Incendeia-me - Tahereh Mafi

12 de junho de 2018

Título: Incendeia-me - Estilhaça-me, 3
Autor: Tahereh Mafi
Páginas: 384
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito
Gênero: Aventura, Distopia, Ficção científica, Jovem adulto, Literatura Estrangeira, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: Um dia eu posso romper e me libertar.
Nada mais vai ser igual.

O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado.
Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá.

Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.


Por ser a resenha do terceiro livro, haverá spoilers dos anteriores.

Resenha: Ah, cheguei no último livro da série e descobri que não é o último...Tinha acabado e o final foi bem legal, então a autora lançou Restaura-me, que será, agora, minha próxima leitura.

Mas bom, vamos lá. Warner era refém lá no Ponto ômega e lá ele descobriu que também tinha poderes, o que fazia com que ele pudesse, também, tocar em Juliette. Bom, ele a tocou meio sem querer lá no primeiro livro e desde então, ambos sabiam que ele poderia tocá-la, em princípio ela achava que Warner teria o mesmo poder de Adam, já que, também lá no livro anterior, este descobriu que o pai dos dois era o mesmo. O pai abusivo que Adam tivera quando criança é o mesmo pai ditador e sem coração de Warner...pois é....

Mas esse segredo segue só com quem estava no momento da descoberta, ou seja, Juliette, Adam e Kenji. Por enquanto. Bom em meio a isso tudo, eles acabam sequestrando Warner e é por isso que ele vai parar, como moeda de troca, no Ponto ômega, lá ele é bem tratado por Castle e acaba descobrindo seu verdadeiro dom, ele pode canalizar o poder de qualquer um, desde que o toque, já que sem treinamento, não sabe se ainda pode fazê-lo sem tocar na pessoa de quem emprestará o dom.

Isso tudo são acontecimentos do segundo livro, por fim, os rebeldes resolvem tomar o poder e dá tudo errado, muitos morrem, Juliette é mortalmente ferida e não pode ser curada, já que não pode ser tocada. Ah, mas tem um cara que pode tocá-la e canalizar a cura de outras pessoas né??? Então. Ele o faz e a cura, só que leva a garota de volta lá para a sua fortaleza, rodeada de soldados fiéis à ele e ao seu pai certo? Não é bem assim. Agora Juliette vai descobrir outro lado do Warner, e se apaixonar por ele, algo que teve início lá nos primeiros capítulos dos dois, enfim vai tomar forma, o que vai deixar Adam mais sem noção ainda do que estava anteriormente, sério, por vezes, fiquei torcendo para que o cara morresse para enfim parar com aquele mimimi dele e deixar a ex-namorada em paz, sem tentar impedir que ela faça tudo o que ele não concorda, o cara não é super protetor a muito tempo, já passou dos limites do respeito.

Juliette acaba convencendo Warner a levar os poucos que sobraram vivos do Ponto Ômega, que foi destruído pelo pai dos garotos, para a Fortaleza, escondidos, a fim de bolar um plano que irá derrubar, de vez, o Comandante Supremo do Poder.

Entre mortos, feridos e corações partidos, claro, eles ganham a guerra, tomam o poder e o setor 45 é comandado por Juliette, ao lado de Warner e seus amigos.

Sem dúvida, foi o melhor dos três livros, na minha opinião. A mania da autora de repetir ou riscar palavras e as vezes frases inteiras, sumiu. Aqui não aconteceu isso e eu acabei mesmo sem entender se isso foi a evolução da escrita da autora ou a evolução da própria Juliette. A menina cresceu, sabe o que , quem e como quer e não deixa mais que ninguém a diga o que fazer. Descobriu como usar seus dons e se mostrou mais forte do que qualquer um. Ela havia sido abandonada pelos pais e eu ficava esperando que esse casal sem coração aparecesse a qualquer momento para reclamar a filha, agora que ela não é mais o mostro que sua mãe "pintou", mas isso nunca aconteceu.

Bom, se comecei gostando um pouco da série, posso dizer que cheguei ao terceiro livro adorando, isso só mostra o quanto vale a pena insistir um pouquinho, tentar mais uma vez. A gente nunca sabe que aventuras encontraremos escondidas nas páginas dos livros!


