Jantar Secreto - Raphael Montes

Título: Jantar Secreto
Autor: Raphael Montes
Páginas: 376
Ano: 276
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: Um grupo de quatro jovens deixa Pingo d'Água, uma cidadezinha no interior do Paraná, para estudar no Rio de Janeiro. Eles dividem um apartamento em Copacabana e fazem o possível para alcançar seus sonhos na cidade grande. Dante, o narrador, trabalha como vendedor numa livraria e cursa administração. Leitão, um hacker de humor escrachado, frequenta aulas de ciência da computação, mas prefere mesmo jogar vídeo game e comer pizza. Miguel, o certinho do grupo, estuda medicina. E Hugo é um aspirante a chef e dono de uma vaidade sem limites. Em meio às dificuldades de pagar o aluguel e conseguir um bom emprego em um país em crise, os quatro amigos têm uma ideia para finalmente ganhar dinheiro: realizar jantares secretos para clientes ávidos por uma aventura exótica. Mas o que começa como brincadeira de repente assume proporções inimagináveis. Eles mergulham num sufocante caminho de desconfiança, paranoia e ambição, assumindo uma índole perversa que jamais imaginaram possuir. Passando por matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e uma espiral de crimes, Jantar Secreto une humor negro e suspense numa trama hiperbólica, misto de fábula sobre a violência e retrato de uma juventude sem rumo.

Resenha:
"Carne humana vicia. Isso eu deveria ter dito, mas não disse. Pelos trinta mil reais, preferi o silêncio."
Raphael Montes, nascido em 1990 no Rio de Janeiro é realmente um grande escritor. Mesmo sendo tão jovem, sua escrita uniforme e inteligente nos transporta para uma narrativa única e penetrante. Para aquele leitor que procura fortes emoções, suas obras se mostram afiadas, provocantes e instigantes.

Não foi diferente com Jantar Secreto, em que o autor explora a antropofagia, um tema tão controverso e que causa reprovação e aversão por parte das pessoas. Assim vamos acompanhar um grupo de amigos que saem de uma cidade do interior do Paraná chamada Pingo d’Água para estudar no Rio de Janeiro.
 "Conquistaria tudo o que havia para conquistar, seria rico, bem-sucedido e independente. Adeus, sociedade rural e preconceituosa! Adeus, mãe e suas indiretas! Ali, era como se nada pudesse dar errado na minha vida. Eu não poderia estar mais enganado.
No começo tudo pareceu dar certo, conseguiram o apartamento dos sonhos e os estudos que almejavam. Mas com o passar do tempo e a crise se alojando no Brasil, nem mesmo o curso superior foi garantia para que arrumassem um bom emprego.


Miguel fazia medicina e sua vida era regada a plantões. Hugo era um gênio da culinária, porém não era reconhecido e vivia em empregos medíocres. Dante era administrador, mas atualmente era vendedor em uma livraria e Leitão tinha se entregado de vez a inércia, jogos de computador e a engordar sem controle. Tudo desanda de vez quando Leitão deixa de pagar o aluguel do apartamento por meses para se entregar aos prazeres do sexo com a prostituta Cora, trazendo um rombo no orçamento já tão apertado de quase 25 mil reais.
“A perversão não tem limites. O ser humano é um bicho escroto por natureza.”
Ameaçados de despejo e de serem presos, os amigos precisam encontrar uma solução para o impasse. Hugo tem a ideia de realizar um jantar no apartamento, aonde os convidados mediante uma certa quantia em dinheiro poderiam desfrutar de uma refeição prazerosa. Esse convite seria feito através do site chamado Jantar Secreto e Leitão como era fera no computador ficou responsável em realizar o cadastro e colocar o menu segundo orientações de Hugo. Porém Leitão resolve pregar uma brincadeira e cobra R$5.000,00 por pessoa para degustarem uma carne extravagante e não encontrada em qualquer frigorífico; a carne humana seria o ponto alto do menu.
"Você é engraçado, sabia? Se a carne vem naquele pacote, coberto por plástico transparente, você não se importa. Pega, frita e come sem nem pensar de onde veio. Agora fica aí, cheio de mi-mi-mi. Quer saber? A única diferença é que não sou hipócrita como você."
Para o espanto de todos dez pessoas se interessam pelo cardápio pouco ortodoxo e mesmo escandalizados, amedrontados e enojados com tal ideia, veem o dinheiro cair na conta. Enfraquecidos com a bolada disponível, a ideia começa a tomar forma e os amigos acreditando que o dinheiro seria a solução do problema, resolvem levar o jantar adiante.

