A Ilha dos Mortos - Rodrigo de Oliveira

24 de maio de 2018

Título: A Ilha dos Mortos - As Crônicas dos Mortos, 4
Autor: Rodrigo de Oliveira
Páginas: 480
Ano: 2015
Editora: Faro Editorial
Gênero: Ficção
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Americanas | Submarino
Nota:  
Sinopse: Muitos anos se passaram desde que a maior colônia de sobreviventes do Apocalipse zumbi se transferiu para Ilhabela. Com o tempo, eis que surge uma evolução dentre os próprios mortos- vivos: os zumbis estão mais selvagens, ágeis e violentos... Este livro traz o surgimento de uma nova era, cruel e implacável, em que a perseverança dos sobreviventes e seus líderes será testada de forma muito diferente. Um livro cheio de reviravoltas, movimentos bruscos, cenas impensáveis.

Leia as resenhas das obras do autor aqui.

Resenha: O Condomínio Colinas não existe mais, durante a batalha com Jezebel, que descobrira onde Ivan e sua família viviam, acabaram por destruir o Condomínio, preparando ali, uma armadilha mortal para a zumbi, bom, não tão mortal assim, já que ela ainda vive, existe, ou sei lá como classificar a criatura.

Então, os moradores sobreviventes fugiram para Ilhabela. Lá liquidaram todos os zumbis e fixaram residência. Estavam relativamente protegidos, já que é uma Ilha e uma vez que não existam zumbis lá, os de fora não têm como entrar.

Mas os zumbis não eram a única ameaça. Foi descoberto que  os que não foram infectados quando o planeta Absinto passou, já tinham alguma doença pré existente, algo fatal que mais cedo ou mais tarde, os levaria. Não vou contar quais nos deixaram, mas posso dizer que alguns personagens muito queridos, se foram.

Outros ficaram, casaram, tiveram filhos... e são esses que agora lutam para tentar proteger os habitantes de uma nova ameaça. Muitos anos se passaram, os filhos de Ivan e Estela cresceram, e agora lutam para manter o que seus pais começaram.

Acontece que além das doenças e dos zumbis, temos mais alguns problemas, primeiro, uma mutação muito estranha aconteceu entre os zumbis e os que mutaram, estão agora mais fortes, maiores, mais implacáveis, quase indestrutíveis, tornando-se uma ameaça então, muito maior do que os antigos zumbis. E segundo, algo muito pior, muito mais difícil de enfrentar e muito mais traiçoeiro: A ambição do ser humano! Sim, além de ter que enfrentar tudo o que essa nova vida trouxe, eles ainda têm que enfrentar supostos amigos os traindo, buscando por vingança de algo que nunca aconteceu, enganando...e o que é pior, pessoas que foram salvas antes, tiradas dos braços da morte pelos mesmos que agora elas traem descaradamente. E pensar que o ser humano pode realmente ser assim...

Bom, esse livro me surpreendeu de diversas maneiras, primeiro eu pensei que não poderia ser tão bom, visto que "faltavam" personagens, o autor novamente se superou. É tão bom quanto os outros. Acompanhar a luta desses diversos novos personagens foi tão emocionante  quanto os anteriores e ao longo das páginas eu aprendi a gostar deles também.

E como esse não é o último e eu fiquei pensando como ele pretende dar continuidade ao próximo com tanta gente nova...eis que o final nos trouxe uma grata surpresa e agora eu só posso dizer que estou super, super curiosa para ler o próximo livro!!!

É uma leitura que eu recomendo muito para quem gosta do tema. Os personagens são ricamente construídos, os cenários incrivelmente transmitidos à nós e a leitura é fluída e agradável.


"A ilha estava completamente infestada, com milhares de seres vagando pelas ruas e praias. Uma tarefa dificílima se apresentava para aquele grupo, que chegava sem ter um único lugar seguro para se abrigar e ainda precisava eliminar todos os zumbis."

“Ele cobriu o rosto com as mãos e recomeçou a soluçar de forma convulsiva. Nunca se sentira tão vulnerável em toda a sua vida. Porque dessa vez havia se deparado com um adversário absolutamente invencível e impiedoso.”

" “Meu Deus, ela fala!” E depois disso, o rádio ficou mudo para sempre.— E alguém já esteve diante desse monstro? Encarou o bicho olho no olho e sobreviveu para contar a história? — Agora o rapaz queria saber todos os detalhes.
— Apenas um homem, Lucas. Apenas um. — E Gisele lançou um olhar profundo para Ivan."

"Minha filha, eu sei que à primeira vista pode parecer um ótimo conceito, mas deixe-me explicar uma coisa, está bem? No nosso país já tivemos a possibilidade de reeleição consecutiva ilimitada dos poderes Legislativo e Executivo, e isso nunca funcionou muito bem. Nossos governantes, muitas vezes, preocupavam-se muito mais com a sua reeleição do que com o cumprimento dos seus deveres. Em alguns lugares, o processo eleitoral era um jogo de cartas marcadas, no qual já se sabia quem iria vencer"

"- O herdeiro de Uriel causará mais sofrimento do que Jezebel. E não adianta nos iludirmos, ele será seguido por muitos outros maníacos. Esse é apenas o começo de uma fase de absoluto horror."

