jaqueta de montaria? Também era inteligente?

Não pense que o amor entre eles nasce desde o primeiro olhar, na verdade ele cresce devagar, os dois se conhecem um pouco mais a cada dia e acabam se apaixonando. O caminho desses dois não é fácil e mesmo totalmente apaixonados decidem tomar caminhos distintos seguindo o que certo.
Nossa Cinderela tem uma história muito bonita e cheia de reviravoltas, a madrasta é má sim, mas sua meia-irmã é um doce e a ama, sua fada madrinha é divertida e não abaixa a cabeça para ninguém, tomando para si a responsabilidade de finalmente dar a Kate uma família.

 –Seu pai me escolheu como sua madrinha, Kate. E, mesmo que eu não tenha dado valor a esse presente naquela época, agora é diferente. –Henry se aproximou e tocou o rosto da jovem. –Se não se importar, eu gostaria de tentar ser uma madrinha de verdade para você.

Me diverti em diversas situações, mas achei que a história poderia ter sido menos enrolada, a todo tempo a coitada da Kate era só isso... uma coitada. Ela se sentia assim e as pessoas ao seu redor diziam isso o tempo todo. Até Henry chegar e tomar as rédeas, mostrando que a vida tinha coisas bem além do que Kate havia vivido. Gabriel a ama e muito, mas precisa manter seu castelo, como ele poderia se casar e deixar tanta gente desamparada?

–Se eu não fosse um príncipe, você me aceitaria? –Ele falou tão baixo que ela quase não ouviu. –Em outras palavras, se você tivesse milhares de libras, Kate, se fosse a dona do seu patrimônio, você me compraria? Porque era disso que eu precisava. Precisava de uma mulher que achasse que eu valho o preço, e meu irmão encontrou uma assim na Rússia.
–Não me pergunte isso –sussurrou ela. –Minha mãe comprou meu pai e ele nunca deu a ela um só momento de felicidade. Eu jamais compraria um homem. Ele abaixou a cabeça.
–Isso é irrelevante. Peço desculpas por perguntar.
–Por que perguntou?
–Faz alguma ideia do que é ser um príncipe? –Ele ergueu a cabeça de repente e seus olhos estavam amargos, sua boca era uma linha rija.
–Não posso fazer o que desejo. Não posso ser o que desejo. Não posso me casar com quem desejo.

No mais, é uma história que vale a pena ser lida, tem uma fada madrinha super maneira, um irmã doce, cachorrinhos malucos e um príncipe que apesar de ser arrogante no início cai de amores pela mocinha.

Eu preferiria não me jogar numa pira funerária.
Por favor, volte para mim.

Não deixem de ler !
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos  :*

13 comentários

  1. Oi, Yohanna.

    Amo romances como esse, que são construídos pouco a pouco. A leitura é sem dúvidas, mais revigorante.

    Além disso, os demais personagens complementam o enredo, e ajudam a tornar a leitura mais descontraída e leve, diante da não pacata vida da Kate.

    Gosto bastante quando personagens secundários são explorados e acrescentam algo à trama.

    Então, apesar de não curtir releituras, já tem um tempinho que quero realizar essa leitura. ^^

    ResponderExcluir
  2. Olá Yohanna! Eu amo releituras de contos de fadas, e já faz um tempo que quero ler esse livro. Acho que a autora inseriu fantasia e romance nas doses certas para nos fazer suspirar e rir um pouco. É sério isso da Victória deixar um cachorro comer da sua boca? Literalmente falando? Que doida. Enfim, não vejo a hora de me deliciar com essa emocionante história. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou fascinada por esta série desde que saiu o primeiro livro e vi esta semana que o terceiro está chegando!! Aliás, vi as capas acho que de cinco livros e todas são maravilhosas!!
    Recontar um conto de fadas desta forma meio romance de época é fascinante e também não colocar as mocinhas como tão ingênuas também.
    Espero ler o quanto antes!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi, Yohanna! Já li releituras de contos de fadas que se passam atualmente, mas nunca li uma que fosse também um romance de época, o que com certeza deve ser melhor, já que toda a parte de príncipes e princesas pode ser mantida. Gostei bastante da sinopse, e do fato de as irmãs se amarem, o que não acontece no conto original.

    ResponderExcluir
  5. Oi Yohanna, Eloisa James é ótima e eu gostei das duas histórias dela que li, da primeira mais do que desta, mas esta também arrasa, os diálogos são ágeis e trama encantadora. Curti demais e curti também a resenha ;)

    ResponderExcluir
  6. Olá Yohanna!
    Adoro qdo os personagens vão construindo os sentimentos que sentem durante o decorrer da leitura, me prende ainda mais, eu gostaria mto de ler esse livro, já está nos meus desejados.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá! Li os dois livros dessa série, e apesar de A Bela e a Fera ser meu conto de fadas preferido, Um beijo a meia noite é o meu favorito, por enquanto, Kate é uma personagem incrível, ela e Gabriel juntos são perfeitos, Eloisa tem uma escrita maravilhosa, foi uma leitura muito gostosa.

    ResponderExcluir
  8. Amei os quotes, deu pra ver mesmo que a história tem muitas cenas muito boas! Eu adoro histórias que recontem contos de fadas e Cinderela é uma das minhas personagens favoritas. Vou adorar conhecer essa e todo o envolvimento dela com o seu príncipe!

    ResponderExcluir
  9. Ai que amorzinho que parece ser esse livro. Uma história tão parecida mas também diferente. Fiquei com vontade de saber mais sobre essa nova cinderela e tambem sobre a irmã dela que nesse caso é um amor.
    Eu goto muito da autora e isso já é um ponto a mais para eu querer me envolver nessa estória.

    ResponderExcluir
  10. Yohanna!
    Gosto muito das releituras, embora a Cinderela não seja uma das minhas favoritas...
    É a primeira resenha que leio desse livro e gostei...
    Ganhei ele e estou aguardando chegar para ler!
    Bom saber que pode ser lido de forma independente dos outros da série.
    Bom final de semana!
    “Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro releituras de contos de fadas e essa série da Eloísa James me conquistou logo de primeira eu li o livro quando a Bela domou a Fera e assim que anunciaram lançamento do segundo livro Eu Já corri para Saraiva para garantir o meu exemplar pré-venda e eu adorei conseguir superar as minhas expectativas Estou ansiosa para o terceiro livro da série

    ResponderExcluir
  12. Olá Yohanna,
    Estou muito curiosa pra ler esse livro.
    Adoro livros com releituras de contos de fadas.
    Gostei de saber que nesse livro o casal se apaixona aos poucos e não algo que acontece em duas páginas.
    Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  13. Olá.
    Eu li a pouco tempo esse livro e simplesmente amei.
    Foi incrível acompanhar a historia deles a cada pagina, que eu deveria ter lido mais devagar.
    Esse foi o primeiro de li da série de contos da autora.

    ResponderExcluir