“Era cúmplice. Meu instinto de sobrevivência subornava meu senso de justiça. Ninguém buscaria aquele sujeito. Um cara preto, pobre, um mendigo. Ninguém sentiria falta dele. E, bem, nosso problema estava resolvido.”
Que loucura esses amigos se meteram... Fiquei perplexa como todo o bom senso, ideologias e concepções caem por terra quando o dinheiro entra na jogada. O que parecia imprudente e impensado acaba tomando proporções inimagináveis e eles mergulham num mundo mais indigesto que o próprio jantar oferecido.
“Aqui é proibido apenas observar. Você deve participar, está nas regras. Da primeira vez pode até dar certo medo ou peso na consciência, mas garanto que depois de uma garfada vocês não vão querer saber de outra coisa.”
Realmente foi uma leitura excepcional. Os detalhes narrativos me trouxeram inquietude e momentos de arrancar o fôlego. O suspense foi uma constante e o desfecho foi aterrador. Fazia tempo que não lia algo tão bem produzido e impactante. Recomendo a leitura para todos aqueles que adoram minucias e acontecimentos angustiantes.
“Mas a verdade é que, se estivesse no meu lugar, você teria feito o mesmo. É fácil condenar alguém, pulverizar a responsabilidade, montar teorias e encontrar culpados. Mas repito : você teria feito igualzinho."

8 comentários

  1. Oi!
    Nunca li nada do autor, mas tenho encontrado bons comentários sobre esse livro.
    Deve ser uma leitura forte e até mesmo impactante. Para quem gosta desse estilo, com certeza uma ótima dica.
    A resenha está perfeita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu já vi bastante gente elogiar o autor, e tenho bastante vontade de ler algo dele. Esse livro me realmente me chamou a atenção, achei essa história deles fazerem um jantar com carne humana meio bizarra, mas me deixou muito curiosa para saber o que esses amigos vão fazer. Gostei muito da resenha e fiquei com bastante vontade de ler esse livro!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, o autor obtém êxito ao retratar o quão longe o ser humano pode ir por dinheiro, tudo isso com uma trama bem...peculiar. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Nádya! Esse livro é diferente de tudo que já li e ouvi, um enredo muito inusitado. Ainda estou digerindo toda essa coisa impactante de antropofagia. O autor foi bem criativo com o tema. O retrato da vida do jovem em nosso país foi bem verídico (estudos conturbados, falta de autocontrole, dificuldade para encontrar emprego, etc). Uma história um tanto excêntrica mas que eu leria. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Este e um dos livros deste autora que tem feito mais sucesso entre os leitores, até porque esta e uma proposta bem indecente vamos dizer assim, e podemos perceber até onde o ser humano e capaz de ir por dinheiro, e possível notar que e capaz de tudo. Enfim, e impossível não se sentir atraída a esta leitura, e em saber qual serpa desfecho desta obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já li o livro Dias Perfeitos desse autor, e gostei muito da escrita dele, e realmente me surpreendi bastante com o livro. Agora estou com bastante vontade de ler esse livro. Achei essa história deles fazerem um jantar com carne humana super estranha, mas mesmo assim me deixou muito curiosa. Acho que também vou gostar bastante desse livro =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já tinha lido uma resenha sobre esse livro, e confesso que fiquei bastante intrigada com a história é esse jantar de carne humana. Um livro com uma premissa muito boa e bem intrigante. Gostei bastante da trama e com certeza seria uma ótima leitura para sair da zona de conforto.

    ResponderExcluir
  8. Oi! Que bom que gostou do livro. Já li muitas resenhas negativas sobre ele, mas ao mesmo tempo muitas positivas. Pretendo ler um dia para tirar minhas próprias conclusões e, finalmente, conhecer a escrita do autor. Beijos

    ResponderExcluir