Menina Má - William March

Título: Menina Má
Autor: William March
Páginas: 272
Ano: 2016
Editora: Darkside
Gênero: Suspense, terror
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Saraiva
Nota:             
Sinopse: Quando nasce a maldade? Nascemos todos inocentes e somos corrompidos pelo mundo à nossa volta? Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar mesmo na mais adorável das crianças? Há 62 anos, um livro de suspense psicológico faria com que milhões de leitoresdiscutissem apaixonadamente essa questão. Que livro era esse? Menina Má, mais um clássico que a DarkSide Books desenterra para os fãs do que há de melhor, e mais sombrio, na literatura mundial. Publicado originalmente em 1954, Menina Má se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivoscomuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro “apavorantemente bom”. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, Menina Má ganharia uma montagem nos palcosda Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark. Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também. Menina Má é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter. O romance de William March, que chega as livrarias em 2016, é ainda uma excelente dica de leitura para os fãs da coleção Crime Scene, da DarkSide Books, que investiga casos reais de psicopatas. A ficção nunca antes foi tão assustadoramente real como em Menina Má.



Resenha: Esse é o quarto livro que leio da Darkside e não achei um final bom. Não sei se esperei demais. Se criei muita expectativa. Demorei para ler, pois queria saborear a leitura. Ler com tranquilidade e entender não só o porquê do nome do livro, mas também para compreender o desenvolvimento da história dessa pequena garotinha.




A história em si é boa, muito boa, entretanto, não me agradou o final. Eu torci para que o final fosse o que a mãe dela remetia, porém não ocorreu como eu esperava e fiquei chateada sim! E não nego!!! kkk


Enfim, os primeiros capítulos são narrados por uma vizinha e amiga de Rhoda e da sua mãe, o nome da amiga é Monica, nunca casou e mora com seu irmão em seu apartamento. Rhoda é sempre elogiada, amada e disciplinada demais para uma criança tão pequena a meu ver, entretanto os adultos a acham fascinante. Porém, as crianças não! Nenhuma criança gosta dela. Nenhuma!!! Isso já não é um bom sinal. Outro sinal: ela é organizada, metódica, educada demais, controlada demais, calma demais, chega a ser a meu ver, uma criança com algum problema e que deveria ser levada a um psicólogo ou psiquiatra, mas... Mas??? Não é levada em nenhum momento, até que em um passeio escolar um colega de turma é morto e Rhoda estava por perto em alguns momentos. Em um primeiro momento ninguém desconfia dela, muito menos sua mãe, mas sua mãe, recorda alguns momentos em que outras pessoas que estavam no passado com Rhoda morreram e começa com a paranóia que a filha, talvez, tenha algo a ver com a morte do garotinho.

Recomendo para você que gosta de terror. Que não vai ficar chocado com a frieza de uma psicopata e que jamais conheceremos as pessoas a fundo sejam elas quem forem e como forem.


15 comentários

  1. Não sou fã de historias de terror (prefiro eles bem longe de mim), parece um livro bem psicótico, e é um pouco estranho que a personagem principal seja uma criança. por mais que possa ser uma boa historia eu não leria.

    ResponderExcluir
  2. Terror nunca foi lá minha cara, mas gosto do lado psicológico dessa história e de como uma criança pode ser assim, como os pais lidam com algo do tipo e essas coisas. Dá pra ver ali que a garota tem um perfil que deixa qualquer um desconfiado, mas isso é pra gente aqui de fora. Não posso imaginar como seria a convivência com alguém dessa forma...
    Tenho vontade de ler pra ver se vai ter graça ou não, sempre vejo tanta coisa desse livro, boa e ruim...

    ResponderExcluir
  3. Olá, apesar da quebra de expectativa do final, a obra parece abordar com maestria o terror psicológico, causando impacto por contar com uma protagonista calculista que não mede esforços para conseguir o que quer. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Raquel!
    Difícil ver uma menininha tão cheia de maldade em seu coração e ainda mais doloroso ver a mãe ir descobrindo aos poucos de tudo que a filha é capaz de fazer.
    Deve ser uma leitura muito tensa, intensa, dolorosa, mas gratificante, ainda mais com essa linda edição da DarkSide.
    Semaninha alegre e feliz!
    “No fundo, morrer não seria nada. O que não suporto é não poder saber como terminará.” (A. Amurri)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Olá Raquel! Às vezes me faço as mesmas perguntas que estão na sinopse, será que nascemos maus? Ou nos tornamos maus? É realmente um enigma. Acredito que seja isso que o autor queria ao escrever o livro, que questionemos a maldade e não tirarmos conclusões precipitadas, pois quem iria acreditar que uma doce garotinha seria tão cruel? Apesar de não gostar do gênero fiquei curiosa para saber mais sobre a trama. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Raquel.
    Quero e não quero ler esse livro.
    Não sou muito fã do gênero terror, mas estou bastante curiosa com essa história.
    Quem iria desconfiar de uma garotinha? Ela deve usar o artifício da idade e da sua fofura a seu favor. Bem dissimulado e manipulador da parte dela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu não gosto muito de terror, e já fiquei assustada aqui com essa menina abrindo os olhos hahaha
    O livro até parece ser interessante, e fiquei curiosa para saber Rhoda realmente tem alguma relação com as mortes. Só é uma pena que você não tenha gostado do final :/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá. Eu costumo amar os livros da Darkside, adoro terror e fantasia, mas não sei se leria esse. Não curto muito essa questão psicopata, não gosto de ler crueldade e tal. Essa dica eu passo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá. Adorei a capa bem sombria e diferente. E achei bem diferente esse genero Darkside. Nunca li nenhum desse gênero mais por medo mesmo por ser fraquinha por terror, só os mais levinhos mesmo que curto haha. Então essa dica vou passar. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Raquel.
    Eu já li alguns livros da Darkside uns bons outros ruins Porém todas com edições maravilhosas O que é o caso dessa capa mas enfim eu essa premissa, E concordo com você uma criança que se comporta dessa forma deve ser levado ao psicólogo psiquiatra e não levar isso como algo normal, Estou curiosa para saber o que aconteceu e se ela realmente tem culpa de tudo isso porque ao meu ver parece que sim.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Esse foi o único livro da Dakside que li até agora, tenho mais três em casa para ler mas cada vez que olho o tamanho das letras me dá uma preguiça e uma dor de cabeça enorme, quanto a Menina Má, fiquei igualmente decepcionada com o final, adorei o desenvolvimento do livro mas acho que o final ficou um pouco a desejar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nem um livro da DarkSide, mas tenho diversos livros desta Editora em minha lista de leituras. Uma pena você não ter achado o final deste livro bom, mas que bom que a história em si é muito boa. Não costumo muito ler livros de terror, mas quem sabe futuramente eu leia Menina Má.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Raquel!
    Ainda li poucos livros da editora apesar que tenho alguns livros da Darkside! Vou ler esse livro daqui alguns suas e espero gostar muito pois adoro estórias de suspense psicológico!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  14. kkkkkkkkkkkkkk nossa que susto que levei com o olho da garotinha abrindo e fechando. Curto muito gênero thriller/terror/suspense/sangue p todo lado/psicopata então curtiria muito ler esse livro apesar de ter lido umas resenhas bem mais ou menos dele

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu não li no momento nenhum livro desse género de terror mas tenho alguns na estante e desejo muito ler. Esse livro me deixou bem curiosa com a trama, essa garotinha me deixou receosa porque nenhuma criança é capaz disso ou é? Fiquei bem estusiamanda com a leitura, espero obter esse exemplar.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir