Caixa de Pássaros - Josh Malerman

Título: Caixa de Pássaros
Autor: Josh Malerman
Páginas: 272
Ano: 2015
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:                  
Sinopse: Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora – uma decisão errada e eles morrerão. Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de Pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.

Resenha:
“O homem é a criatura que ele teme.”
Como fã e admiradora dos livros de terror, suspense e thrillers psicológicos posso dizer a todos – vale muito a pena ler Caixa de Pássaros – a minha única ressalva é: não leia esse livro sozinho ou no escuro, pois amigos simplesmente não consegui dormir direito e quando finalmente consegui dormir tive pesadelos. O suspense criado por Josh Malerman pode ser resumido em uma palavra: assombroso! Este livro é tão bem escrito que eu estimo ser capaz de persuadir até mesmo os que não gostam do gênero de terror a apreciar.
"Criaturas. Malorie nunca gostou desta palavra. De alguma forma parece errada. Acha que as coisas que a assombram há mais de quatro anos não são criaturas. Uma lesma de jardim é uma criatura. Um porco-espinho também. Mas o que se esgueira por trás das janelas cobertas e a manteve vendada não é do tipo que um exterminador de pestes poderia matar."
A história é narrada em terceira pessoa pelo ponto de vista da nossa personagem Malorie e é instaurando duas linhas de tempo distintas tendo início com o presente, onde se é negado abrir os olhos e o mundo externo é proibido a menos que automutilação, loucura morte e sofrimento sejam mais atraentes do que a autopreservação. Um presente onde nossa personagem principal Malorie é uma mãe rabugenta, implacaz para com seus filhos de quatro anos que ela chama simplesmente de Garoto e Menina, crianças que foram criadas para ouvirem de maneira quase sobrenatural e que poderiam ser os únicos que a ajudariam a fugir daquele local. Em seguida somos transportados ao passado, retornamos para quando tudo começou, com o surgimento da ameaça chamada inicialmente de “o Problema” bem como a descoberta da gravidez de Malorie, e seu asilo em uma moradia de sobreviventes, que tentam da maneira mais sensata possível lidar com o que não pode ser visto. Pavor define!
“Remar vendada é ainda mais difícil do que Malorie havia imaginado. Já aconteceu de muitas vezes o barco bater nas margens e ficar preso por vários minutos. Durante esse tempo, ela foi tomada por imagens de mãos invisíveis tirando as vendas dos olhos das crianças. Dedos emergindo da água, surgindo da lama das margens.”
O autor tem sucesso em fazer com que a maior fobia do ser humano venha à tona, o medo do desconhecido. Em toda a história Malerman impulsiona uma narrativa de pavor e pânico. E quando pensamos que os nossos temores não vão se tornar realidade e estamos torcendo pelos personagens vemos que na verdade tudo que mais tememos já aconteceu e foi da forma mais apavorante possível.


A capa do livro é definitivamente única.  As palavras "não abra os olhos" são um chamariz a mais. Na verdade eu não fui capaz de fechar os olhos e certamente você também não será, bem como não conseguirá colocar o livro de lado depois que começar a ler.

“NÃO ABRA OS OLHOS!

8 comentários

  1. Oi Nádya, vi muitos elogios a esse livro desde que foi lançado e se a história te afetou a ponto de ter pesadelos deve ser muito boa mesmo e agradar a quem curte o gênero, infelizmente sou medrosa haha, mas curti a resenha *__*.

    ResponderExcluir
  2. Li este livro já faz algum tempo, e superou todas minhas expectativas, apenas um ponto me chateou que foi o final, esperava que viesse uma explicação mais palpável, e não algo entre aberto, mas de forma geral o outro soube conduzir muito bem toda a trama, e principalmente o medo do desconhecido. Acredito que este seja um livro, inclusive para aqueles que ainda não tiveram contato com gênero.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, todo esse mistério da obra me chama bastante atenção! Nunca li nada do autor, mas como ouço muitos elogios e ADORO um terror psicológico, já quero ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou a maior fã de livros de terror e suspense, mas gosto de ler algum de ver em quando pra mudar um pouco (eu leio muuuito romance). Eu já li várias resenhas negativas e positivas desse livro, então imagino que ele seja um divisor de águas... Eu tenho muita vontade de ler ele, confesso que o que mais me chamou a atenção foi essa capa mesmo. Mas a história desse livro parece ser ótima!! Eu quero ler esse livro logo, e espero gostar bastante dele.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Nádya! Esse modo como o autor consegue mexer com nosso psicológico é simplesmente in-cri-vel! Não sou muito fã desse gênero mas com certeza leria pela experiência emocional. Dica anotada para não ler sozinha e nem no escuro. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu simplesmente amei esse livro! Eu me surpreendi muito com a história dele, e o livro me cativou do início ao fim. Eu achei a trama dele fantástica, e o livro mexeu muito comigo. E essa capa realmente é única né?! Eu amei ela!
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Parabéns pela excelente resenha.
    Já fiz a leitura desse livro e amei. Nossa, fiquei presa no desenrolar do enredo, de uma forma surpreendente e só desejava saber como seria o final! E gostei muito da escrita do autor. Adoro esse estilo de leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já li tantas resenhas sobre esse livro que fiquei tão curiosa com ele. Amei a sua resenha, me demostra que o livro é maravilhoso, tem aquele mistério, terei que te envolve por completo, quero muito ler ele.

    ResponderExcluir