Vale das Chamas - J. Barton Mitchell

Título: Vale das Chamas - Saga da Terra Conquistada
Autor: J. Barton Mitchell
Páginas: 496
Ano: 2015
Editora: Jangada
Gênero: Distopia, Ação, Aventura
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: Vale das Chamas é o desfecho eletrizante e surpreendente da Saga da Terra Conquistada. Agora, a Torre Partida, o mais famoso marco das Terras Estranhas, não existe mais. Zoe foi sequestrada pelos Confederados e Holt Hawkins e Mira Toombs tentam unir os últimos sobreviventes na luta contra os invasores. Mira sai em busca de Zoey, ao mesmo tempo em que tenta reunir uma frágil coalização de Mercadores do Vento, guerreiros Hélices Brancas e uma facção rebelde dos Confederados, um grupo heterogêneo em que a desconfiança impera. Enquanto isso, Holt viaja com Ravan e Avril, de volta ao lugar para onde jurou que jamais voltaria: o Fausto, a cidade desértica e perigosa do Bando. Ele vai para lá para resolver questões do passado com Tiberius e convencê-lo a lutar contra os Confederados. Tiberius, porém, tem seus próprios problemas para resolver. O Bando vive uma verdadeira guerra civil. Rebeldes tomam uma parte da cidade. Se Holt quer a ajuda do Bando, em troca ele talvez tenha que se aliar ao seu pior inimigo
Resenha:
“Todos enfrentamos momentos assim. Escolhas que ficam entre nós e o que temos que fazer. O ponto em que você precisa decidir seguir em frente... ou simplesmente ficar onde está e virar cinzas. Os Mercadores do Vento chamam aquele lugar de Vale das Chamas.”
Se os dois primeiros livros foram arrebatadores, esse selou com chave de ouro. Quando você acredita ter passado por tantas emoções e aguarda apenas um final digno para a série, o autor simplesmente atropela suas emoções e mostra que ainda possuía grandes surpresa, acontecimentos intoxicantes e um desfecho épico.


Em Vale das Chamas nos deparamos com as dificuldades que nossos heróis Mira e Holt passam para tentar recrutar os poucos que sobreviveram no combate contra os invasores em uma tentativa final para atacar a fortaleza dos Confederados e salvar Zoey, que foi sequestrada no final do livro A Torre Partida, cujo poderes extraordinários é capaz de destruí-los. Eles farão o possível e o impossível para resgatá-la mesmo que isso signifique passar por cima de problemas do passado e encontrar ajuda com seus inimigos

Mira separada de Holt parte numa jornada suicida junto com os Mercadores do Vento, os Hélices Brancas e alguns Confederados rebeldes enquanto Holt agora viaja com Ravan e Avril até o Fausto em busca de uma aliança com Tiberius que não parece disposto a ajudá-lo.
"Seu plano não era fugir, não era por isso que ela tinha vindo. Ela estava dentro da estrutura mais poderosa dos Confederados e a resposta para derrotá-los devia estar ali em algum lugar. Ela tinha que encontrá-la".
Batalhas memoráveis foram travadas, vidas foram ceifadas, e Holt, Mira e Zoey apoderaram-se dos meus sentimentos fazendo a emoção correr livre. Não foi nada fácil lidar com tantas perdas e o desfecho foi muito dolorido.


A ação é uma constante e você perde o fôlego do início ao fim. Um verdadeiro teste para os nervos. Uma série realmente engenhosa, em que o autor conseguiu o desenvolvimento pleno dos seus personagens, dotando-os de coragem, profundidade e muito amadurecimento, casando significativamente protagonistas e história.

Uma série que gostei do começo ao fim. Foi uma agradável surpresa e só tenho elogios ao autor J. Barton Mitchell que de maneira irremediável me tomou pelas mãos me guiando para uma jornada distópica repleta de alienígenas que me tiraram do lugar comum.


8 comentários

  1. Oi Nádya, essa série é novidade pra mim, mas se ela fecha com chave de ouro e fez você gostar dela do começo ao fim já estou curiosa, é raro uma série agradar em todos os livros e isso é super positivo. Vou pesquisar sobre os livros anteriores e ver suas resenhas, mas pelo que li desse terceiro livro é uma distopia recheada de ação e com bons personagens, anotei a dica pra poder conferir futuramente ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Nadya, tudo bem?
    Não conhecia esta série, mas adorei ter ação do começo ao fim. Adoro distopias e a premissa é bem legal, fiquei bastante interessada em conhecer esta estória. É muito bom quando o desfecho é satisfatório. A capa é uma coisa que me chamou atenção, adorei.

    ResponderExcluir
  3. Olá !
    Ainda não conhecia a série mas vou dar uma olhada no primeiro livro ..Parece ser legal !

    Toda essa ação é eletrizante! ! Adorei !!

    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Pela sua resenha imagino que esta deve ter sido uma leitura e tanto, e a primeira vez que me deparo com esta distopia, que me pareceu ter sido muito bem construída, e desenvolvida, com personagens profundos, que nos envolve ainda mais nesta trama. Imagino que no meio de uma invasão alienígena, e ainda ter de recruta pessoas que queiram lutar contra isto deve ser algo bem complicado, e difícil, por isso quero muito ler esta estória, e me aventurar nesta luta.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, não conhecia a série, mas depois de tantos elogios ao seu desfecho fiquei curioso para embarcar nesse universo alienígena-distópico. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Do início ao fim,cumpriu com todas as minhas expectativas, uma ótima trilogia que conseguiu manter a qualidade e desenvolver a trama, um belo final para uma história maravilhosa.
    É tão incrível que poderia virar uma série da netflix.

    ResponderExcluir
  7. Que fotos lindas! Eu não conhecia esta série, mas pelos gêneros e por sua ótima resenha, é uma ótima dica. Além dessa capa maravilhosa. Pesquisarei sobre os livros anteriores.

    ResponderExcluir
  8. Uau!!! Amei!
    Não conhecia o autor nem a série, mas me interessei muito.
    Amo distopias! Ainda mais quando tem ação do início ao fim.
    Obrigada pela resenha maravilhosa! ❤

    ResponderExcluir