11 comentários

  1. Olá Denise,
    Tbm gostei bastante desse livro e de como a Juliette cresceu nele.
    Tbm gostei ainda mais do Warner.
    Ainda não li Restaura-Me e estou muito curiosa pra saber como a autora continuou com a estória.
    Eu gostei do jeito que ela encerrou esse livro, mas eu senti que faltava um pouco mais. Já que da a ideia de que eles venceram a batalha e não a guerra, ainda tem todo o Restabelecimento pra derrubar, e nao só um setor

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise.

    É um momento único para o leitor, finalmente contemplar o desenvolvimento de poderes da personagem. E, também primordial, conhecer uma outra faceta do Warner. Os dois tornam-se então, essenciais para o desfecho do livro.

    Gosto muito de personagens bem explorados, e que também nos fazem mudar de ideia à respeito do mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise, os Bad Boys são sempre os melhores, mas confesso que não gosto muito de triângulo e nesse ela começa com Adam e depois de apaixona por Warner e fica com ele no terceiro, sei não, vai que eu gosto do Adam kkk. Tirando isso a história parece ser bem interessante, gosto quando a personagem cresce e como ainda não acabou vou ficar de olho na próxima resenha ;)

    ResponderExcluir
  4. Acho as capas dessa série tão lindas. Estava curiosa para saber se a saga das repetições de frases iria acabar rs
    Gosto de saber que a personagem evolue no decorrer dos livros. Eu amo isso, na verdade. Vou esperar a resenha do próximo para decidir se lerei mais brevemente.

    ResponderExcluir
  5. Como só li o primeiro livro da série, dei uma pulada em algumas partes da resenha, apesar de ficar meio impossível a esta altura do campeonato não ter lido nenhum spoiler né?rs Já que o primeiro livro foi lançado há tanto tempo!
    Mas é bom ler que Juliette cresceu, que se tornou uma mulher mais forte e que aprendeu a usar seus dons. Foi gostoso também ler alguns nomes importantes no primeiro livro, sinal que ainda estão ali.rs
    Espero concluir esta saga em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise! Peraí que vou buscar a pipoca pra ler a resenha e já volto rsrs. Eu adorei acompanhar a série pelas suas resenhas, vejo que a evolução da personagem e da trama foi completa. Esse livro está se saindo melhor que novela mexicana, o vilão fica bonzinho, revelações bombásticas sobre paternidade, muito romance. Eu realmente fiquei com vontade de ler essa série. Para nossa felicidade ainda tem mais um livro para finalizar a história de Juliette. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, denise! Ainda não tive a oportunidade de conhecer essa série então vou tomar bastante cuidado para não receber spoilers! Mas só de saber que você gostou já fico com muito mais vontade de comprar e ler logo esses livros. Quando ler volto aqui para conversamos mais sobre a história!!

    ResponderExcluir
  8. Denise!
    Amo todos os livros dessa série e apesar de ter lido assim que saíram ainda trago na mente o efeito que me causou.
    Não nego que me apaixonei pelos trechos desse volume, onde temos o James, o Warner e o Kenji. Todos fofos demais.
    “Sou uma só. (...) Sou um ser. E deixo que você seja. Isso lhe assusta? Creio que sim. Mas vale a pena. Mesmo que doa. Dói só no começo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  9. Essa é uma série que tive sempre vontade de ler mas ainda não consegui. Mas eu adoro livros que tenham isso de guerras e seres com dons e poderes. Deu pra ver que você gostou mesmo do livro!

    ResponderExcluir
  10. Essa é uma série que ainda não li mas gostei de poder conhecer mais dela pela resenha e saber que ao longo dos livros a série foi te ganhando. Fiquei curiosa pra saber tudo o que acontece nessa guerra.

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise!
    A autora parece ter feito um trabalho excelente msm, o livro parece ainda melhor que os outros dois...gostei mto, o enredo parece prender aind amais o leitor, qro ler logo!
    Bjs!

    ResponderExcluir