Resenha: Dama da Meia-Noite - Cassandra Clare

Autor: Cassandra Clare
Páginas: 560
Ano: 2016
Editora: Galera Record
Gênero: Fantasia urbana
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Saraiva, Submarino
Nota:      

Sinopse: Em Dama da meia-noite, Cassandra retoma o universo de fantasia urbana da série Os Instrumentos Mortais, que já ganhou a tela de cinema e agora é série de TV exibida pelo canal Netflix. Cinco anos após os acontecimentos de Cidade do Fogo Celestial, acompanhamos os Caçadores de Sombras do Instituto de Los Angeles enquanto tentam descobrir os responsáveis por uma série de assassinatos que vitimam tanto humanos quanto fadas. Agora Emma Carstairs é uma jovem em busca dos assassinos de seus pais, com a ajuda de seu parabatai, Julian Blackthorn. As crianças cresceram e podem se tornar os melhores Caçadores de sua época.

Resenha:
  
Pra quem já leu "Os Instrumentos Mortais" ou "As Peças Infernais" já sabe como funciona o mundo dos caçadores de sombras, mas pra quem ainda não leu aqui vai uma breve explicação ao menos sobre quem são os caçadores de sombras: são guerreiros Nephilim que lutam contra os demônios e mantém o submundo (vampiros, lobisomens, etc) em controle.

A protagonista do livro é a Emma Carstairs (quem já leu o último livro de Os Instrumentos Mortais vai reconhecer o nome) uma jovem caçadora de sombras, considerada a melhor de sua geração, que vive no instituto de Los Angeles junto com a família Blackthorn.

Os pais de Emma morreram na guerra maligna (aconteceu no último livro de Os Instrumentos Mortais a 5 anos atrás) junto com o pai dos Blackthorn, mas, Emma não acredita que o Sebastian tenha matado seus pais, pois eles morreram de uma forma diferente, foram encontrados cheios de marcas no corpo e encharcados de água do mar. Quando a Clave dá a investigação como encerrada Emma resolve continuar a investigação por conta própria.

Quando o pai dos Blackthorn's morreu, como Mark(o irmão mais velho) tinha sangue de fada, foi recrutado pra Caçada Selvagem e Ellen(a Irmã mais Velha) foi exilada também por ter sangue de fada(pois as fadas ajudaram os inimigos na Guerra Maligna, então deixaram de ter a proteção dos caçadores de sombras), o tio Arthur é mandado para tomar conta do instituto, mas, tem um problema, Arthur sofre de uma doença que o deixa incapacitado de cuidar das crianças e do instituto, assim, Julian Blackthorn se viu na obrigação desde cedo de cuidar do instituto e de seus irmãos , pois se a clave descobrisse a doença de seu tio, os irmãos seriam separados.

Quando os corpos de fadas e humanos assassinados começam a aparecer com as mesmas marcas que os pais de Emma, uma aliança entre Emma, a família Blackthorn e o povo das fadas é formada, escondida da clave, dando chance a Emma de saber quem são os verdadeiros culpados pela morte de seus pais e aos Blackthorn a chance de ter Mark de volta.

Pra piorar mais ainda as coisas, Emma e Julian começam a se apaixonar, o que é inaceitável pela Clave, pois os dois são parabatais(parceiro na batalha, alguém que seria ligado eternamente a você, que morreria por você mas que não pode se apaixonar por você).

Será que Emma vai conseguir achar o culpado pela morte de seus pais? Os Blackthorn conseguiram ter o seu irmão de volta definitivamente? E porque parabatais não podem se apaixonar?

A Cassie evoluiu MUITO na escrita desde Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais. O livro tem uma história muito bem desenvolvida que te fisga do início ao fim! Para os fãs de Clare(como eu) esse vai ser um prato cheio pois te apresenta a uma nova parte do submundo não muito explorará nos outros livros e com uma história cheia de suspense e mistério.

Este livro também vai contar com uma coisa nova nos livros de Clare, investigação, tem muita investigação mesmo, é como se estivéssemos lendo um livro policial, só que sobre os caçadores de sombras! Hahaha

O livro também vai tratar muito mais sobre parabatais, vai ter uma explicação mais aprofundado do que é parabatai.

A Emma é uma garota muito forte e tem o status de melhor caçadora de sombras de sua geração porque realmente merece. Ela é totalmente o contrário da Clary que muitas vezes era chata e tomava decisões idiotas.

Pra quem está se perguntando se os personagens de Os Instrumentos Mortais aparecem neste livro a resposta é: Sim, alguns personagens aparecem e tem uma participação bem importante na história.

Eu amei o livro, é um dos meus livros favoritos da vida e da Clare, mal posso esperar pra ler a continuação!

Leiam! Eu super recomendo!

Nenhum comentário

Postar um comentário