"- E o que a senhora viu? O que existe no futuro da minha filha? A mãe da menina perguntou, animada.
- Destruição. Sangue. Morte, Guerra. Isabel encarou a moça, que arregalou os olhos.
- Tudo isso vai acontecer com ela? E como isso pode ser bom?
- Essa criança vai mudar o mundo. Finalmente o Otávio e o Uriel encontrarão um oponente à sua altura. Eu não queria estar na pele deles, sobretudo quando ela for capaz de empunhar um fuzil de longo alcance novamente."

16 comentários

  1. Oi Denise!
    Eu sou louca pra ler os livros do autor, amo livros do gênero, eu ganhei este mas como não li os anteriores o jeito é aguardar né...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro livros sobre zumbis, principalmente os ricos em detalhes. É bom saber que o autor não perdeu o foco, que mantem a nossa curiosidade acesa no final. Enfim, eu com certeza irei procurar ler tudo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Denise.

    Fica claro que, pelo visto, os sobreviventes nunca terão paz nessa batalha incessante. Mas, quanto mais a série progride, mais 'emoção' vem à tona. É disso que eu gosto.

    ResponderExcluir
  4. Acho que desde que Rodrigo começou a escrever seus livros, a nossa literatura cresceu incrivelmente e é maravilhoso saber que é nosso.rs Tudo nosso!
    Ainda não pude ler nenhum dos livros da série dos mortos, mas claro que já li inúmeras coisas positivas e não vejo a hora de poder iniciar a saga.
    Os personagens bem construídos, os cenários e claro, as mortes que ele sempre traz, são motivos infinitos para se ter e ler suas obras.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Que capa assustadora!
    Infelizmente não faz meu gênero, não curto histórias de zumbi nem nada do tipo.
    Gostei dos quotes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Denise,
    Livros com enredo de zumbis não chamam a minha atenção. Para quem curte esse lance de zumbis com certeza essa série é uma leitura que vale a pena, pois, pelo que vi, a trama é muito bem construída, com muita ação e reviravoltas. Porém, pra mim não iria funcionar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise.
    Li uns 2 ou 3 livros de zumbis e achei ok.
    Essa série parece bastante interessante. Com muitas reviravoltas e personagens cativantes.
    A ambição humana é algo que realmente impressiona, no sentido ruim.
    Fiquei bem curiosa para conhecer essa série. É bom saber que a continuação é tão boa quanto o livro original.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Denise!
    Não li nenhum livro que fala sobre zumbis, leio de tudo um pouco.
    Fiquei com vontade de ler essa serie para descobrir o que acontece nessa ilha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Quero muito ler essa série,a trama parece ser bem elaborada,um mundo totalmente diferente de como conhecemos e a luta pela sobrevivência. Já imaginei um filme dessa historia, pretendo ler assim que tiver oportunidade!!

    ResponderExcluir
  10. An-nyong-ha-se-yo!
    Poxa, deixei de comprar o primeiro livro da série e me arrependo até hoje. Amo histórias apocalípticas, vindo de um brasileiro ainda, sinto mais vontade de ler.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Embora essa seja uma série que eu não leria, pois não gosto de enredos com zumbis, achei interessante que o livro acompanhe a vida dos personagens, fazendo que possamos acompanhar suas perdas e novas adições às famílias, e que mesmo em um cenário apocalíptico, infelizmente a ambição do ser humano, ainda é algo que pode prejudicar a sociedade.

    ResponderExcluir
  12. Já tinha ouvido falar dessa série, mas não é um gênero que eu geralmente leio. Adorei os quotes e vou tentar sair da minha zona de conforto com zumbis.

    ResponderExcluir
  13. Oi Denise.
    Fico feliz em saber que esse livro, foi tão bom quanto os outros da série para você. Eu já havia visto falar dessa série, porém confesso que ela não faz muito meu tipo de leitura não, enfim, gostei da sua resenha, mas sou medrosa demais para tentar ler essa série.
    P.S essas capas são lindas!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Olá Denise
    Achei o enredo do livro interessante, adoro quando o blog traz obras de autores brasileiros... Visualmente o livro é bem legal, mas infelizmente não faz o gênero de livros que eu goste de ler!

    ResponderExcluir
  15. Apos a leitura da sua resenha me lembrei muito de The Walking Dead e já fui gostando da historia. Realmente não deve ser fácil esse mundo apocalíptico, eles enfrentam tantas coisas ruins e ainda há o ser humano que é cheio de mas intenções.

    ResponderExcluir
  16. Olá Denise,
    Adoro estórias com zumbis e já tinha ouvido falar dessa série e tenho muita curiosidade de ler.
    A maioria de estórias de zumbis que eu li se passa nos EUA, então ter uma estória se passando no Brasil deve ser bem legal.
    Uma coisa que pode ser percebida nesse tipo de estórias é que é nos momentos de dificuldades que alguns seres humanos se revelam como realmente são e passa ser uma ameaça para a sociedade tanto quanto os zumbis.
    Espero ler em breve.

    ResponderExcluir